15 melhores flores que resistem ao sol para usar no paisagismo | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3644:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

15 melhores flores que resistem ao sol para usar no paisagismo

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Villa Oleander por Jardíssimo Moderno
Loading admin actions …

Sabia que Portugal tem à volta de 2500 horas de sol por ano? Isto significa que a maioria dos dias no nosso país são soalheiros, por vezes com sol intenso e temperaturas elevadas, sobretudo no verão! Claro que há anos excepcionais, mas em geral esta é a realidade do nosso país, e nós gostamos.

O sol melhora o humor e torna os nossos dias mais alegres, mesmo no meio do inverno, e molda o nosso carácter enquanto povo. Mas o sol também molda a nossa vegetação e os nossos recursos de água, e isso acaba por ser um entrave na hora de pensar o paisagismo!

Fazer as escolhas de plantas certas para o seu jardim vai facilitar a manutenção e diminuir o gasto de água, aumentando a probabilidade de sucesso, e isso implica escolher flores que resistam e prosperem sob uma forte exposição solar. 

Conhecimento é capital, e por isso hoje a homify traz-lhe outro artigo informativo onde pode encontrar algumas das melhores e mais resistentes flores para usar no paisagismo, suas características, necessidades, potencialidades e muito mais. Se quer ter um jardim bonito, fácil de manter, barato e, sobretudo, viável, não vai deixar de ler!

1 – Alfazema

Projecto implementado moradia em Loures Jardins modernos por CatarinaGDesigns Moderno
CatarinaGDesigns

Projecto implementado moradia em Loures

CatarinaGDesigns

A alfazema, ou lavanda, é a nossa primeira sugestão, e isso não é aleatório. Esta flor deve sempre fazer parte de um bom jardim mediterrânico! As suas flores, de uma linda cor arroxeada muito característica, e com um cheirinho que todos conhecemos, podem ser a estrela do seu jardim, enchendo a atmosfera de perfume nas noites de primavera e verão.

A alfazema é uma planta de fácil cultivo em canteiro ou em vaso e, sendo uma planta mediterrânica, resiste bem ao calor e ao sol directo, com rega moderada. Mas é sensível à geada e ao frio, pelo que deve ser plantada junto de algo mais volumoso que proteja a planta durante o inverno. Para esta finalidade serve um muro, uma árvore mais alta, ou uma qualquer estrutura de jardim.

Apesar de a alfazema ser normalmente fácil de cultivar, existem dois tipos mais difíceis de cultivar, o tipo Hidcote e o Munstead, que deve evitar se for um jardineiro pouco experiente.

2 – Iúca

Projecto implementado moradia em Loures Jardins modernos por CatarinaGDesigns Moderno
CatarinaGDesigns

Projecto implementado moradia em Loures

CatarinaGDesigns

A iúca mais cultivada em jardinagem é a Yucca guatemalensis. Esta é uma planta originária da Guatemala e do México. Tem um alto teor de água na sua constituição e por isso sobrevive em solos áridos ou semiáridos.

É uma planta arbustiva, com folhas alongadas e pontiagudas, que pode atingir até seis metros, e se for bem mantida dá uma floração muito bonita, em tons de branco e agrupada em varas. Vive e prospera sob o sol directo, mas tolera mal geadas, pelo que deve ser plantada num local onde isso não possa ocorrer, protegida. Precisa de pouca água, devendo as regas ser espaçadas, e o solo bem drenado.

A iúca é muito utilizada em projectos de paisagismo exterior ou interior, em maciços com outras plantas ou sozinha, no solo ou em vaso.

3 – Urze

Jardim de moradia em Penedono por APROplan Campestre Madeira Acabamento em madeira
APROplan

Jardim de moradia em Penedono

APROplan

A urze é uma velha conhecida das matas portuguesas, e até há pouco tempo era considerada como arbusto silvestre, sem interesse na área do paisagismo. Actualmente a concepção mais natural dos espaços ajardinados, a beleza desta planta e das suas flores, e a cada vez mais premente necessidade de poupança de água tornaram-na obrigatória nos nossos jardins.

