Projecto em português localizado no Gerês

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Na homify já lhe mostramos vários projectos de chalés de montanha. São casas confortáveis e aconchegantes, normalmente em madeira com interiores quentes e rústicos. Hoje, vamos mostrar-lhe um projecto desse estilo, mas em Portugal, designadamente na bela Serra do Gerês.

Quem ainda não conhece esta zona do país, então devia pensar nisso. O Gerês é a segunda maior elevação em Portugal Continental e o cume atinge os 1546. Há vários locais turísticos espalhados pela serra deste hotéis de luxo a parques de campismo. Também não faltam riachos com água cristalina ao lado dos quais é uma delícia fazer um piquenique. Nem Cristiano Ronaldo resistiu aos encantos do Gerês. O craque português tem lá uma enorme mansão de luxo projectada por Eduardo Souto Moura. 

Hoje, vamos conhecer um projecto numa escala mais pequena, mas nem por isso menos bonito. Pelo contrário. Este chalé de montanha, decorado pela LOFT, Porto, é o perfeito refúgio de férias e de fim-de-semana. Vamos vê-lo.

A beleza intemporal da madeira

Ao contemplarmos esta casa pitoresca, quase conseguimos imaginar as aventuras de Heidi e do seu avô em plena montanha suíça. Quando idealizamos uma casa de montanha, é inevitável não visualizar um edifício no qual a madeira é a protagonista. Neste caso, optou-se por caixilharia em branco que contrasta com a madeira escura das paredes. A nossa parte preferida é a entrada realçada pela cobertura e pela vedação que inclui o portão. Quem olha para o exterior não imagina o interior. Curioso?

Cozinha

A cozinha sobressai pelo uso expressivo do preto. Este tom escuro e misterioso traz modernidade a um espaço que, ainda assim, preserva os seus pormenores rústicos através da madeira. Os electrodomésticos e armários pretos são modernos e têm superfícies lisas fáceis de limpar. A cozinha integra uma mesa para quatro pessoas ladeada por cadeiras também elas pretas. O candeeiro suspenso é a cereja no topo do bolo, disseminando uma luz quente e convidativa.

Um quarto com uma disposição diferente

Neste quarto, a cama não foi colocada contra uma parede, mas sim a meio. Desta forma, deixou-se espaço para, na parte posterior da sua cabeceira, se colocar um sofá que compõe como que uma zona de estar dentro do quarto. Se tiver um quarto de dimensões generosas, esta é uma ideia interessante e original para pôr em prática. Ganha um dois em um e um quarto com configuração de página de revista. Sobre a paleta de fundo branca, apostou-se em ornamentos num verde vibrante. Em vez de mesas de cabeceira com candeeiros de mesa, suspenderam-se dois grandes candeeiros, um em cada lado da cama. Haja imaginação para quebrar a monotonia!

Uma cabeceira de cama original

Os quartos desta casa dão que falar. O último pela sua disposição inusitada, este pela forma como se resolveu destacar a cabeceira. Os designers de interiores da loft escolheram um stencil com um motivo natural e uma cor vívida que se destaca sobre o fundo verde escuro. Para que nada desviasse a atenção em relação a este pormenor decorativo, manteve-se a cama com têxteis brancos e simples. Repare ainda como, de um lado, se colocou um candeeiro de pé e, do outro, um candeeiro suspenso. Uma assimetria bem-vinda. 

Se precisa de ideias para criar uma cabeceira de cama original, então leia o nosso artigo – Cabeceiras de cama: cada cabeça, sua sentença.

A serenidade dos tons neutros

No terceiro e último quarto, o verde é inexistente. A paleta cromática privilegia os tons neutros e suaves que convidam ao descanso. Neste quarto, a cama tem uma cabeceira que se desdobra em dois volumes. No mais alto, um quadro com fotografias pessoais oferece identidade ao quarto. Também aqui se utilizaram candeeiros suspensos com abajures cilíndricos em vez dos convencionais candeeiros de mesa de cabeceira. A escada de um dos lados, para além de surgir enquanto elemento decorativo, serve para pendurar objectos pessoais. A luz natural entra abundantemente através da janela.

Agora que viu os três quartos, já sabe qual prefere?

Casa de banho

Uma coisa é certa: esta casa tem luz para dar e vender. Todas as divisões são bem iluminadas, até a casa de banho. Esta característica é sempre uma grande vantagem. Luz faz bem à casa, no sentido em que evitamos usar tantas vezes a luz artificial e, assim, poupamos dinheiro, e à mente. A casa de banho é simples, pintada em cores claras e a cabine de duche envidraçada faz-nos percepcioná-la como sendo maior do que o que realmente é.

Um espigueiro minhoto!

Não podíamos deixar de selecionar esta imagem com o espigueiro – também conhecido por canastro ou caniço – tão típico nas paisagens minhotos e que foi, claro está, mantido. Um espigueiro como este pode perfeitamente servir como casa de apoio à piscina.

Pessoas de sorte

Quem tem uma casa assim no meio do Gerês tem tudo. A frondosa paisagem verde, o bom tempo, o amplo deck com espreguiçadeiras e a piscina compõem o cenário perfeito para família e amigos se reunirem durante as longas e quentes tardes de Verão.

O que achou desta bonita casa na também muito bonita Serra do Gerês? De 0 a 10, damos 11! E você? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!