Caixas de arrumação e cestos: os melhores aliados para uma casa organizada! Caixas de arrumação e cestos: os melhores aliados para uma casa

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Caixas de arrumação e cestos: os melhores aliados para uma casa organizada!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Moradia no Porto: Closets  por Vilaça Interiores,Moderno
Loading admin actions …

A organização numa casa é fundamental para o bem-estar e o conforto de quem nela habita. Actualmente, devido à sobrelotação das cidades, é cada vez mais comum as pessoas viverem em casas pequenas nas quais necessitam de fazer um exercício, por vezes complexo, de optimização do espaço. É, por essa razão, essencial que tenhamos capacidade de organização e que encontremos soluções engenhosas para acomodar aquilo que vamos adquirindo e guardando no dia-a-dia. Se não o fizermos, chegaremos a um ponto em que o espaço que habitamos nos parecerá cada vez mais pequeno e saturado.

Dependendo das suas características, as divisões de uma casa podem gerar mais ou menos problemas no que toca à arrumação. Por vezes, pode ser mesmo complicado descobrir uma forma de criar zonas de armazenamento que não roubem espaço às áreas de circulação. Hoje, no entanto, viemos falar-lhe sobre dois dos melhores aliados nesta luta contra a falta de espaço: as caixas de cartão e os cestos. Antigamente, as caixas de cartão não eram particularmente apelativas. Agora, já não é assim. Há caixas para usar no interior dos móveis e no exterior que, para além de muito práticas e de estarem disponíveis a um preço acessível, são decorativas.

Venha saber mais sobre o assunto e veja como os profissionais registados na homify (arquitectos de interiores, designers e decoradores) incorporaram as caixas e os cestos nos espaços que ilustram o nosso artigo.

1. Quais são as vantagens das caixas de arrumação e dos cestos?

Casa da Rita e do Pedro: Quartos  por Homestories,Escandinavo
Homestories

Casa da Rita e do Pedro

Homestories

São baratos: as caixas e os cestos são deveras acessíveis. Na IKEA, por exemplo, encontra-os a partir dos 0.80€, sendo o preço máximo de cerca de 13€ (note-se que os preços podem variar consoante o país). Além do mais, pode até já ter caixas em casa e personalizá-las, forrando-as com um papel ou tecido que dialogue com o estilo do espaço.

São versáteis: estes objectos adaptam-se aos mais diversos gostos e estilos de decoração. Nas lojas, encontra facilmente caixas de plástico, de madeira, de metal, de cartão e até em tecido. Se a ideia passar por ter as caixas e os cestos fora de vista, a componente estética não é tão relevante. Pelo contrário, se pretende que estejam à vista, deve apostar em caixas e cestos mais apelativos para que não destoem nos espaços onde se vão inserir.

São fabricados em vários formatos: estamos certos de que encontrará sempre caixas e cestos nos tamanhos de que precisa. A oferta é vasta e até a secção para a casa dos hipermercados disponibilizam este tipo de artigo. Porém, antes de comprar o que quer que seja, deve sempre tirar as medidas e anotá-las. Para um compartimento grande, por exemplo, pode até fazer mais sentido juntar duas ou três caixas em vez de comprar apenas uma que preencha todo o espaço.

Cozinhas | Roupeiros | Moveis de banho: Closets  por Amplitude - Mobiliário lda,Moderno
Amplitude – Mobiliário lda

Cozinhas | Roupeiros | Moveis de banho

Amplitude - Mobiliário lda

São práticos: a utilização de caixas e de cestos é muito prática, ainda mais agora que já se encontram à venda com divisórias. Uma caixa com várias divisórias pequenas é perfeita para, por exemplo, se arrumar bijuteria, acessórios ou roupa interior. Assim, os pequenos objectos ficam todos num sítio específico e não se perdem! 

São decorativos: como já mencionado, as caixas e os cestos juntam o útil ao agradável, na medida em que ajudam a manter os espaços organizados e visualmente limpos e, ao mesmo tempo, elevam-nos do ponto de vista estético. Os cestos, com as fibras naturais e os tons quentes que os caracterizam, são particularmente eficazes nesse sentido.

2. Dicas úteis para usar caixas de arrumação e cestos

Moradia no Porto: Closets  por Vilaça Interiores,Moderno
Vilaça Interiores

Moradia no Porto

Vilaça Interiores

Ter caixas e cestos não é, necessariamente, sinónimo de arrumação se os usarmos sem regras, que é como quem diz, se atirarmos tudo lá para dentro. Eis algumas sugestões para optimizar estes objectos e o processo de arrumação:

Tire medidas: já referimos este ponto, mas parece-nos importante insistir na ideia de que deve medir os compartimentos antes de comprar as caixas ou os cestos. Como é óbvio, estes não devem ser inseridos à justa, mas sim ter um pouco de espaço de ambos os lados para se poderem pôr e tirar sem constrangimentos.

