Casas modernas por schroetter-lenzi Architekten

Uma casa em madeira — práticas sustentáveis

anadomenti anadomenti
Loading admin actions …

Localizada na aldeia de Ried em Áustria, próximo do lago Constance e envolta pela encantadora paisagem natural, a casa que lhe iremos apresentar vai certamente deixa-lo sem palavras. Para além de moderna, esta casa é também sustentável e de baixo custo. Uma construção simples para uma vida prática — este foi o ponto de partida de Schroetter-Lenzi Architecten para a criação deste projecto.

Um objecto moderno

Esta casa, construída com uma estrutura em betão armado e barrotes de madeira lamelada, aparenta estar a flutuar por entre o verde do relvado. Desta forma e para além da estrutura em madeira já promover de certo modo a leveza do edifício, esta é sugerida pelo facto de o mesmo se encontrar mais elevado que o nível do solo. Caracterizada pela linguagem simples, linha recta e volumes geometricamente puros, é sem dúvida um edifício de linguagem moderna. Ainda assim, o revestimento em madeira conferem-lhe um toque rústico, digno da paisagem circundante.

Uma aparência leve

Para além do revestimento em barrotes de madeira lamelada, outro material utilizado em bastante abundância aqui é o vidro. Sem qualquer medo da exposição solar (já que se localiza na Europa Central), os grandes envidraçados, para além de possibilitarem um maior contacto com a natureza pela qual esta casa é rodeada, criam o contraste perfeito perante a conjugação com a madeira escura utilizada na restante superfície das fachadas. Nesta imagem, é possível observar a forma inteligente de como o edifício entra em contacto com o solo, apesar de estar aparentemente a flutuar. Mais que uma questão estética, a habitação encontra-se mais elevada que o restante nível do solo devido ao enorme risco de inundações desta região. 

Contrastes

Ginásios modernos por schroetter-lenzi Architekten
schroetter-lenzi Architekten

Gästezimmer und Hobbyraum im Keller

schroetter-lenzi Architekten

De forma a contrastar com o exterior, o interior da casa é extremamente claro. Aqui, é o branco que ganha maior destaque. Para além de conferir maior luminosidade ao interior dos espaços, e ao mesmo tempo que conjugado com o enorme envidraçado aqui existente, o branco faz com que um espaço aparente ser maior que aquilo que ele é fisicamente. 

Para além do branco utilizado nas paredes interiores e tecto, podemos observar as restantes três superfícies que dão forma a um pátio, que para além de criar um poço de entrada de luz no interior da casa, criam privacidade na sala de estar. Mais do que os materiais já referidos, o mobiliário e os elementos de decoração combinam as duas linguagens arquitectónicas já utilizadas na definição do exterior do edifício. Assim, por um lado temos o sofá, mesa de centro e tapete como elementos modernos e a contrastar, temos o baú como caracterizaste da linguagem rústica. 

Um open space extremamente moderno

Sem esquecer de que nos encontramos perante um open space, a sala de refeições e cozinha surgem coligadas à sala de estar apresentada anteriormente. Mais uma vez e de forma a contrastar com o exterior, o branco surge aqui dominantemente. Desta vez e mais do que a surgir como acabamento, surge também em todo o mobiliário. Na sala de refeições e cozinha; o tecto branco, as bancadas, a mesa de centro e as cadeiras criam o contraste perfeito com o exterior do edifício e o pavimento interior. Também o betão aparente cria grande impacto sobre este espaço, enfatizando ainda mais a vontade da utilização da linguagem moderna, já que estas conferem ao espaço um ambiente industrial.

Uma questão de cor

Mais do que uma simples suite, este espaço extremamente amplo e com uma vista fantástica sobre a paisagem natural envolvente é o lugar perfeito para descansar sobre a luz da lua. Tendo em conta que uma das paredes é um envidraçado, temos a sensação de estarmos a dormir sobre céu aberto, enquanto que na verdade estamos totalmente protegidos pelas restantes paredes em betão aparente. Tal como nos restantes espaços da casa, o chão contrasta com as paredes e tecto, criando o balanço cromático perfeito. De forma a não deixar que este espaço se torne num lugar extremamente severo, apontamentos de cor são a solução ideal para contrastar com os tons neutros tão característicos do modernismo.

Banhos com vista sobre a paisagem

E para finalizar, queremos desvendar finalmente, a belíssima paisagem envolvente. Tal como as restantes divisões da casa, a casa de banho é também ela digna e merecedora da vista sobre a natureza. De repente, o interior funde-se com o exterior criando assim um espaço só, ainda que apenas psicologicamente. A surgir como elemento escultórico ou decorativo, a banheira localizada no centro do espaço confere a esta casa charme, luxo e glamour. 

Confesse lá, com uma banheira assim, até se esquece que existem piscinas por este mundo fora!

O que gostou mais neste projecto? Deixe-nos aqui a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!