Jardins de Inverno acolhedores e que se podem usar o ano todo! Jardins de Inverno acolhedores que se podem usar o ano todo!

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Jardins de Inverno acolhedores e que se podem usar o ano todo!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Bloom Marinha, Cascais: Jardins de Inverno  por DZINE & CO, Arquitectura e Design de Interiores
Loading admin actions …

O fim do Verão deixa sempre um sentimento de nostalgia no ar. Para muitas pessoas, significa o término das férias, do tempo sem tempo com os amigos e a família e o distanciar do reboliço das cidades e do stresse diário. Ao mesmo tempo, chega o Outono, a estação que nos impele a recomeçar, que, aos poucos, nos leva a tirar as mantas dos armários e a acrescentar ao guarda-roupa uma ou outra peça mais quentinha. Depois, vem o Inverno, mais ou menos austero, que nos traz a época natalícia que ilumina as cidades e as torna quase tão quentes como o mais quente dos Verões. 

Hoje, vimos falar-lhe sobre jardins de Inverno, um espaço para os mais privilegiados e que, apesar do nome, se for bem planeado, pode ser usado ao longo de todo o ano. Os jardins de Inverno surgem, por norma, anexados às casas, são fechados e usados com propósitos recreacionais durante a época mais fria. 

Se tem um espaço em casa que acha que se adequaria, na perfeição, a este fim, não o desaproveite. Lembre-se que, durante o Verão, também o pode usar. Se o fechar com portas de correr envidraçadas, por exemplo, basta abri-las e, assim, fica com uma área integrada com o exterior perfeita para usar durante as estações quentes. 

Parece-lhe bem? Vamos às imagens! 

Iniciamos o nosso livro de ideias com um jardim de Inverno extremamente bem equipado. O espaço aparece, como explicámos na introdução, anexado à casa e abre-se para o jardim através de uma generosa superfície envidraçada. Por estar totalmente fechado, permite que se organizem almoços e jantares com os amigos ao longo de todo o ano, podendo as janelas ser abertas quando os dias aquecerem.

O jardim da Inverno das imagens acima acomoda dois fornos a lenha, uma mesa de madeira para juntar toda a gente e ainda um recanto tipo lounge para conversar ou, tão-somente, relaxar. O ambiente conta, ainda, com carpetes que o segmentam e tornam mais acolhedor. 

Como vê, não é preciso muito para se criar uma área desta natureza. Garanta o conforto e a funcionalidade do ambiente com uma abordagem simples que vá ao encontro das suas necessidades. 

2. Luxuoso e sereno

Se a sua ideia não é acrescentar mais um espaço de refeições à casa, então este projecto é uma excelente inspiração para o que pretende. Trata-se de um jardim de Inverno que integra uma das 88 casas – T1 a T6 – que compõem um condomínio fechado de luxo em Cascais. 

O jardim caracteriza-se pela expressão minimalista, contando, apenas, com um conjunto de cadeiras confortáveis, com um design icónico, dispostas em torno de uma mesa de centro. A natureza surge no espaço por via da árvore que se ergue sobre uma cama de pedra. As paredes, com um ar propositadamente desgastado, contrastam com o calor e o conforto proporcionado pelo chão em madeira. 

A atmosfera é serena e remete-nos, de certa forma, aos jardins zen orientais.

3. Moderno e fresco

Identifica-se com o estilo moderno e cores claras? O nosso terceiro jardim de Inverno é para si. O espaço sobressai pelo ambiente arejado onde o branco prepondera, aparecendo apenas interrompido pelos apontamentos em madeira do tampo da bancada e das pernas dos bancos. O forno é embutido na parede e tem porta para evitar a propagação de odores. Em termos visuais, o facto de estar embutido torna o espaço mais clean. A bancada, com tampo tosco e lava-louça incorporado, serve como superfície de preparação de alimentos e de refeições informais. Ao lado, temos uma zona de estar e, adjacente às portas de correr, está uma mesa, também ela branca, onde se podem reunir mais pessoas. 

4. Minimalista

Os jardins de Inverno podem assumir uma vertente unicamente decorativa, isto é, não têm que ser necessariamente usados como zona de refeições ou de estar. Com cobertura envidraçada ou clarabóia, é possível criar um jardim de Inverno e/ou pátio interior com uma ou duas plantas/árvores a decorar e uma cama de pedra tal como o da imagem. Este jardim de Inverno, mais do que um espaço, é uma espécie de quadro tridimensional no todo que é a casa, para além de permitir uma agradável passagem de luz para o interior da mesma. 

5. É possível ter um jardim de Inverno num apartamento?

Jardim de inverno | Winter garden:   por FMO ARCHITECTURE
FMO ARCHITECTURE

Jardim de inverno | Winter garden

FMO ARCHITECTURE

É, pois! Possivelmente, a área não será tão ampla, o que não significa que não deva sequer ponderar incluí-la em sua casa. Uma varanda fechada – marquise – pode ser aproveitada como jardim de Inverno. No projecto acima, vemos como os arquitectos usaram o espaço para gerar uma agradável zona de estar com um sofá em L, lanternas no chão para tornar a atmosfera mais intimista e um suporte para revistas na parede. Consegue imaginar uma tarde de Inverno mais aprazível no que neste espaço a ouvir a chuva a bater nos vidros enquanto folheia a sua revista preferida? Nós não.

6. Não se esqueça das plantas!

Apartamento T2+1 | Alojamento Local: Jardins de Inverno  por João Boullosa
João Boullosa

Apartamento T2+1 | Alojamento Local

João Boullosa

Apartamento T2+1 | Alojamento Local: Jardins de Inverno  por João Boullosa
João Boullosa

Apartamento T2+1 | Alojamento Local

João Boullosa

Bom, tudo depende do estilo do seu jardim de Inverno, mas, regra geral, não costumam faltar plantas neste espaço. Pode escolher plantas variadas e frondosas ou, como já vimos nas imagens anteriores, abraçar uma estética mais minimalista. As plantas caem sempre bem, na medida em que emprestam cor e frescura ao espaço. Além do mais, são uma forma acessível de o decorar. Todos temos acesso a elas. Quando escolher as suas plantas, lembre-se de as colocar em vasos que lhes façam justiça. 


Recomendado:
- 10 jardins de Inverno: o jardim em sua casa

- Um decorador ajudá-lo-á a tornar o seu jardim de Inverno num espaço mais acolhedor.

De qual destes jardins de Inverno mais gostou? Deixe-nos o seu feedback!
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!