Como escolher janelas para a sua casa

sofiapega sofiapega
Loading admin actions …

As janelas, para além de permitirem a entrada de luz natural numa divisão, são também elementos que fazem parte da decoração, e podem ter um papel muito importante no que toda a isolamento e protecção da nossa casa.

Escolher caixilhos de janelas é um processo no qual temos de pensar muito bem. Antes de mais, devemos estar muito bem informados para podermos tomar uma decisão. Quando pretendemos escolher o tipo de caixilharias a instalar, coloca-se uma questão principal: qual o material que irei escolher? É essencial ter-se em conta a capacidade de isolamento térmico e acústico, contribuindo assim para o conforto na sua habitação.

Ao longo deste artigo vamos falar-lhe de três tipos diferentes de caixilhos de janela. São eles a madeira, o alumínio e o PVC, sendo que lhe vamos apresentar as vantagens e desvantagens de cada um deste tipo, de forma a perceber qual lhe interessa mais e mais se adequa à sua habitação e estilo de vida. É claro que outro factor determinante na decisão, será o aspecto estético e as despesas que cada tipo de janela lhe trará.

Se está a construir uma casa ou se pretende mudar as janelas da casa que já habita, este artigo é mesmo para si! Informe-se sobre este assunto com a homify!

Alumínio – Prós e Contras

O estilo vintage de Hackney: Salas de estar modernas por MOSAIC DEL SUR
MOSAIC DEL SUR

O estilo vintage de Hackney

MOSAIC DEL SUR

O segundo tipo de que lhe falamos são as janelas de alumínio. As suas principais vantagens são o preço acessível, a durabilidade e a alta resistência contra humidade e deformação. Devido ao baixo peso, estas janelas são fáceis de transportar e instalar. São também de fácil limpeza e esteticamente adaptam-se a vários tipos de decoração de ambientes.

No entanto, este tipo de janelas apenas têm capacidade de proteger de mau tempo, chuvas e ventos fortes, não tendo capacidade de proteger a sua casa do frio e dos ruídos da rua, ou seja, o seu isolamento térmico e acústico deixa muito a desejar. Em termos de custo, o preço é intermédio.

PVC – Prós e Contras

O terceiro e último material de que lhe falamos é o PVC, um material bastante mais recente neste mundo das esquadrias e das janelas mas que, nas últimas décadas, tem ganho cada vez mais popularidade. E porquê? A verdade é que esta é uma opção muito resistente e duradoura e que proporciona um excelente isolamento acústico e térmico na sua casa, protegendo-a de humidade e mudanças de temperatura. As janelas de pvc são construídas a partir de policloreto de vinilo, um tipo de plástico usado para fazer tubos, que é duradouro, resistente a danos, a condensação e a perda de calor. Não precisam de qualquer tipo de manutenção, apenas limpeza, que é também muito simples.

§  Falando agora dos contras, as janelas PVC são mais caras que as duas opções apresentadas anteriormente. É claro que os preços variam bastante consoante o fabricante, mas os custos variam também consoante a espessura e a qualidade do PVC. Contudo, apesar do custo maior, acaba por ser um excelente investimento a longo prazo.

Antes de mais: o custo

Tal como dissemos na introdução, o custo será sempre um factor a ter em casa. Podemos adiantar-lhe que as janelas mais dispendiosas, no acto de sua aquisição, são as janelas em PVC… Mas será que a longo prazo são estas as que lhe trarão mais custos? Continue a ler e perceberá…

Madeira – Prós e Contras

O primeiro tipo de janelas que lhe vamos falar são as janelas de madeira. Vamos começar por referir as vantagens destas janelas. Em primeiro lugar, ninguém pode negar a beleza e sofisticação que este tipo de janelas confere a um espaço. Desde as mais trabalhadas e elaboradas, às mais simples e minimalistas, dão para conjugar com todo o tipo de decoração, seja no seu tom de madeira original, seja pintadas de branco, tal como no quarto na fotografia, um projecto de RAR.STUDIO. Outra vantagem é a durabilidade. É uma material durável, mas tudo depende da sua manutenção – mas deste assunto já lhe falaremos. Última vantagem, mas não menos importante, é o isolamento acústico.

Passamos então à parte menos boas: as desvantagens. A primeira de todas é a difícil limpeza, por vários motivos: ser um material que não convém ser molhado e por muitas vezes ser detalhado dificultando ainda mais a limpeza. Outra desvantagem é a humidade que pode entrar para sua casa, não sendo, de facto, nada recomendadas para locais expostos à chuva ou que possam ter incidência de água. Assim, a durabilidade da madeira depende muito do não-contacto com a água. Existente também bichinhos que podem provocar a deterioração da madeira e, por isso, recomendamos que evite madeiras muito moles e fáceis de ser atacadas. Outra questão à qual também não podemos fugir, é a segurança… Ninguém pode negar que um pedaço de ferro é mais resistente que um pedaço de madeira. E, por último, a dificuldade em encontrar peças de reposição. Como as janelas de madeira são muitas vezes personalizadas, é difícil encontrar peças para repor, no caso de ser necessário.

Assim, se quiser optar por uma alternativa esteticamente bonita, esta é a ideal, mas deve considerar todas as desvantagens que podem advir dessa decisão!

Mistura de materiais

Guimarães House: Quartos minimalistas por es1arq
es1arq

Guimarães House

es1arq

Para unir o útil ao agradável, criaram também janelas que misturam materiais. Um exemplo é a caixilharia em alumínio e madeira, solução que começou a ser procurada na década de 80. A face externa do caixilho é de alumínio (ou de PVC, em alguns casos) e a face interna é de madeira. Assim, o alumínio (ou o PVC) fica exposto às mudanças climatéricas – ao sol e chuva – e não necessita de manutenção constante, enquanto a madeira resguardada confere conforto à sua habitação e um toque diferente na decoração. 

Manutenção e eficiência energética

Janelas e portas  por Chivasso BV
Chivasso BV

Monsoon 2014

Chivasso BV

Janelas eficientes são janelas que pelas suas características, contribuem para aumentar o isolamento térmico e acústico das habitações. Assim, pode-se dizer que em termos de manutenção as melhores alternativas são o alumínio e o PVC, bem como no que toca à sua durabilidade. Em relação à eficiência energética, tal como foi dito anteriormente, o alumínio deixa passar mais calor e frio do que o PVC, tornando-se menos eficiente em termos energéticos. As janelas de alumínio não são a escolha ideal quando se trata de manter as temperaturas quentes ou frias numa casa. O material em PVC não é biodegradável. Já a madeira é um intermédio entre os dois, pois garante, geralmente, um bom isolamento térmico e acústico e, por ser um material natural, torna-se interessante do ponto de vista ecológico.

Como última dica, sugerimos-lhe que opte por vidros duplos com vidros de 6 e 4 mm e uma caixa de ar de 12 mm entre ambos, pois em qualquer um dos casos referidos anteriormente, as janelas tornam-se muito mais eficientes.

Qual é o tipo de janela que vai escolher para a sua casa? Conte-nos tudo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!