Saiba como a sua casa o pode ajudar a aprender uma nova língua!

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

A aprendizagem de uma nova língua não é propriamente algo de fácil, bem pelo contrário, só de pensar dá-nos uns certos suores frios, não é verdade? Quanto mais avançamos na idade mais difícil se torna, um verdadeiro quebra-cabeças, mas atenção não é impossível, com esforço e dedicação é possível lá chegar.

Não há dúvida que é em tenra idade que devemos estimular estas capacidades, numa fase em que o cérebro é uma autêntica esponja e consegue absorver bastantes conhecimentos. Aprender várias línguas, mesmo em criança é algo de fundamental, uma grande riqueza, para hoje e para o dia de amanhã. Numa fase adulta o esforço da aprendizagem de uma nova língua, surge, na maioria das vezes, por necessidade, ora por questões de trabalho, ora por emigração e até porque o companheiro é de outra origem, então por questões de respeito, de amor e de partilha com a outra família há a necessidade de aprender a respetiva língua. É claro que poderá estar a aprender uma nova língua apenas por prazer, por paixão àquela cultura ou àquele país. Mas independentemente da razão que o leva a dedicar-se na linguística estrangeira, sabemos que são necessárias estratégias para facilitar este processo de ensino-aprendizagem e a nossa própria casa pode estimular. E hoje brindamos-vos com todo um artigo, que partilha dicas que pode pôr em prática para se tornar um craque da sua nova língua. 

Français? English? Deutsch? Español? Pусский? Italiano?…  

O que interessa é a vontade que tem!

1- Cadernos pretos extravagantes, desenhos no quadro e não apenas na cozinha! Deixe a sua casa lembrar todos os seus progressos!

Livros, dicionários, cadernos… É claro que são importantes, mas serão itens motivadores para estimular a aprendizagem de uma nova língua? Precisa-se de estímulos, de algo atraente, de estratégias, muito baseado também no associativismo. 

Em vez de ter cadernos pretos, um pouco enfadonhos, porque não dar-lhe um aspeto mais atraente. Colar autocolantes, fotografias, frases… Um pouco na base de customizar. É sempre diferente trabalhar em algo que nos atrai visualmente, além do toque de personalização, que se liga mais a nós. 

Geralmente, o quadro dos recados encontra-se na cozinha, mas como está a aprender uma língua pode pensar em colocar vários em diferentes divisões de casa. Assim, sempre que passar vai recordando uma frase, uma palavra. Visualmente está sempre lá e com o tempo acaba por fixar mais facilmente. Outra dica que partilhamos consigo, é a de colocar post-it pela sua casa, de acordo com o nome de cada elemento, na língua que está a aprender. Haverá forma mais fácil de aprender do que daquela em que associamos a palavra à imagem?! É um exercício mental que resulta bastante bem, tem de experimentar!

2- Cada divisão terá um espaço com prateleiras com pequenos livros, sim mesmo a casa de banho!

Sabemos que as prateleiras são poderosas armas decorativas, preenchem um espaço vazio, dando à parede a oportunidade de ganhar vida. Por lá podem armazenar tudo aquilo que nós quisermos, mas hoje dizemos-lhe em segredo para guardar por lá um espaço, para terem os vossos livros ou cadernos de língua. Uma forma de os ter sempre à mão, independentemente da divisão, sim mesmo na casa de banho! Assim, pode aproveitar todo o tempo e minutos perdidos a aprender uma palavra nova ou uma regra gramatical. 

Já sabe a dedicação e o investimento de tempo quando se aprende uma língua é fundamental! Quanto maior prazer tiver nesta aprendizagem, melhor serão os resultados.

