Uma casa de campo fora do comum

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Como imagina uma casa de campo? Provavelmente, virá à sua mente a imagem de uma cabana de madeira de estilo rústico com telhado de duas águas, piso de argila, pequenas janelas ou paredes de pedra. Acertámos? Mas, nem todas são assim. Hoje, trazemos-lhe um novo conceito de casa de campo com uma abordagem que se diferencia pela modernidade.

O projecto deste livro de ideias é um perfeito refúgio campestre rodeado por áreas verdes com uma maravilhosa paisagem. Afinal de contas, casa de campo que se preze deve ter um cenário bonito que convide ao descanso e à contemplação. Porém, esta é um pouco diferente. O seu estilo é mais contemporâneo e a essência moderna. Como terá oportunidade de constatar, não se trata de um clássico chalé de campo. Vamos, então, conhecer este projecto especial criado pelo escritório brasileiro da profissional Isabela Caraan Arquitetos e Associados.

Entrada sinuosa

À primeira vista, esta casa encanta com a sua iluminação subtil e o mistério das sombras criadas pelas plantas a balançar. A moradia possui uma fachada branca e um jogo de volumes e aberturas que resulta num desenho diferente e fresco. Os volumes geométricos, assim como as silhuetas inesperadas, sobrepõem-se assimetricamente até se encontrarem com o jardim, criando sedutores caminhos que convidam a entrar.

A iluminação é sofisticada e elegante, tanto no interior, como no exterior, proporcionando à fachada uma luminosidade irresistível cheia de brilhos que surpreendem entre sombras.

Arquitectura de excelência

Ao rodear a casa, descobrimos que esta fachada lateral é igualmente impressionante. O jogo de formas é uma constante. Dividiram-se os volumes, alcançou-se uma geometria contrastante, planos inclinados, paredes curvas e superfícies altas. A cada ângulo, um novo aspecto, mas sempre surpreendente e magnífico!

Uma casa surpreendente

Ao chegarmos ao jardim traseiro da casa, encontramos mais áreas interessantes. A moradia abre-se sobre um amplo terraço semicircular que se conecta com o espaço interior de pé direito duplo. Este último projecta-se através de vertiginosas paredes de vidro e uma arquitectura deslumbrante. Através das generosas áreas envidraçadas, os moradores podem apreciar a vista para o exterior.

Janelas monumentais

Durante o dia, o edifício é ainda mais incrível, trazendo tudo o que a natureza pode oferecer aos interiores. A sala de pé direito duplo e as suas janelas, que vão desde o piso até ao tecto, permitem que o cenário natural de terra e do céu faça parte dos interiores e seja o protagonista da casa: esta é, sem dúvida, uma prerrogativa do estilo arquitectónico contemporâneo.

A paleta de cores quentes que percorre tons castanhos, cremes e alaranjados, oferece ao ambiente um toque de elegância, calma, tranquilidade e conforto. Destacamos, finalmente, o elemento vertical do centro que se trata de uma impressionante lareira virada para uma pequena área de estar e que serve de separador de ambientes entre a cozinha e o espaço de jantar.

Um interior aberto

Esta imagem mostra-nos um interior aberto, transparente, claro e muito confortável. A cozinha, sala de jantar e sala de estar partilham o mesmo espaço e desfrutam de uma altura vertiginosa e de muita luz. A planta superior também se faz clara e fluída sem paredes que dividam o espaço e que impeçam a excelente iluminação.

Os diversos ambientes do andar de cima não possuem portas, nem corredores. Pode-se, assim, dizer que os ambientes são coesos em termos estéticos e funcionais. Porém, se os proprietários assim o desejarem, podem fechar as cortinas brancas para usufruir de mais privacidade.

Vista de luxo!

E qual será a vantagem de não haver paredes e portas no piso superior? Desta forma, os moradores podem desfrutar da vista impressionante sobre a natureza que rodeia a casa sem qualquer obstáculo. É impossível ficar indiferente a estas belas paisagens e não tirar partido delas ao máximo.

Desta perspectiva, podemos apreciar o espaço com lareira na planta inferior e o amplo corredor que leva ao terraço semicircular e jardim. Em cima, o vão limita os ambientes e conduz-nos também a um terraço a partir do qual a única vista possível é a natureza circundante. As cores neutras, a madeira e o vidro provocam a sensação de ser um espaço único e integrado com as montanhas e o verde. Deste lado interior da casa, há pormenores rústicos como é o caso do tecto em madeira.

Ponto final

Terminamos este interessante passeio virtual com mais uma fotografia do interior: uma série de confortáveis luzes ténues e subtis transportam-nos para uma dimensão de paz onde as texturas suaves de madeira e de pedra, os reflexos do vidro e as sombras projectadas sobre cada superfície nos inundam de calma e de tranquilidade.

Não é o amoroso chalé de montanha, mas é impressionante. De que zona mais gostou?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!