Uma interessante casa pré-fabricada na Coreia do Sul

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Esta interessante casa unifamiliar de 115m² - situada no distrito rural pouco povoado de Gimpo, Gyeonnggi, Coreia do Sul – usa uma construção pré-fabricada. As casas pré-fabricadas são muito usadas na Coreia devido à efectividade em termos de custo e a facilidade com que podem ser transportadas para outro local. 

Esta moradia de um piso da autoria da Jip Studies Architects Studio é um exemplo desta tipologia de habitação energeticamente eficiente e incorpora isolamento de lã mineral nas duas camadas de folha que, para além de propiciar isolamento, tem excelentes propriedades de resistência ao fogo e actua para reduzir o ruído.

Na escolha de materiais para a casa, os arquitectos procuraram entender os pontos fortes e fracos de cada selecção para tomar uma decisão informada.

Um telhado incomum

A forma incomum do telhado de zinco é impressionante e domina o projecto. A estrutura preta espessa senta-se no topo das paredes creme. Uma passarela de madeira delimitada por uma cerca baixa do mesmo material envolve a casa. A selecção de materiais baseou-se na simplicidade, permitindo que o perfil do telhado seja o elemento dramático e o ponto focal do edifício.

Lazer no exterior

Gostamos quando os nossos fotógrafos nos mostram as famílias a tirar partido dos espaços. Esta casa prioriza o bem-estar do indivíduo e aquilo que ele entende como área de lazer. A imagem deixa-nos a saber que esta família dialoga com o espaço envolvente e interage com ele numa base diária.

Pátio

O plano em forma de “U” cria um pátio fechado que assume um elevado grau de privacidade. No Verão, a família pode usufruir desta área e as crianças brincar com a água proveniente da fonte. Duas amplas aberturas rasgam as paredes, tornando os ambientes integrados.

Vista panorâmica

Ao recuarmos, obtemos uma vista panorâmica da casa integrada no seu contexto. Através da fotografia, temos uma melhor noção das proporções e da relação entre todos os elementos do edifício.

O interior

O formato da cobertura manifesta-se também no interior. O limite máximo do tecto segue a inclinação do telhado e cria um espaço amplo. A madeira é usada expressivamente, aparecendo no chão, paredes e vigas. A sua presença torna o espaço mais confortável e cálido. Ao abrir a porta, os proprietários têm contacto imediato com o exterior da casa, em permanente diálogo com o interior. Um equilíbrio perfeito para uma família jovem e enérgica.

Qual a sua opinião sobre casas pré-fabricadas? Imaginava-se a viver numa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!