Cozinhas de estilo escandinavo em Lisboa | homify Cozinhas de estilo escandinavo em Lisboa

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Cozinhas de estilo escandinavo em Lisboa

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Cozinha da Maria Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Loading admin actions …

Cores neutras, madeiras claras, ambientes luminosos e mobiliário e peças de decoração simples: estas são algumas características do estilo escandinavo de que é tão fácil gostar e que é tão sedutor levar para a nossa casa.

A tendência, pelo menos em Portugal, parece acabada de chegar, mas o design escandinavo tem uma história longa que é feita de nomes tão sonantes como Arne Jacobsen, Alvar Aalto, Eero Arnio e Ingvar Kamprad. São-lhe familiares? O último, por exemplo, é o nome do fundador da IKEA, uma loja que, mais do que qualquer outra, vende a experiência escandinava.

Para o artigo de hoje, escolhemos sete cozinhas de estilo escandinavo da autoria da Homestories. O gabinete nasceu da paixão da sua criadora, a arquitecta Tânia Martins, pelo design e, claro está, pela arquitectura. A Homestories dedica-se, especialmente, a projectos de remodelação e de design de interiores de edifícios, de casas, de espaços comerciais e de escritórios.

Hoje, ficamo-nos pelas cozinhas. E que cozinhas!

Ora veja lá!

1. A cozinha da Maria Leonor

COZINHA DA MARIA LEONOR Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

COZINHA DA MARIA LEONOR

Homestories

A Homestories conta-nos que a cozinha acima pertence à Maria Leonor que passa imenso tempo no espaço não só porque gosta de cozinhar, mas também por ter o seu pequeno atelier. Como tal, precisava de um cantinho para si.

Projectou-se, assim, uma cozinha prática com uma luz natural invejável. A obra passou por várias etapas desde tapar azulejos das paredes a substituir o chão, pintar e, por fim, montar a cozinha.

COZINHA DA MARIA LEONOR Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

COZINHA DA MARIA LEONOR

Homestories

A estética do espaço vai, manifestamente, beber inspiração ao estilo nórdico. Em vez de armários inferiores e superiores da mesma cor, optou-se por armários inferiores em castanho claro e armários superiores brancos. De contrário, o espaço tornar-se-ia denso e sobrecarregado. Parece-nos, assim, uma boa opção criar este contraste, sendo que a cor mais clara – neste caso, o branco – tende a ser a que fica na parte superior.

A frente dos armários da cozinha é lisa com os puxadores embutidos. No que à iluminação diz respeito, embutiram-se spots LED nos armários superiores com vista a dar luz à bancada de trabalho. As lâmpadas LED, para além de ecológicas, iluminam de forma homogénea e eficaz os ambientes.

2. Preto e branco

A Casa do Ricardo Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

A Casa do Ricardo

Homestories

Prosseguimos para a cozinha que integra o apartamento do Ricardo, um advogado que decidiu sair de casa dos pais e investir no seu futuro. Entre outras coisas, o Ricardo almejava por um espaço onde pudesse receber e cozinhar com os amigos. Olhando para o resultado, é caso para dizer:his wish, their command!

A cozinha projectada pela Homestories presta-se, de facto, a esse uso. É compacta, mas está super bem equipada, para além de contar, tal como a cozinha anterior, com um generoso fluxo de luz natural. No mais, abre-se para a sala adjacente através de uma superfície envidraçada. Deste modo, quem quer que esteja a cozinhar não se sentirá confinado. Pelo contrário, a janela acentua o sentido de partilha e de socialização que deu o mote ao projecto.


A Casa do Ricardo Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

A Casa do Ricardo

Homestories

Não podíamos deixar de destacar os materiais escolhidos para os revestimentos. O piso em mosaico hidráulico exibe um padrão geométrico dinâmico e a parede backsplash foi coberta por azulejos tipo parede de parede (subway tile) que estão entre as tendências mais fortes dos últimos anos.

A configuração do espaço não permitiu a adição de armários superiores, mas sendo o apartamento apenas para uma pessoa, as áreas de arrumação parecem-nos suficientes.

3. Estilo industrial

A Casa da Mariana Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

A Casa da Mariana

Homestories

A terceira cozinha pertence à Mariana que trabalha como designer e queria muito ter uma casa de estilo industrial. A cozinha tem, sem dúvida, uma forte expressão industrial, estilo esse que, em boa verdade, partilha algumas características com o estilo nórdico.

A cozinha serve de montra à sala do apartamento e é, segundo a designer responsável pelo projecto, a divisão mais marcante deste projecto. O microcimento, o ferro preto e os candeeiros suspensos são os elementos que mais se destacam e que não poderiam faltar num espaço deste estilo.