Use etiquetas: não há tempo para perder tempo – passamos a redundância -, por isso aconselhamo-lo a etiquetar as caixas, sobretudo se tiver muitas juntas. Assim, encontra tudo mais facilmente. Pode colar nas caixas uma etiqueta super simples e escrita à mão ou, se tiver tempo, fazer as etiquetas em computador. Nas papelarias, há etiquetas muito engraçadas que não vão, de forma alguma, tornar a caixa feia. Pelo contrário!

Use caixas com compartimentos para objectos pequenos: para as gavetas, sobretudo para aquelas nas quais guarda objectos de pequenas dimensões, aposte em caixas compartimentalizadas para as coisas não se misturarem. Vai ver que se torna muito mais fácil encontrar aquele par de meias de que está à procura e manter cada peça no seu sítio.

Suite Penthouse Geneva: Closets  por Alpha Details,Moderno
Alpha Details

Suite Penthouse Geneva

Alpha Details

Pense na acessibilidade: há caixas que podem servir apenas para guardar objectos que usa uma vez ao ano (enfeites de Natal, por exemplo). Outras há que são usadas diariamente ou, pelo menos, com muita regularidade. As primeiras podem ser armazenadas em pontos de mais difícil acesso (topo de armários, por exemplo) para desimpedir os espaços acessíveis para as caixas que quer ter à mão.

Utilize as caixas transparentes com cuidado: as caixas transparentes dão muito jeito porque deixam ver para o interior, pelo que dispensam etiquetas. São muito usadas, por exemplo, para arrumar maquilhagem ou objectos de escritório, sobretudo as caixas em acrílico. Mas se a transparência tem essa vantagem de deixar tudo visível, também não é menos verdade que exige a que haja um cuidado adicional para manter o interior organizado. Se não o fizer, anula-se o propósito principal destas caixas.

Faça uma pré-selecção do que pretende arrumar: não se limite a atirar tudo para dentro das caixas. Já que as comprou e pretende que a sua casa fique mais arrumada, aproveite o momento para fazer uma arrumação geral e, porventura, para se desfazer daquilo que já não usa, gosta ou precisa.

3. Caixas e cestos no quarto de criança

Quarto de bebé: Quartos de criança  por This Little Room,Escandinavo
This Little Room

Quarto de bebé

This Little Room

Quarto de Criança: Quartos de rapaz  por YS PROJECT DESIGN,Escandinavo
YS PROJECT DESIGN

Quarto de Criança

YS PROJECT DESIGN

Se há divisão da casa onde não podem faltar soluções de arrumação práticas é no quarto de uma criança. Entre brinquedos, jogos, roupas, livros, material da escola, e assim por diante, dá sempre jeito ter caixas e cestos de tamanhos e formatos diferentes para que tudo tenha o seu próprio sítio e para que as crianças, desde cedo, se habituem a guardar as coisas depois de brincarem com elas. Se não houver locais próprios para o efeito, então será difícil incutir-lhes este hábito.

Repare como, no quarto acima, os móveis, em vez das tradicionais gavetas, têm caixas de plástico incorporadas que deslizam sobre um plano horizontal. As caixas de plástico são uma boa opção para os quartos dos mais pequenos porque são resistentes, funcionais e são caixas baratas por oposição às que são fabricadas com outros materiais. Os móveis deste quarto pertencem à gama Trofast da Ikea. Faça uma pesquisa no site para aceder aos preços e ver os outros modelos e cores.

4. Caixas e cestos no quarto do bebé

Quarto de Bebé: Quartos de criança  por In&Out,Moderno
In&Out

Quarto de Bebé

In&Out

Para um quarto de bebé, os cestos e as caixas são, igualmente, úteis. Para além de ajudarem a manter as roupinhas organizadas dentro dos roupeiros e cómodas, dão imenso jeito para ter à mão todos os produtos de higiene, as fraldas, algumas mudas de roupa, as chupetas, o remédio para as cólicas, entre outras coisas. Veja como os cremes ficaram tão bem acondicionados em dois pequenos cestos brancos neste adorável quarto de bebé.

5. Caixas e cestos no escritório

Há estudos que comprovam que o nível de produtividade diminui quando se trabalha num espaço desorganizado. É, de facto, uma conclusão que faz todo o sentido. Quando trabalhamos num ambiente caótico, depressa nos desconcentramos, para além de que se torna mais difícil encontrarmos aquilo de que precisamos (livros, documentos, material de escritório, etc.). É, sem dúvida, mais motivador trabalhar num escritório limpo, arrumado, bonito e bem iluminado.

