Planear uma casa inteligente

LuciPais – homify LuciPais – homify
Google+
Loading admin actions …

Há no mercado várias soluções energéticas que permitem poupar milhares de euros. No entanto, face aos custos, no investimento inicial, nem todos têm condições financeiras para o fazer. Apesar disso, pode começar por fazer pequenos ajustes. Domótica é uma palavra que já se tornou comum. 

Na maioria dos lares portugueses, e mundiais, claro está, acede-se à Internet. Perante esta realidade, muito pouco fazemos para tornar a casa o mais inteligente possível. Continuamos a comprar televisões que se ligam ao fabuloso mundo digital. E quantas pessoas tiram partido deste feito? Muito poucas, certamente…

Uma casa inteligente, mais conhecida por smart home, aumenta a segurança, poupa tempo e dinheiro, ao mesmo tempo que há ganhos consideráveis nas contas energéticas. 

Resumindo: facilita à vida! Ainda tem dúvidas? Entre connosco no maravilhoso mundo das casas inteligente.

Vantagens de uma casa inteligente

O que numa fase inicial poderá ser um grande investimento, poderá revelar-se, rapidamente, numa aposta ganha. Usar de forma equilibrada, pensada e partilhada diferentes áreas da casa, é sinónimo de poupança, ainda que face aos custos ainda não seja para qualquer bolso.

Além de ser agradável, tendo em conta as mil e uma possibilidades da internet, poderá aventurar-se a ter dispositivos ligados uns aos outros. Por vezes, basta carregar num botão para que as suas ordens se cumpram mesmo estando a vários, ou mesmo milhares, quilómetros de distância.

Que expetativas

VILAMOURA . INTERDESIGN: Piscina  por Interdesign Interiores
Interdesign Interiores

VILAMOURA . INTERDESIGN

Interdesign Interiores

Uma casa inteligente deverá juntar soluções económicas, conforto e segurança. Não dispense nenhum destes critérios se a sua intenção é construir ou ter uma smart home. Numa habitação destas, os aparelhos encontram-se ligados, optimizando o funcionamento. 

As expetativas só podem ser elevadas, quando sabemos, por provas de mercado, que os adeptos deste estilo de vida aumentam de dia para dia. O que hoje parece ser ainda uma miragem, é o dia a dia de amanhã. Comece por coisa simples, quando der por si, a sua casa está mais inteligente do que alguma vez poderia ter pensado. Depois sente-se a apreciar este belo exemplo de casa dos portugueses Interdesign Interiores.

Integrar casa inteligente numa antiga

Vista da sala de estar (mezzanine) para o pátio: Salas de estar rústicas por Casa do Páteo
Casa do Páteo

Vista da sala de estar (mezzanine) para o pátio

Casa do Páteo

Há pequenas soluções que pode introduzir com a facilidade na sua casa, embora seja antiga. Comece por pequenas ideias, como introduzir eletrodomésticos que se ligam entre si ou colocar sensores um pouco por toda a área. Invista em pequenos pormenores, que poderão ser a chave para a poupança.

Uma casa antiga pode, assim, ser um grande exemplo de casa inteligente, basta que num momento de recuperação opte por materiais mais amigos do ambiente e que se ligam entre si, proporcionando qualidade vida a quem nela habita.

Integrar casa inteligente numa habitação nova

Soalho de Riga Nova: Sala de estar  por A.Barbosa
A.Barbosa

Soalho de Riga Nova

A.Barbosa

O ferro de engomar ficou, mais uma vez, ligado. E agora? Se é uma das pessoas que se encaixa neste perfil, não desanime. Os seus dias de preocupação já eram. Há um mordomo, ainda que seja invisível aos seus olhos, a fazer coisas fantásticas coisas fantásticas.

Continue sossegado no seu local de trabalho! Para tal, apenas tem de tocar nas teclas do seu computador ou telemóvel e dar ordem para que a ficha A ou B se desligue. Você ordena ao Centro e o Centro manda executar as ordens.

Orçamento

A primeira casa inteligente construída em Portugal, há quase seis anos, encontra-se em vale Marvão. Foi posta à venda por 4,5 milhões de euros. Uma casa na qual a domótica é rainha, dado que permite a gestão entre conforto, comunicação e segurança. 

A casa tem um sistema de painéis solares que ajuda no aquecimento da água, tem um mini aerogerador (turbina eólica) que produz energia eléctrica, uma ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) e um circuito que aproveita a água da chuva. Já passaram seis anos, as novidades do mercado cresceram exponencialmente, mas quando este casa foi construída fez correr muita tinta nos meios de comunicação.

Pequenas soluções para iniciantes

SHOWROOM LOVE TILES Lisboa 2013: Cozinhas embutidas  por Catarina Batista Studio
Catarina Batista Studio

SHOWROOM LOVE TILES Lisboa 2013

Catarina Batista Studio

Pode começar por aplicar sensores fotossensível, que apenas funcionam através de ordens. Outra possibilidade para quem tem ar condicionado. Este pode suspender o funcionamento quando se abre uma janela, para, como é evidente, poupar no consumo. 

Pode também aplicar sensores que alertam para perigos na rede de aparelhos elétricos ou se houver fugas de gás, na sua cozinha. Fique também a saber que toalheiros de casa de banho que começam a funcionar quando se abre a torneira do duche ou o despertador tocar. Há novidades no mercado para todos os gostos e… bolsos.

Tem soluções inteligentes em sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!