Edifício de habitação moderno com uma fachada fora de comum! | homify Edifício de habitação moderno com uma fachada fora de comum!

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Edifício de habitação moderno com uma fachada fora de comum!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Edifício de habitação Lemoine-Kerautret por OGGOstudioarchitects, unipessoal lda Moderno
Loading admin actions …

Nas últimas décadas, as cidades cresceram a um ritmo vertiginoso. Os prédios foram surgindo em catadupa e nem sempre de forma ordenada. É, por isso, bom receber projectos como o que hoje lhe vamos mostrar. Trata-se de um prédio de habitação colectiva com 30 apartamentos que se distingue pela sua forma redonda e pelos seus elementos horizontais marcantes. O projecto foi levado a cabo pelo gabinete de arquitectura Oggostudio que desenvolve trabalhos em Portugal e em França.

O atelier foca-se, em especial, em projectos de habitação, sejam eles moradias unifamiliares, projectos de reabilitação ou edifícios de apartamentos para comercialização. Em cada projecto, os arquitectos procuram ir ao encontro das necessidades do cliente de um modo criativo e inovador, recorrendo a soluções construtivas de qualidade associadas a uma linguagem arquitectónica contemporânea.

Sem mais delongas, passemos às imagens deste prédio com uma área de 1320 m².

1. Um prédio contemporâneo

Desenho contemporâneo e ousado de edifício na transição de duas ruas por OGGOstudioarchitects, unipessoal lda Moderno Alumínio/Zinco
OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Desenho contemporâneo e ousado de edifício na transição de duas ruas

OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

O edifício, situado na transição de duas ruas, sobressai pelo estilo contemporâneo e ousado. Estamos habituados a ver, nas nossas cidades, prédios com formas pouco criativas e, por norma, bastante austeras e esquinudas. Pelo contrário, este projecto destaca-se pela forma arredondada, mais orgânica, a lembrar os feitios que encontramos na natureza, e pelas opções criativas pensadas para a fachada. A partir da imagem, percebemos que os apartamentos disporão de agradáveis varandas e que, nos rés-do-chão, se abrirão para pequenas áreas ajardinadas, o que é uma enorme mais-valia num prédio, tanto do ponto de vista estético como da qualidade de vida proporcionada aos moradores.

O facto de o prédio ser mais largo na base e afunilar na parte superior dá-lhe uma certa leveza que é bem-vinda num contexto urbano.

O ripado metálico

Fachada de edifício de habitação com ripado metálico por OGGOstudioarchitects, unipessoal lda Moderno Alumínio/Zinco
OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Fachada de edifício de habitação com ripado metálico

OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Edifício de esquina com ripado metálico por OGGOstudioarchitects, unipessoal lda Moderno
OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

Edifício de esquina com ripado metálico

OGGOstudioarchitects, unipessoal lda

O ritmo marcado pelos ripados metálicos é um dos pormenores arquitectónicos mais interessantes neste projecto. O ripado estabelece um padrão na fachada, cria sombreamento e acaba, também, por reforçar a privacidade no interior deste prédio envidraçado. As longas linhas horizontais são acentuadas pelas lajes das varandas.

Note-se que, a circunscrever o prédio e a determinar o perímetro do mesmo, há um ripado que cria uma ligação com o ripado do edifício, tornando a composição visualmente mais coesa.

Na imagem acima, vemos a fachada virada para a Rua Jean Lemoine, em Romainville, uma comuna francesa.

Pormenor da fachada

Sendo um prédio de esquina, os arquitectos abordaram o projecto de forma a que a fachada possuísse pormenores diferenciadores. A esquina do prédio foi tratada com um ângulo arredondado – estes prédios são conhecidos como prédios de gaveto – e notabiliza-se por estar como que abraçada por anéis que lhe emprestam dinamismo. Na segunda imagem, temos uma perspectiva sobre a superfície curva do edifício e do jardim que o emoldura.

Jardim vertical

Os jardins verticais começam a ser uma solução cada vez mais apelativa nos centros urbanos, até porque a escassez de espaço horizontal assim o determina. As plantas reduzem a poluição, produzem oxigénio, ajudam a baixar as temperaturas, são importantes para manter o bem-estar físico e mental das pessoas e para preservar a harmonia visual da paisagem e aproximar-nos da natureza, mesmo no meio da selva de betão. O jardim vertical não é, portanto, um elemento de somenos neste momento. Na verdade, acrescenta-lhe imenso valor.

Guardas em vidro

Os projectos actuais fazem uso expressivo do vidro, um material leve, sofisticado e moderno. Apesar de o ripado propiciar resguardo a este prédio, é notório que ele possui uma miríade de superfícies envidraçadas que deixarão a luz natural entrar nos apartamentos que receberão, também, melhor ventilação. As varandas estão protegidas com guarda-corpos em vidro que viabilizam uma integração total e harmoniosa entre a varanda e a envolvente. Além do mais, as características inerentes ao material, como a transparência, não interferem com a incidência de luz natural nos ambientes.

Terminamos com uma vista sobre a fachada da Avenida Pierre Kerautret e percebemos melhor como o edifício se relaciona com o entorno.

Em baixo, deixamos-lhe os contactos dos arquitectos responsáveis pelo projecto:

  • Morada: Rua do Bairro, 233 / 4775 – 444 Nine – V .N. de Famalicão, Portugal
  • Contacto telefónico: +351 96 509 049 4
  • Site: www.oggostudio.com
O que achou do projecto? Deixe-nos a sua opinião na caixa de comentários.
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!