Apartamento T3 Graça - Lisboa: Corredores e halls de entrada  por EU LISBOA

Como proceder à reparação de intercomunicadores?

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.
Loading admin actions …

intercomunicador faz parte dos dispositivos de segurança de qualidade e tornou-se bem mais do que uma simples campainha elétrica. Graças às suas várias vantagens, os intercomunicadores continuam a ser objetos de interesse por parte dos consumidores e impedem que desça as escadas ou mesmo que se desloque para abrir a porta do seu quintal ou entrada.

Se pensar em instalar um intercomunicador ou vídeo-porteiro, saiba que este dispositivo é totalmente capaz de responder às suas necessidades de conforto e segurança. De facto, existem atualmente diferentes modelos à venda no mercado. Cabe a si de escolher o mais adequado, mediante as suas necessidades e o seu orçamento. Os intercomunicadores são também conhecidos pela sua fácil instalação, manutenção, bem como reparação. 

Sugerimos que descubra neste artigo as dicas a seguir para arranjar o seu intercomunicador, caso não seja possível contratar um eletricista. Vamos a isso!

Como funciona um intercomunicador?

Hall de Entrada.Leiria.Minna Interiores: Corredores e halls de entrada  por Minna Interiores
Minna Interiores

Hall de Entrada.Leiria.Minna Interiores

Minna Interiores

Os intercomunicadores funcionam como campainhas elétricas, mas numa versão muito aperfeiçoada. 

O dispositivo existe em duas partes: 

  • o emissor que será colocado na entrada do prédio ou da sua casa. Quem quiser entrar em sua casa irá tocar à campainha elétrica.
  • o recetor que se encontra dentro da sua casa, onde poderá falar e/ou ver. 

Neste sentido um intercomunicador inclui dois circuitos. O primeiro será aquele da campainha e que lhe dará sinal de que alguém quer contactar consigo. O outro circuito é aquele que faz transmitir a sua voz. Se assim o pretender poderá proceder à abertura da porta. Finalmente, a abertura da porta é fornecida por um movimento elétrico conectado ao intercomunicador.

Como reparar um intercomunicador?

Com o tempo, o seu intercomunicador pode deteriorar-se. Mas a boa notícia é que o arranjo do dispositivo é rápido e fácil. Para começar, recomendamos que determine a origem do problema. Às vezes é apenas um problema de pilha ou de bateria que precisa de substituir. Se este não for o caso, sugerimos que dê uma vista de olhos ao transformador e substitua-o se necessário.

Para aqueles que tiverem um modelo antigo de intercomunicador, sugerimos que veja  todos os componentes. Outros itens podem estar danificados. Portanto, recomendamos que substitua os fusíveis, os microfones, o circuito de transmissão de voz ou a placa elétrica, etc. Para encontrar a fonte da falha, será melhor desmontar o dispositivo.

Se acha que não tem conhecimento suficiente do circuito elétrico, sugerimos que procure a ajuda de um profissional. Isso permite evitar o risco de danos e usufruir de um serviço de qualidade.

Cuidados a ter na instalação e reparação do intercomunicador?

Quando proceder à instalação ou reparação do intercomunicador deve: 

  • Antes de iniciar qualquer intervenção deve cortar a corrente elétrica, de modo a evitar curtos circuitos e choques elétricos.
  • Respeitar as normas de instalação elétrica.
  • Utilizar produtos e ferramentas em conformidade com as normas.
  • Nunca instalar o transformador num local húmido ou no exterior.

Quem deve contratar para reparar o intercomunicador?

Se depois de várias tentativas o problema do seu intercomunicador persistir ou não souber mesmo resolver a questão, terá mesmo de contratar um profissional competente. Recomendamos neste caso um eletricista especializado. Antes de se precipitar no primeiro contacto peça dois ou três orçamentos diferentes (saiba mais aqui). 

Não hesite em encontrar eletricista na nossa plataforma. Aceda ao separador profissionais e na coluna da esquerda filtre o profissional pretendido. Afunile a sua pesquisa introduzindo a sua área servida ou código postal. 

