Paredes  por EPG-Arquitécnico

Uma casa de outra galáxia

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A casa Nacarino-Pozo possui uma fachada principal o mais aberta possível que tenta compensar as outras mais fechadas. Desde a rua, a partir da qual se acede ao interior, podemos contemplar como existem apenas duas janelas na parede. Como se iluminam afinal as várias divisões? O segredo encontra-se dentro de casa e trata-se de um pequeno pátio em torno do qual toda a casa se desenvolve. Esta decisão permitiu salvaguardar a privacidade dos proprietários, não expondo o interior a olhares curiosos.

Viajamos até à Extremadura para conhecer esta moderna vivenda familiar construída pelo estúdio EPG-Arquitectónico num ambiente rural. Através de seguinte selecção de fotografias vamos mostrar os segredos do design interior da residência.

Desde o exterior

Nesta imagem é possível ver como a casa difere em estilo das casas vizinhas. Estas são mais tradicionais, com coberturas de telha e fachadas irregulares ou ornamentadas. Ao contrário, a casa Nacarino-Pozo é moderna, mas cumpre os requisitos estéticos da região, ajustando inclusivamente as suas cores à paisagem. Ainda assim, a sua marcada composição geométrica não passa despercebida: a casa conta com dois pisos e, contra todos os prognósticos, é ampla e luminosa no seu interior.

O pátio

Como indicamos na introdução, a casa conta com um pátio interior, em torno do qual se desenvolvem as distintas divisões. Este espaço privado permite que a casa possa respirar e iluminar-se de forma natural. Além disso, as suas actividades podem estender-se para lá dos limites tradicionais, oferecendo a este pátio a condição de divisão, embora de funções limitadas e diferentes. Ao fundo, encontramos a cozinha, na qual se mantém uma relação visual constante com este elemento central.

Moderna e original

Seguindo os critérios estéticos que apreciávamos no exterior, o desenho da cozinha é moderno e simples. Desenvolve-se através de uma única peça horizontal apoiada sobre a parede, na qual se incluem todos os elementos: frigorifico, fogão, superfície de trabalho e zona de arrumos. O resto do espaço fica libertado para outros usos, como por exemplo a zona de refeições. O que aqui chama à atenção é a parede frontal que a partir do seu acabamento oferece um interessante jogo de texturas ao ambiente.

Sala de estar

A sala de estar está localizada no piso térreo, tal como os restantes espaços de carácter público. Na hora de desenhar os interiores, prestou-se especial atenção ao ambientes que devem ser de qualidade, amplos, funcionais e mobilados com o menor número de peças possível. Acima de tudo pede-se fluidez e conforto. Neste caso, a sala de estar, ganha muito com a forma como foi estudada a sua distribuição e com uma paleta de cores reduzida, em tons de amarelos, ocres e dourados.

Uma magnífica escada

Uma das peças mais interessantes da casa é a sua fabulosa escadaria. Revestida em mármore escuro, conduz-nos às divisões situadas no piso superior. Devido à forma como está construída – aproveitando a dupla altura - oferece-nos uma zona aberta a partir da qual ambos os pisos se relacionam visualmente.

Candeeiro original

Para enfatizar a presença da dupla altura foi incluído, no espaço aberto da escada, um candeeiro suspenso no tecto. Construído em desenho clássico, possui um aspecto delicado e elegante, como se a sua luz se formasse a partir de pequenas lágrimas brilhantes.

Espaço privado

Nos espaço mais privados, como as casas de banho, podemos ver como os materiais e revestimentos são mais quentes, tentando criar um clima mais familiar e acolhedor. A madeira, por exemplo, é o material em destaque na peça em que se apoiam os lavatórios. 

O que achou desta casa moderna? Qual a sua opinião sobre a utilidade do pátio interior? Deixe-nos os seus comentários.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!