6 dicas para cultivar os seus vegetais como um principiante

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Alface, ervas aromáticas, tomates, pepinos: quem já provou legumes vindos diretamente de um jardim saberá perfeitamente que o seu sabor será mil vezes melhor, do que aqueles comprados no mercado ou numa mercearia, que seja biológica ou não. É diferente e ponto final. Sabemos o que comemos e como foi realmente produzido, além disso está sempre à disposição do nosso consumo. Por outro lado, é tão agradável ver e fazer crescer os seus próprios legumes numa horta! Mesmo que não tenha um jardim em sua casa, é possível criar os seus próprios legumes, pois existem diversas opções alternativas para criar, com pouco espaço uma horta, sem por isso negligenciar o seu desenvolvimento. 

Hoje partilhamos convosco alguns sábios conselhos simples e úteis, para que possa desenvolver e cultivar os seus próprios legumes. Depois de tudo, não só poupará algum dinheiro, como também comerá com outra qualidade. Se quiser até poderá ser uma atividade de família, de certeza que os filhotes irão achar piada a esta ideia.

Considerar detalhes como o espaço, o tamanho, a luz solar, vento, água, a temperatura média/sombra

Bom antes de arregaçar as mangas e de calçar umas luvas, é necessário pensar no melhor lugar para desenvolver a sua horta. De facto, esta não pode surgir de qualquer maneira, tendo em conta que falamos em seres vivos e que necessitarão de alguns requisitos para desenvolver como deve ser. A luz solar (processo de fotossíntese), a temperatura, o vento, a água, ou ainda o espaço que necessita para crescer são alguns dos pormenores que deve analisar e considerar. Dependente sempre também, do tipo de vegetais que quer plantar, pois alguns não necessitarão de tanto sol ou de tanta água. 

Faça uma pesquisa breve sobre os alimentos que quer plantar, as estação e os requisitos, mediante disso pode considerar a localização e claro, a melhor altura do ano para plantar/semear. 

Trabalhar o solo saudável, organize os nutrientes ricos é o que queremos – ter canteiros

Jardim  por BACSAC®
BACSAC®

Le carré potager BACSAC : outil pédagogique

BACSAC®

Agora que escolheu o melhor lugar para criar a sua horta, pode passar à fase do solo, ou seja, este terá de estar preparado para receber as suas novas sementes. O facto de preparar bem a terra dá-lhe a garantia de ver os seus vegetais crescerem mais fortes, vistosos, com bom aspeto e claro dentro do tempo esperado. 

Como qualquer ser vivo, é necessário uma alimentação, e os legumes não são exceção também precisam dos seus nutrientes para vincar. Neste sentido deve trabalhar o solo, mexer bem a terra, regá-la e dar-lhe os nutrientes necessários, como os fertilizantes orgânicos, obtidos a partir de matérias-primas de origem vegetal ou animal. Depois disso, poderá passar à organização dos canteiros para plantar ou semear os seus legumes. De um lado os tomates, de outro as alfaces ou ainda noutro os alhos-franceses, enfim lá escolherá os seus legumes favoritos e da estação.

Se não tiver espaço, faça um vertical

Jardins rústicos por Luiza Soares - Paisagismo
Luiza Soares – Paisagismo

MÃO NA TERRA, Belo Horizonte, 2015

Luiza Soares - Paisagismo

No caso de não dispor de grande espaço, não deve por isso ficar desanimado e deixar a ideia de uma horta para trás. É que existem soluções alternativas para criar o vosso pequeno jardim de vegetais! Como aproveitar o espaço vertical, da parede da sua varanda, por exemplo, para colocar lá uns vasos ou toda uma parede vegetal. 

Pode pensar em fixar umas prateleiras, até se quiser pode aproveitar aquelas caixas de frutas, para o lado ecológico e DIY da questão. Por lá deverá colocar terra diretamente e as sementes prediletas. Depois? É só ver os tomates ou as ervas aromáticas crescerem!

Cobrir

Jardim Bambus: Jardins rústicos por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Jardim Bambus

MUDA Home Design

Se não quiser ver a sua horta com o aspeto da terra pode pensar em cobri-la com casca de pinheiro, por exemplo, como fizeram neste exemplo. Ajudará também a manter o solo mais húmido, mais nutrido e evitará o aparecimento das ervas daninhas. 

No inverno o clima é mais frio e a geada pode prejudicar o crescimento de certas plantas, por isso pode pensar em cobrir a vossa horta, com um grande plástico transparente, criando um efeito de estufa. Este processo ajudará o crescimento saudável dos vossos vegetais, mesmo no inverno.

A água certa

Jardim  por Mundo Garden
Mundo Garden

Huerta Vertical Mundo Garden

Mundo Garden

Há sempre muita dúvida relativamente à quantidade da água, a verdade é que cada planta tem uma necessidade diferente, mas uma vez que temos um canteiro regamos tudo de modo igual. E o melhor tempo para o fazer será sem dúvida de manhã. Se o fizer ao meio do dia, será como se não tivesse regado porque a água irá evaporar rápida e completamente. À noite, a água manter-se-á sobre as plantas muitas horas, podendo originar doenças.

Sabia que é importante regar as plantas junto do solo? Quanto mais junto da terra o fizer, melhor será, uma vez que a água penetra melhor na raiz das plantas, assegurando um bom nível de humidade no solo, para ser mais saudável e para um melhor armazenamento. 

Pequeno truque: para saber se a sua planta necessita de água, coloque o dedo na terra, pressionando-a. Se o dedo ficar sujo, com partículas aderidas, não será necessário de regar. Se o dedo ficar praticamente limpo, apenas com poeira seca, é necessário regar a planta.

Não usar fertilizantes químicos

Jardim Bambus: Jardins rústicos por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Jardim Bambus

MUDA Home Design

É claro que temos vontade de ver os nossos vegetais crescerem rápidos e com bonito aspeto, mas devemos estar cientes que um produto natural, demora tempo e que por vezes o seu aspeto é mais comprometido, mas o seu sabor valerá tudo… Como tal, não se sinta pressionado com esta questão e não entre na ideia do uso de fertilizantes químicos, irá prejudicar o sabor e a verdadeira essência de uma horta caseira. Assim, serão iguais aos do supermercado e não queremos isso. Pelo contrário, a nossa horta leva-nos a ter algo de natural, fresco e saudável. 

Prefira assim, fertilizantes naturais, criando um composto orgânico em casa. Como? Só tem de deixar as suas cascas de legumes, de frutas, de ovos dentro de um depósito, para se decomporem, mais tarde estes servirão de nutrientes para a terra. Por outro lado, a borra de café também serve para adubar a terra. 

Pode descobrir ainda, este livro de ideias:

7 ideias para fazer um jardim de ervas num apartamento.

Ficou com vontade de criar a sua horta? O que gostaria de ter lá?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!