Gosta de simplicidade? Então, dê à sua casa um toque japonês!

LuciPais – homify LuciPais – homify
Google+
Loading admin actions …

Qualquer ocidental fica surpreendido ao entrar numa casa de gosto oriental. Simplicidade é a palavra que melhor descreve o que os olhos veem. A decoração baseia-se, na maioria dos casos, na arquitetura escolhida e nas peças de mobiliário. O elemento madeira e o verde da natureza, sempre que possível, são imprescindíveis. 

Minimalismo assenta que nem uma luva em casas de gosto japonês. Apenas à vista o que realmente é necessário e importante. Tudo o resto fica guardado nos móveis, que também eles são poucos. O estilo oriental, que continua a ganhar cada vez mais terreno no mundo ocidental, transmite paz e tranquilidade. 

Todos os pormenores são conduzidos com harmonia. Veja e sinta as próximas seis imagens para garantir que não estamos nada errados nesta pequena introdução.

Simplicidade nos pormenores

Casas modernas por CASE DESIGN STUDIO
CASE DESIGN STUDIO

House in Fujinomiya

CASE DESIGN STUDIO

É na simplicidade dos pormenores que se constrói uma casa de gosto japonês. Os móveis não precisam de elementos decorativos, nem as paredes. Apenas mesas ao nível do chão, para se sentirem mais próximos da terra, da Mãe Natureza. Há hábitos que são sagrados para estes povos.

Também na arquitetura se faz a mesma leitura. O despojamento de elementos arquitetónicos, algo que foi surgindo nos últimos tempos, tem ganho terreno nas casas ao gosto japonês. Foi o assumir da simplicidade nos diferentes momentos da vida.

Casa na natureza

Os jardins japoneses, com sua arquitetura peculiar, são uma homenagem do homem à natureza. Através de elementos vegetais constroem-se cenários magníficos. Árvores, arbustos são apenas alguns dos elementos que usam para criar relevo, para ser o mais próximo do real.

No caso desta casa, no meio do verde, não foi necessário criar parte do jardim. O universo encarregou-se disso. As cores vão mudando consoante a estação do ano, criando paisagens inesquecíveis. Por isso, o planeamento é tão importante. Um momento de contemplação do qual não abdicam. 

Madeira para sempre

Paredes  por mattch
mattch

CASA-KARAKARA

mattch

Desde sempre, embora a arquitetura exterior das habitações tenha simplificado, a madeira é um elemento chave nas construções japonesas, contrastando com o que se passa na Europa. Os ambientes noturnos são sempre sedutores e harmonizados, dada a luz artificial colocada de forma estratégica.

Entrar numa casa assim, praticamente despida de tudo, é entrar num mundo de simplicidade. A facilidade com que se limpa também deve ser tida em conta. É na madeira, nas carpetes do chão, no quadro que cai do teto que encontramos os elementos decorativos.

Luz em papel moderno

As tradicionais bolas de papel vão ganhando outros contornos. Em vez da iluminação nos típicos papéis, começam a surgir peças em louça, acrílico e cerâmica, sem quebrar o encanto. Um pequeno acessório que faz toda a diferença numa casa. 

Os candeeiros caem do teto, abrindo para um mundo de magia que começa do interior para o exterior da habitação. Chamam a atenção pelo espaço que ocupam e pela possibilidade de se destacarem no meio da grande janela em vidro.

Jardim para meditar

Jardins asiáticos por dirlenbach - garten mit stil
dirlenbach – garten mit stil

Buddha-Skulptur zwischen blühenden Rhododendren

dirlenbach - garten mit stil

Conseguirá um oriental viver sem meditação? É nesta busca interior que homens e mulheres encontram a harmonia que precisam para o dia a dia. No ocidente são também cada vez mais as pessoas que se dedicam ao yoga e meditação. Tenha um espaço onde este sentimento seja possível de viver. Que tal um espaço como este no seu jardim?

Pode ler-se na wikipedia que a chegada do budismo no Japão é, em última instância, uma consequência dos primeiros contactos entre a China e a Ásia central. Certo é que o budismo é uma forma pacífica de estar na vida. Uma filosofia de vida.

Jardim de bonsai

Bonsai é uma palavra japonesa que, quando traduzida literalmente, significa plantado em uma bandeja. Esta expressão artística tem como raízes uma prática chinesa de horticultura. A intenção é recriar, representando em miniatura, mas de forma realista, a natureza, na forma de uma árvores.

A beleza é que todas as árvores que conhece podem existir em tamanho pequeno. São árvores anãs que ficam bem em qualquer divisão da sua casa. Exigem certos cuidados, por isso antes de as levar para casa, certifique-se que conhece bem a espécie e a forma de a tratar.

Gosta de ideias simples? Partilhe as suas...
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!