Como ter um estilo moderno e rústico?

Agata Alencoao Agata Alencoao
Loading admin actions …

Na mistura é que está o ganho, e ainda que não seja esta expressão correcta, não interessa pois é de misturas que lhe queremos falar, mais concretamente de como associar o estilo moderno e rústico em plena perfeição. Pode começar por nos dizer que são demasiado diferentes para que possam ser misturados e nós dir-lhe-emos que tem toda a razão na parte de serem diferentes, mas que está totalmente enganado no que diz respeito à fusão dos dois. O artigo que está prestes a ler vai mostrar-lhe tudo isso e muito mais. Como é acima de tudo nas ideias mais fora da caixa que se encontram aqueles exemplos uau, temos algumas divisões de casa para lhe mostrar que temos a certeza que o vão deixar surpreendido e com ideias. Hoje em dia a regra é: não há regras e isto não nos podia agradar mais! Moderno e rústico?! Com certeza! Venha connosco!

Uma cozinha com ilha num estilo rústico

Cozinhas modernas por Moran e Anders Arquitetura
Moran e Anders Arquitetura

Retrofit – Residência Alphaville

Moran e Anders Arquitetura

Normalmente quando falamos em cozinha com ilha, pensamos num espaço super moderno – as ilhas são algo relativamente recente – portanto a conjugação de ambas vai ser à partida representativa do tema que para aqui trouxemos. Uma vez mais não temos dificuldade em identificar um estilo e o outro. A pedra e os bancos de madeira são sem sombra de dúvida apontadores do lado rústico enquanto que a já referida ilha e todos os cromados que nos são apresentados estão num lado totalmente oposto. Ainda que à primeira vista esta combinação possa transmitir alguma estranheza, uma coisa é certa passados apenas alguns segundos o estranho acaba por se entranhar e esta cozinha passa a ser um local de extremo bom gosto.

Rústico + moderno: combinação vencedora

Como acreditamos piamente naquilo que lhe escrevemos, aqui está a palavra que descreve a forma como combinamos o rústico e o moderno: vencedora. Começamos por lhe mostrar um exemplo brilhante de um loft que para além de combinar os dois estilos, também combina todo o espaço de uma casa num só. Esta escolha foi propositada no sentido em que lhe queremos provar que a referida composição pode existir em qualquer tipo de espaço e não apenas em casas com grandes dimensões. Se atentarmos na imagem, percebemos facilmente porque é que ela tem um lado rústico mas também um lado moderno. Começando pelo uso da madeira e da pedra, não temos dúvidas, e atentando no design dos móveis que vemos, também somos capaz de os meter dentro de um estilo moderno/minimalista. Agora a pergunta é: existe aqui alguma coisa que impeça este espaço de reflectir harmonia? Lá está! A combinação é mesmo vencedora!

Sala de estar com vigas de madeira e um sofá moderno

Salas de estar escandinavas por dwarf

A sala de estar que escolhemos para exemplificar este parágrafo é sem dúvida uma divisão que revela uma elegância singular. Em primeiro os elementos respiram desafogadamente no espaço, tudo tem o seu lugar próprio e nenhum elemento perturba o outro. Ainda que lhe queiramos falar especificamente do tecto e do sofá, somos obrigados a referir que tudo o resto se encontra em plena concordância. A própria opção de juntar 3 tipos de madeira diferente é um toque magnífico onde o rústico que a madeira representa, ganha uma nova vida, ao estar combinada com madeiras de tipo e cor diferentes. Aqui fica a prova de que tudo se pode fazer com bom gosto, basta que consigamos equilibrar umas coisas com as outras e tudo fica perfeito!

Uma casa de banho rústica com uma banheira moderna

CASA EM FORMA DE ABRAÇO : Casas de banho rústicas por pedro quintela studio
pedro quintela studio

CASA EM FORMA DE ABRAÇO

pedro quintela studio

Ai as casas de banho… As casas de banho são provavelmente as divisões que se um dia tivéssemos oportunidade transformaríamos assim numa daquelas casas de banho de sonho, com uma banheira gigante onde quase podemos dar mergulhos e braçadas – passando o exagero é claro! – mas bom de pés assentes na terra, há algo que podemos fazer e que volta a ser conjugar os dois estilos. Uma banheira grande, não tem necessariamente de ser uma característica de uma casa de banho moderna, contudo a opção da madeira aliada a esta acaba por nos remeter para uma divisão que à partida combina os dois estilos. A nosso ver é mais uma daquelas opções que revela um toque único para além de proporcionar um ambiente mais aconchegante.

Um quarto com uma parede de pedra

CASA EM FORMA DE ABRAÇO : Quartos rústicos por pedro quintela studio
pedro quintela studio

CASA EM FORMA DE ABRAÇO

pedro quintela studio

Também no nosso quarto podemos dar largas à imaginação e pôr estes dois estilos a funcionar em conjunto, olhe lá para o exemplo! É um quarto super querido, não concorda? É certo que este tipo de divisão é pensado muito antes de falarmos sequer em decoração – construir uma parede de pedra ou um tecto de madeira, não é assim algo que se faça, só porque sim! – por isso mesmo há que aproveitar as características que uma casa nos pode oferecer à priori e tirar de lá o maior partido. Neste caso como vemos, não existe nada por aí além na decoração deste quarto e porquê? Simplesmente porque ele não precisa! A infra-estrutura da divisão – e da casa, claro está – permite-nos usá-la como elemento decorativo que funciona muitíssimo bem.

Escadas de madeira

Salamandra : Corredores e halls de entrada  por Casa do Páteo
Casa do Páteo

Salamandra

Casa do Páteo

Mais um exemplo em que a parede e a madeira têm papel de destaque e nos remetem para um universo mais rústico e uma vez mais surge um elemento que o desestabiliza, desta feita, as escadas que vemos e que não podiam ser mais modernas. De design bastante fino e sem ocuparem demasiado espaço na divisão, estas escadas inserem-se perfeitamente no contexto deste recanto. A presença do ferro – muito bem utilizada no corrimão! – acaba por, de alguma forma, acentuar este lado mais rústico, contudo pela forma como existe, não nos faz duvidar por nenhum momento das opções decorativas tomadas.

Tectos inclinados

Os tectos inclinados têm algo de casinha de bonecas que acaba por nos atrair a todos. De alguma forma, acaba por dar um ar assim querido e cozy às divisões. É verdade que normalmente eles existem em consequência de um telhado que está lá fora – contudo se tiver um pé direito alto, os tectos falsos podem perfeitamente criar o mesmo efeito! Ainda que não tenha um impacto imediato na nossa vista estes acabam por definir o ambiente geral da casa. Pode não ser o exemplo que mais rapidamente nos faz pensar na associação de estilos de que temos vindo a falar até então, mas sem dúvida, cria na nossa casa divisões especiais e singulares.

Gostou do artigo?! Deixe a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!