A Casa da Mariana Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

A Casa da Mariana

Homestories

Eis a forma como a cozinha se abre para a sala. Num open space, com a cozinha e a sala integradas, é importante manter uma atmosfera visualmente limpa para que, por exemplo, a partir da sala não se esteja a ver um sem fim de pequenas informações que mais não farão do que provocar ruído. Assim, se a sua casa também tiver o núcleo social num plano aberto, sugerimos que aposte numa cozinha com uma estética clean tal como a da imagem.


4. Cores claras e frescas

Casa da Susana Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Casa da Susana

Homestories

Quando a Susana adquiriu a sua primeira casa, pediu à Homestories que fossem utilizadas cores mais escuras. Porém, tendo em conta as dimensões do apartamento, a designer sugeriu que se favorecesse uma paleta cromática clara que tornasse os espaços frescos e arejados. E assim foi.

Na cozinha, a madeira cor de mel harmoniza-se com o azul muito claro dos armários superiores.

A cozinha conta com uma pequena mesa, ideal para as refeições informais do dia-a-dia, que acomoda, entre três a quatro pessoas. Vamos vê-la melhor.

Casa da Susana Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Casa da Susana

Homestories

Love is what makes you smile when you're tired. (O amor é o que o faz sorrir quando está cansado.). É a frase escrita sobre o módulo de arrumação da zona de refeições da cozinha que é, para nós, uma verdadeira expressão de amor por conta dos deliciosos detalhes que a definem. Para além da frase acima descrita, é impossível ficarmos indiferentes aos vinis decorativos que personalizam e tornam este recanto tão divertido como se de uma cozinha de bonecas se tratasse!

Gosta tanto quanto nós gostamos?

5. Azul claro e madeira clara

Querido Mudei a Casa - Episódio #2421 Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Querido Mudei a Casa – Episódio #2421

Homestories

Sabia que a transformação desta cozinha fez parte do programa Querido, mudei a casa? E mudou tão bem! É uma cozinha acolhedora, intimista e onde conseguimos ver a vida familiar a desenrolar-se com todo o conforto.

A cozinha sobressai pela combinação entre o azul claro e a madeira clara, esta última usada amiúde nos espaços de estilo nórdico. A cozinha afasta-se ligeiramente das anteriores para as quais foram escolhidos armários super modernos. Neste caso, optou-se por uma frente de cozinha cujas portas não são totalmente lisas, mas sim com moldura.

A ilha central circunscreve a zona de preparação de alimentos em relação ao espaço onde foi colocada a mesa.

Querido Mudei a Casa - Episódio #2421 Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Querido Mudei a Casa – Episódio #2421

Homestories

A imagem frontal permite que vejamos em detalhe o azulejo escolhido para a parede backsplash. Com peças em cerâmica de tamanhos e estampados distintos, o resultado lembra-nos um remendado – no melhor sentido possível!


6. Azulejos coloridos, armários simples

Casa do Zé e da Vanda Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Casa do Zé e da Vanda

Homestories

Os armários modernos e com linhas rectas deixam que a parede revestida com azulejo fale mais alto. Se escolher, para a sua cozinha, revestimentos coloridos e/ou com padrões intrincados, privilegie armários simples para não sobrecarregar o espaço. A ideia é enaltecer o que de mais especial tem a área e não fazer com que o olhar se perca no meio de tanta informação.


Casa do Zé e da Vanda Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Casa do Zé e da Vanda

Homestories

Por norma, as marquises surgem como espaços fechados ao lado das cozinhas, o que rouba profundidade a estas últimas. Aqui, conseguiu-se contornar o problema através da instalação de um ripado branco que foi aproveitado para a suspensão de vasos com aromáticas. A divisória, por ser vazada, aumenta a percepção espacial, permite que a luz natural entre e abre a cozinha para a paisagem urbana.

7. A cozinha da Maria

Cozinha da Maria Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Cozinha da Maria

Homestories

É em branco (quase) total a cozinha da Maria. Brancos são os armários, brancos são os azulejos e brancos são quase todos os apontamentos decorativos no espaço.

Ao mesmo, há pormenores de cor, por aqui e por ali, que interrompem a preponderância do branco. Os puxadores pretos, a madeira clara de alguns utensílios, as ervas frescas sobre o balcão e até o pano de cozinha pendurado no fogão. Além do mais, os armários alternam portas opacas com portas envidraçadas que deixam ver para o interior, o que também se traduz numa quebra no uso do branco.

Os pontos de luz emitem uma luminosidade quente que empresta aconchego ao espaço.

Cozinha da Maria Cozinhas escandinavas por Homestories Escandinavo
Homestories

Cozinha da Maria

Homestories

Mas, de repente, rodamos o ângulo e percebemos que a cozinha da Maria, na zona de refeições, explora outras cores e materiais. As cadeiras de fibra natural e a madeira clara das prateleiras trazem uma aura campestre e convidativa ao espaço. O papel de parede cinza, que reveste a parede da televisão, imita o aspecto da madeira, substituindo-se ao material verdadeiro.

Recomendado:


De qual destas cozinhas mais gostou? Conte-nos tudo!
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!