Aposte em caixas e em cestos para manter o seu espaço de trabalho organizado. A imagem acima é disso bom exemplo. A estante possui caixas metálicas, caixas de arquivo e, ainda, um cesto que podem acomodar uma panóplia de objectos e documentos. Veja como se misturaram as caixas e os cestos com objectos de decoração como, por exemplo, molduras e jarras. O conjunto ficou, assim, muito harmonioso e ordenado.

6. Caixas e cestos na sala de estar

Sala | Depois: Salas de estar  por MUDA Home Design,Escandinavo
MUDA Home Design

Sala | Depois

MUDA Home Design

Está sempre a tropeçar em revistas, comandos, carregador ou cabos de ligação na sua sala de estar? Não se preocupe. Acontece a todos. A sala de estar é uma das divisões com mais uso numa casa, pelo que é normal que estas coisas se espalhem um pouco por todo o lado. Sugerimos, assim, que tenha sempre um ou dois cestos para as revistas – pode pô-los sobre a mesa de centro ou ao lado dos sofás, por exemplo – e pequenos cestos ou caixas para os demais objectos. Estes recipientes podem ser colocados dentro dos móveis ou estar à vista. Seleccione, por exemplo, uma caixa ou cesto só para cabos e carregadores, outra para correspondência, outra para comandos, e assim sucessivamente. Ah! E não se esqueça: faça com que toda a família adira!

7. Caixas e cestos na sala de estar

Luz Charming Houses _ Boutique Hotel: Casas de banho  por SegmentoPonto4,Campestre
SegmentoPonto4

Luz Charming Houses _ Boutique Hotel

SegmentoPonto4

A casa de banho é mais uma divisão crítica. Os produtos de higiene vão-se acumulando e, quando damos por nós, o ambiente tem um sem-fim de pequenas informações que mais não fazem do que provocar ruído e prejudicar a decoração. As caixas e os cestos não resolvem todos os problemas – é preciso que haja prateleiras e armários -, mas dão uma grande ajuda para acondicionar os produtos e acrescentar deliciosos pormenores decorativos ao espaço como um cestinho com pequenas toalhas de mão ao lado do lavatório.

8. Caixas e cestos na cozinha

Cozinhas  por homify, Escandinavo

À semelhança da casa de banho, mas numa escala ainda maior, a cozinha também se desordena facilmente e tem sempre uma miríade de produtos e utensílios que precisam de um espaço de arrumação. As caixas e os cestos são extremamente funcionais não só para preservar a organização no interior dos armários e das gavetas como também sobre as bancadas. Em lojas como a IKEA, a Zara Home ou a H&M Home, encontra caixas e cestos muito bonitos para arrumar as suas tábuas de corte, as especiarias, alguns alimentos (fruta, pão, entre outros), as ervas aromáticas, entre outras coisas. Como vão ficar à vista, favoreça caixas e/ou cestos de madeira e de outros materiais que se harmonizem com a sua cozinha.

9. Caixas e cestos no hall de entrada

Eis um exemplo perfeito de como pode decorar o hall de entrada e introduzir cestos e caixas no espaço. A entrada é o cartão de visita de uma casa, pelo que deve manter a sua sempre organizada. Os cestos e as caixas podem servir propósitos meramente decorativos, mas também dão muito jeito para pousar as chaves, a correspondência e outros objectos que queira ter à mão (bolsas, trela do cão, calçado, etc.).

10. Caixas e cestos no closet, roupeiro e/ou quarto

Cozinhas | Roupeiros | Moveis de banho: Closets  por Amplitude - Mobiliário lda,Moderno
Amplitude – Mobiliário lda

Cozinhas | Roupeiros | Moveis de banho

Amplitude - Mobiliário lda

Terminamos na zona do quarto onde os roupeiros ou walk-in closets beneficiam sobremaneira destas soluções de arrumação. Estes espaços não servem apenas para arrumar roupa, calçado e acessórios. São, não raras as vezes, utilizados para se acondicionar lençóis, edredões, capas de almofada, fronhas, toalhas de banho ou coisas de praia. Na verdade, podem servir para arrumar tudo e mais alguma coisa. Tudo depende das necessidades e da dinâmica de cada família. Para as prateleiras abertas, escolha cestos e caixas que combinem com o estilo do quarto e do closet e não se esqueça de etiquetá-las para saber sempre onde está tudo. Voltamos a realçar quão úteis são as caixas e os cestos compartimentalizados para as gavetas. Fique, também, com caixinhas de papel ou de cartão onde vêm as jóias ou outros acessórios para o ajudar a ordenar o seu roupeiro ou closet.

Como viu, estas soluções de arrumação podem ser usadas em, literalmente, todas as divisões da casa. Costuma recorrer a elas?
Casas  por Casas inHAUS, Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!