A urze é autóctone do nosso país e de toda a Europa e é muito resistente. Mesmo muito! Ao contrário de outras plantas autóctones que são dizimadas pelos incêndios, a urze prospera porque a sua parte subterrânea, após o fogo, regenera a parte aérea.

Por florir no outono, a urze é a planta perfeita para dar cor ao jardim quando todo o resto já acabou a floração. Pode ser plantada por estaca, beneficiando do sol directo, mas precisa de um solo drenado mas com alguma humidade. 

4 – Gerânio

por homify

Se calhar nunca ouviu falar de gerânios, mas quase de certeza já ouviu falar de sardinheiras. Estas plantas com um aroma muito particular, que se desprende mais das folhas do que das flores, são um clássico da jardinagem tradicional em Portugal, e era quase obrigatória nas escadas e janelas das localidade portuguesas.

Os gerânios são fáceis de cultivar sob o sol directo, e efectivamente precisam dele pelo menos durante cinco a seis horas por dia. Precisam de alguma água, mas não de solo encharcado que os pode deixar doentes.

5 – Cactos e suculentas

Há uma grande variedade de cactos e suculentas que pode plantar no seu jardim, acrescentando muita beleza e resistência ao conjunto plantado. Os cactos e suculentas têm necessidades um pouco diferentes em função da espécie mas normalmente partilham as características de resistirem ao sol directo, forte e quente, e à pouca rega.

6 – Agave

Renovação de Fachadas / Reparação de Fendas Casas rústicas por RenoBuild Algarve Rústico
RenoBuild Algarve

Renovação de Fachadas / Reparação de Fendas

RenoBuild Algarve

O agave é muito conhecido nos nossos jardins, em especial no sul do país. Existem muitas variedades, mas todas adoram o sol directo, desenvolvendo-se melhor no exterior e em zonas sem sombras. 

O agave deve ser regado com alguma regularidade, evitando solos molhados por muito tempo. As suas plantas carnudas são grandes e podem atingir vários metros de diâmetro e reproduzem-se com facilidade, pelo que as pequenas plantas devem ser removidas com regularidade.

7 – Buganvília

Pintura: Madeira, Fachadas e exteriores Casas rústicas por RenoBuild Algarve Rústico
RenoBuild Algarve

Pintura: Madeira, Fachadas e exteriores

RenoBuild Algarve

Quem não conhece esta trepadeira que enfeita tantas e tantas casas, em especial no Algarve?

A buganvília tem uma característica interessante: – as suas flores são pequenas e brancas, e o efeito colorido que tão bem conhecemos é criado por brácteas, folhas modificadas e coloridas que rodeiam a flor e chamam a atenção dos insectos para ela.

Esta planta adora muito sol e calor, razão pela qual é tão vista nos jardins mediterrânicos. Há duas espécies, uma mais utilizada no interior, e a que vemos na imagem, mais usada no exterior pela dificuldade em domá-la. Ambas as espécies pegam facilmente e precisam de pouca água.

8 – Bananeira de jardim

Pintura: Fachadas e exteriores Casas mediterrânicas por RenoBuild Algarve Mediterrânico
RenoBuild Algarve

Pintura: Fachadas e exteriores

RenoBuild Algarve

A bananeira de jardim atinge dois a três metros de altura e apresenta folhagem e flores ornamentais, mas não dá bananas!

Adora calor e muito sol, mas precisa de bastante água e um terreno bem fértil, sendo também sensível ao frio, sobretudo à geada. 

Esta é uma planta perfeita para quem quer dar um toque exótico ao seu jardim.

9 – Cica

Jardim Contemporâneo com Áreas Espaçosas por Jardíssimo Moderno
Jardíssimo

Jardim Contemporâneo com Áreas Espaçosas

Jardíssimo

A pequena palmeira que vê nesta imagem não é uma palmeira, é uma cica. 

Esta planta, originária da Índia, é muito utilizada em vasos, mas também em solo directo, e resiste a tudo! Adora o sol directo e sobrevive com muito pouca água. O seu crescimento é muito lento, pelo que as mudas jovens vão durar muito tempo em vaso.