3- Uma ferramenta online é importante: manter o seu escritório arrumado, especialmente a zona do computador

Escritório  por Celia Crego

Poderá ter aulas particulares ou frequentar um curso, com um grupo de pessoas. Mas será também possível aprender uma língua via online. Existem tantas ferramentas pelo mundo da internet, que de certeza encontrará material escrito, pacotes de aulas ou ainda vídeos explicativos e interessantes. É claro que neste último caso, tem de haver uma maior motivação pessoal, uma vez que tudo é orientado por si, o que pode desmotivar por vezes.

No caso de ter aulas de língua, pode perfeitamente complementar a aprendizagem com o material online, ver vídeos, ver jornais daquele país, procurar mais sobre aquela cultura… Enfim, a internet é um excelente auxiliar, que deve tirar partido para desenvolver a língua. 

Ah e não se esqueça, o ambiente de trabalho, tem de estar atrativo, bem organizado e arrumado, de forma a incentivar-vos a trabalhar por lá. Espaço organizado = mente organizada e disposta a trabalhar. 

4- TV e rádio nas línguas nativas são essenciais: transforme o espaço da sua casa o mais confortável possível

Quando aprendemos uma língua não quererá dizer que deve passar o tempo enfiado a ler livros ou a escrever vezes sem conta o vocabulário. Pôr em prática e estar dentro da realidade é uma das grandes estratégias. Ouvir rádio ou ver televisão na língua que está a aprender ajudará sem sombra de dúvidas a desenvolver este lado linguístico. Lida com a fonética, pronúncia, cultura, ao mesmo tempo que emerge num banho de palavras e frases. É claro que não irá compreender tudo ou quase nada… mas a repetição, os subtítulos, a curiosidade de ir descobrir esta ou aquela palavra desenvolve bastante a linguística. 

Dê à sua casa a oportunidade de partilhar estes momentos consigo. Televisões e rádios ligados, e você no conforto do seu lar, mesmo deitado na sua cama, a absorver conhecimento. Opções de televisões discretas e design como estas são bem reais e possíveis  de ter, a Glassinnovation modernizou o conceito de televisão, podemos tê-las em toda a casa sem ninguém dar por ela! 

5- Escolher uma cor de relaxe, como o verde e elementos de design: vai ajudá-lo no seu processo de aprendizagem e sem stress!

Quarto Sonho | Depois: Quartos ecléticos por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Sonho | Depois

MUDA Home Design

Se falarmos em cor verde, falamos na esperança, a tal que queremos manter para aprender uma nova língua. Não vale desistir ou pensar que nunca se irá conseguir, basta acreditar… ter esperança! Então para estimular a nossa mente e levar o nosso subconsciente a acreditar, pode decorar a sua casa com a cor verde, já que é reconfortante e estimulante. 

O verde pode chegar de elementos decorativos, almofadas, tapete, cortinas, flores/plantas ou optar por pintar uma parede do quarto ou da sala, veja como ficou delicado neste quarto. Pode ainda, procurar elementos de design, através da arte ou de peças mais rebuscadas. Pequenos truques que favorecem o processo de aprendizagem de uma nova língua. 

6- Tenha uma sala cozy: para receber o seu parceiro de línguas

Ter um parceiro de línguas é uma grande estratégia, sabia disso? O objetivo consiste em encontrar uma pessoa, que queira partilhar consigo umas horas por semana, para falar a língua. Geralmente, funciona nos dois sentidos, a pessoa ajuda a falar consigo a língua que quer aprender, já que ele é fluente e você ensina-lhe a sua língua mãe. Trocas de conversas, sem recorrer a manuais, diferente de aulas particulares, esta partilha de conhecimento é mais focado na troca de conversas e de vocabulário corrente do dia-a-dia. Como tal e de modo, a ter um bom ambiente, mantenha a sua sala confortável, para que todos se sintam à vontade. 

Uma sala arrumada, bem organizada, com cores atraentes, um sofá confortável, um computador por perto para algumas dúvidas e claro uma deliciosa taça de café!

Agora desejamos-vos umas boas lições! :)

Está a aprender uma nova língua? E qual? Achou interessante as dicas apresentadas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!