A importância da qualidade e que preços

O importante é optar por um intercomunicador que corresponda aos padrões de segurança das normas do nosso país e União Europeia. Dependendo do nível de segurança desejado, será escolhido um dos modelos de intercomunicadores.. As opções são mais que muitas no mercado, como um ecrã colorido, um ecrã táctil, um dispositivo móvel para maior conforto e facilidade de uso.

Finalmente, em termos de preço, poderá contar entre os 30 e 150 euros para um intercomunicador áudio, enquanto o intercomunicador de vídeo varia entre os 100 e os 500 euros, dependendo dos modelos e das marcas. Todos esses preços não incluem a instalação.

No caso dos intercomunicadores de prédios a escolha do modelo deverá ser analisada em reunião de condomínio, porque aí a decisão é de todos. Mas tente sempre defender a parte da segurança e qualidade a longo prazo, pois num prédio o uso é bem diferente de uma moradia privada.


Consulte os diferentes modelos de intercomunicadores no nosso artigo: Que intercomunicadores de prédio existem e como funcionam?

Como escolher o seu intercomunicador?

Mansão em V.N.Famalicão: Corredores e halls de entrada  por Atelier Kátia Koelho
Atelier Kátia Koelho

Mansão em V.N.Famalicão

Atelier Kátia Koelho

Tal como temos vindo a referir o intercomunicador é uma ferramenta de segurança e conforto. No entanto, modelos atuais oferecem várias opções, é necessário avaliar as suas necessidades e desejos para escolher o modelo que será mais adequado ao seu caso. 

Primeiro, deve escolher entre um modelo com ou sem fio.

O modelo com fio é geralmente escolhido como parte de um substituto de intercomunicadores, mas também quando a distância entre o portão e a casa é relativamente grande. Porém, esta solução é mais restritiva no momento da instalação, pois requer a criação de furos nas paredes para esconder o cabo, que também será conectado ao painel elétrico da casa.

Os modelos de intercomunicadores sem fio são mais fáceis de instalar, já que não é necessária conexão para esses dispositivos. No entanto, a distância entre o portão e o intercomunicador geralmente não deve ser superior a 100 m, para uma boa ligação entre os vários elementos. 

Nota: Para funcionar corretamente, não deve haver obstáculos ou fontes de interferência muito grandes para o sistema. Por outro lado, pode escolher um modelo sobressaído ou embutido à parede.

Alguns modelos são protegidos contra situações de vandalismo. Outros têm um ecrã que protege as adversidades climáticas.

Finalmente, o intercomunicador do lado do recetor pode ser fixo ou móvel, para poder mover-se enquanto comunica com o visitante.

Que alternativas existem?

Se estiver cansado dos problemas e avarias do seu intercomunicador poderá pensar em soluções alternativas, mas atenção estas não permitem a abertura remota:

  • Digicódigo: regula a entrada impedindo o acesso de pessoas não autorizadas ao prédio. A sua eficácia é limitada se o código não for alterado regularmente.  
  • O leitor de cartão: este dispositivo é mais seguro que o digicódigo, mas precisa de ter um cartão, o que não é prático para receber visitantes. Este pode ser combinado com um intercomunicador. 
  • Os vídeo-porteiros: como o nome indica, serve apenas para visualizar a entrada do visitante e não impedir a sua entrada.

Conselhos extra:

Casa da Susana: Corredores e halls de entrada  por Homestories
Homestories

Casa da Susana

Homestories
  1. Deve guardar sempre o manual de instruções do seu intercomunicador, porque o mau funcionamento do aparelho poderá advir de um problema de manuseamento. A verdade é que hoje em dia, os intercomunicadores são muito avançados e poderão ser difíceis de funcionar.
  2. Verifique regularmente se o intercomunicador está a funcionar bem, porque poderá ter visitas e nem ouvir o toque. Muitas vezes é assim que não ouvimos o carteiro e perdemos a entrega de uma encomenda ou de uma carta registada.
  3. Substitua o seu antigo intercomunicador ou campainha elétrica, por um modelo mais recente que lhe tratará uma maior segurança e descanso. 
  4. Veja se existe uma aplicação que se liga ao seu intercomunicador, para abrir a porta ou verificar quem está, sem se mexer do seu lugar.  
  5. Se quiser saber mais sobre segurança em casa, leia ainda este artigo: 5 coisas que deve fazer para evitar ladrões.
As nossas dicas ajudaram-no? 
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!