10 – Dasalírio

Um nome estranho para uma planta exótica, mas muito decorativa e resistente: - dasalírio! 

A planta que vê à esquerda no vaso cúbico é um dasalírio. O dasalírio é originário do México, de zonas desérticas, pelo que é muito resistente ao calor, ao frio e à seca, prosperando sob sol directo. Tem folhas longas com arestas serrilhadas e extremidades pontiagudas, que podem tornar-se perigosas em locais de passagem, sobretudo com crianças.

11 – Dracena

Originária das Ilhas Canárias, a Dracena é um arbusto com folhas longas e pontiagudas, por vezes também chamado erroneamente de piteira. Cresce lentamente em solos pobres e com pouca água, mas as plantas jovens resistem mal ao frio, pelo que precisam de ser protegidas. Quando adultas, as plantas transformam-se em árvores grandes.

12 – Piteira

Jardim Contemporâneo com Áreas Espaçosas por Jardíssimo Moderno
Jardíssimo

Jardim Contemporâneo com Áreas Espaçosas

Jardíssimo

A piteira vem do Brasil, de zonas temperadas e quentes, sendo sensível ao frio. As suas folhas dispõem-se em roseta e atingem até dois metros de altura. Precisa de sol directo, resiste a temperaturas elevadas e requer alguma água, mas não demasiada.

13 – Alecrim

Pormenor de pavimento em esteios de granito Jardins campestres por APROplan Campestre Pedra
APROplan

Pormenor de pavimento em esteios de granito

APROplan

Alecrim, alecrim aos molhos! 

Arbusto de jardim e planta aromática, atrai abelhas, tempera a comida e prolifera nos nossos terrenos de forma natural, é o alecrim. As suas flores são normalmente arroxeadas, mas também há brancas, rosa ou azuladas, e a planta pode atingir um metro e meio. Precisa de muita luz e tem poucas necessidades de cuidado e regas quando adulta, mas as plantas jovens precisam de regas frequentes, ficando bem em vasos.

14 – Aloendro

Private Interior Design Project - Quinta do Lago por Simple Taste Interiors Clássico
Simple Taste Interiors

Private Interior Design Project – Quinta do Lago

Simple Taste Interiors

O aloendro, também conhecido como oleandro, é outra planta bem familiar dos jardins ao sul do país. Tem bonitas flores rosa, vermelhas ou brancas e folhas em forma de ponta de lança. Aguenta muito calor, precisa de pouca água, resiste a temperaturas mais baixas, e é uma planta extremamente decorativa sozinha, ou a fazer sebe. Mas é muitíssimo venenosa e não deve ser plantada em jardins com crianças. Se já existir, assegure-se que utiliza luvas no seu tratamento, e que instala protecções para evitar as tão costumeiras colheitas de flores e folhas por parte dos mais pequenos. MUITO CUIDADO!

15 – Hera

Renovação de Fachadas Casas campestres por RenoBuild Algarve Campestre
RenoBuild Algarve

Renovação de Fachadas

RenoBuild Algarve

Por último falamos-lhe da tão conhecida hera. Esta planta trepadeira é extremamente resistente ao sol e a variações de temperatura, crescendo e multiplicando-se muito rapidamente. Deve ser cuidada para que não invada áreas indesejadas pois rapidamente se pode transformar numa praga. 

Quer ter um jardim florido, bonito e distinto? Veja este artigo: ’As flores que vão fazer a diferença no seu jardim’.

16. Flores que resistem ao sol

Casa em S. Pedro do Estoril Piscinas modernas por Ricardo Moreno Arquitectos Moderno
Ricardo Moreno Arquitectos

Casa em S. Pedro do Estoril

Ricardo Moreno Arquitectos

Já aqui mencionámos quais as plantas que resistem ao sol bem como as flores resistentes ao calor e nada melhor que contemplá-las se puder usufruir de uma piscina no mesmo jardim. Fale com um arquiteto profissional para o ajudar a ter o seu jardim de sonho!

Qual destas plantas já tem no seu jardim?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!