A notável metamorfose de um apartamento antigo

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Os tempos mudam e a arquitectura adapta-se a eles. Se não acredita em nós, veja este projecto de remodelação de um apartamento localizado na cidade de Bilbao. Com o objectivo de actualizar e modernizar o apartamento, o gabinete Garmendia Cordero Arquitectos levou a cabo uma reforma integral que conseguiu melhorar as condições do espaço para o adaptar aos tempos modernos. Partindo de um espaço compartimentalizado, com um corredor de onze metros que percorria a propriedade do início ao fim, desenhou-se um apartamento moderno, luminoso e amplo. 

Mostramos-lhe a transformação na continuação deste artigo.

Mãos à obra

Uma reforma integral pressupõe uma ruptura integral do espaço que inclui a demolição de paredes e, em alguns casos, a construção de outras. Ainda que esta fotografia não nos mostre o estado prévio da casa, dá-nos muita informação sobre ela. Os tectos, por exemplo, deixam-nos a saber que esta área aberta abrigava, anteriormente, duas divisões distintas. As janelas brancas antigas que vemos ao fundo são lindíssimas e foram conservadas. Vamos ver como ficou.

Ei-la!

O espaço da anterior imagem converteu-se numa luminosa e ampla sala de estar e sala de jantar. Ambas as áreas convivem sob o mesmo tecto, ainda que estejam devidamente delimitadas pelos móveis que as decoram. A sala de estar vira-se de costas para a mesa moderna rodeada por cadeiras de design. Na sala, há duas aberturas: a que dá para a a varanda descoberta tem, naturalmente, uma porta e, na outra, que dá para a marquise, não existe nenhuma. Uma decisão inteligente que faz sobressair o estilo das portas antigas.

Zona de dia

Permanecemos na zona de dia – zona social – mas vemo-la agora a partir de outro ângulo que nos permite constatar que a pequena – mas funcional – cozinha está aberta para a sala. O conjunto é muito subtil e prima pela modernidade e estilo escandinavo. Não faltam as cadeiras Charles & Ray Eames a ladear a mesa.

11 metros!

A antiga casa organizava-se em torno de um longo corredor de 11 metros que merecia, sem dúvida, uma remodelação profunda. O espaço continua a existir, mas foi completamente alterado. O corredor linear e sem contrastes tem agora cores e volumes que o interrompem, tornando-o menos claustrofóbico e tenebroso. A luz assume-se, agora, como protagonista.

Assim ficou

sala de estar, a sala de jantar e a cozinha reúnem-se num só espaço interconectado onde o corredor também se integra. O corredor linear e sem contrastes tem agora cores e volumes que o interrompem, tornando-o menos claustrofóbico e tenebroso. A luz assume-se, agora, como protagonista.

Estilo

Como lhe estávamos a explicar, o corredor, após a transformação, surge numa versão mais reduzida, adaptando-se às necessidades da vida contemporânea. A zona dos quartos integra a parte elevada à qual se acede por via de um par de modernos degraus em madeira e em metal. Uma das paredes vestiu-se de negro, cortando o espaço a meio.

Quarto da bi-bi-bisavó?

O quarto tem, evidentemente, todos os “sintomas” de casa antiga, desde as cores ao papel de parede. Embora beneficie da existência de uma ampla janela, o espaço era sombrio e pouco convidativo. Como terão os profissionais contornado o problema?

Luz!

A transformação foi total. O branco é agora a cor do espaço por excelência e esta mudança de cor e de imagem, onde sobressaem linhas modernas e simples, tornou o quarto muito mais amplo e arejado. O móvel desenhado para servir de cabeceira à cama é muito engenhoso na medida em que traz arrumação e privacidade. O nicho dispensou a necessidade de mesas de cabeceira.

O apartamento ficou incrível! Não acha? Gostava de alterar alguma coisa em sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!