Uma obra-mestra da arquitectura

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Neste livro de ideias, mostrar-lhe-emos uma moradia com uma miríade de divisões conectadas entre si, mas tendo, cada uma com o seu próprio carácter e propósito. O projecto é do gabinete Meulen Architects cujo trabalho procura mesclar a tradição e a contemporaneidade. Uma das suas premissas é que o resultado final seja funcional, prevalecendo esta característica sobre a componente estética, já que os próprios dizem: ’em arquitectura há que dar prioridade à funcionalidade em detrimento da forma, já que passamos mais tempo dentro dos edifícios que desenhamos do que a admirar o seu aspecto exterior’. A casa que hoje lhe vamos mostrar tem um pouco de tudo isto. É uma casa de luxo, com um design e uma iluminação muito cuidados. 

Vamos vê-la.

Uma antecipação

Com esta imagem, damos-lhe uma pista sobre o que vamos encontrar: espaços cheios de luz, com conexão com o exterior e muitos materiais naturais que estabelecem uma relação mais directa com o jardim que rodeia a casa.

Quer conhecer um pouco mais? Prossigamos.

Vista exterior

Esta moradia de dois pisos, com 750m², localizada em Blair Atholl, Joanesburgo, África do Sul, é especial. Ao contrário de outras casas de luxo em Joanesburgo, rodeadas por altas medidas de segurança, esta construção abre-se por completo e sem medo para o jardim, oferecendo aos moradores uma vista infinita. Os seus materiais, na maioria, são naturais. É o caso da pedra e da madeira. Ainda assim, sobressaem grandes superfícies de vidro, favorecendo a entrada de luz e maximizando a relação com o exterior.

Espaços comuns

Se há característica que define os interiores desta casa é a amplitude dos espaços. Existem poucas divisões físicas e várias áreas com pé direito duplo que permitem conectar umas zonas com outras. É esse o caso das salas que vemos na fotografia. Duas salas – uma interior e outra exterior – cujos limites são quase imperceptíveis.

Pé direito duplo

A imagem mostra-nos a mesma sala que a fotografia anterior, mas, neste caso, vemo-la a partir do piso inferior. A sala faz parte de um eixo no qual se encontra a cozinha – ao fundo – a sala de jantar, a sala exterior e a piscina. Trata-se de uma série de zonas comuns conectadas entre si, mas diferenciadas umas das outras graças ao mobiliário e à configuração do próprio espaço.

A piscina

O que lhe parece esta fotografia? Adjacente à sala exterior, está uma maravilhosa piscina que reflecte a casa e a vegetação circundante. A água enfatiza uma atmosfera serena e converte este recanto no local ideal para desfrutar do pôr-do-sol.

Quartos com cor

Regressamos ao interior da moradia e descobrimos um dos quartos no qual se evidencia uma alegre tonalidade em verde lima que se harmoniza na perfeição com o cinza das paredes. Todos os quartos desta casa incluem casa de banho e ligação directa para o jardim.

A cor púrpura

Aqui temos outro exemplo sobre o uso da cor nos quartos. Neste caso, trata-se da combinação da cor púrpura com o negro que oferece a este espaço um estilo mais elegante e sóbrio, quando comparado com o anterior que se caracteriza por transmitir vitalidade e muita energia graças ao verde. Ao fundo, uma banheira independente denuncia a existência da zona de casa de banho, pensada como um recanto de intimidade e repouso.

Uma sala de estar dentro do quarto

Os quartos desta casa são o epítome do luxo. Para além de incluirem casa de banho, este quarto, em particular, integra ainda uma zona de estar e uma ampla abertura para o jardim. É, sem dúvida, um quarto que encerra um apartamento em si mesmo.

O que achou desta casa com espaços abertos? De que quarto mais gostou? Deixe-nos a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!