Dicas para novos moradores!

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

A homify é uma plataforma que partilha com os seus leitores o melhor da decoração de interior, as mais bonitas arquiteturas, os mais atrativos produtos e os mais famosos profissionais. É aqui que pode encontrar milhares de inspirações, atualizadas diariamente… É um espaço para si, a pensar nas suas necessidades e no bem-estar do seu próprio lar. Afinal é neste recanto do mundo que nos sentimos realmente bem, como tal é nele que devemos apostar.

Através do artigo de hoje trouxemos como um guia, no qual salientamos vários pontos que deve considerar – três coisas que deve fazer e três que não convém fazer. Se quiser espreitar do que estamos a falar, é só continuar a ler-nos e a descobrir mais um capítulo das nossas aventuras!  Ficou curioso? Então siga e inspire-se!!

Faça – manter uma boa relação com os vizinhos

vista de uma das ruas pedestres entre blocos:   por FORA - Fagulha Oliveira Ruivo
FORA – Fagulha Oliveira Ruivo

vista de uma das ruas pedestres entre blocos

FORA - Fagulha Oliveira Ruivo

Quem vive em apartamentos ou em casas geminadas tem inevitavelmente vizinhos por perto. Nas laterais (direita e/ou esquerda) e também nos andares de cima e/ou debaixo. No caso de moradias há (geralmente) um jardim que separa. Ter vizinhos traz principalmente vantagens, a única desvantagem que vemos poderá ser o facto de existir ruído, que se ouve por vezes, que não é feito por mal (pelo menos acreditamos que não). 

Ter vizinhos, é ter amigos. Ter vizinhos é dizer bom dia!. Ter vizinhos é sorrir ou acenar. Ter vizinhos é falar de coisas banais. Ter vizinhos é falar sobre o ambiente. Ter vizinhos é ter alguém com quem contar. Ter vizinhos é pedir um favor. Ter vizinhos é retribuir o favor. Ter vizinhos é sentir-se seguro. Ter vizinhos é coisa que faz parte da vida. É fundamental manter uma boa relação com os nossos vizinhos, por mais simples ou cortês que seja o contacto. Afinal é com estas pessoas que vivemos lado a lado, como tal para um bom ambiente, para estarmos bem onde vivemos e por boa convivência, não há nada melhor do que dizer então vizinho 'tá bom?!

Faça – desfrutar da sua casa e convidar a família e amigos

O que era feita da nossa vida, sem a presença da nossa família e amigos (a tal família que se escolheu), hum?! Não haveria muito sentido, seria uma vida demasiada solitária, sem comunicação e sem aquele sentimento mais importante – o amor. A vida é uma e temos de desfrutá-la ao máximo, partilhar momentos fantásticos com quem mais amamos.

Há o trabalho, mas depois disso há vida… devemos desfrutar da nossa casa (todas as divisões), seja a tomar um banho relaxante, a dormir na nossa cama ou a ver um filme no sofá para desanuviar. Depois há aqueles momentos, como no fim-de-semana, em que convidamos a família e os amigos, para uma jantarada, um churrasco ou um café à tarde… o que conta é estar com eles, gozar a presença deles, dar boas gargalhadas à volta de um prato fantástico, numa noite estrelada. 

Viver é isto, feito de coisas simples, mas com profunda intensidade.

Faça – fazer as coisas que se pode arrepender

Já diz o ditado não deixes para amanhã o que podes fazer hoje… Por isso, vamos lá aproveitar as pequenas e boas coisas da vida. Um passeio à beira mar, uma viagem que ficou por fazer, uma escapadela prometida há tanto tempo, um jantar com os amigos num sítio fixe, ir ver um familiar no hospital, dizer a quem amamos amo-te… A vida não pode ser baseada em arrependimentos do que não fizemos e que se poderia ter feito… se…

Não deixamos pôr o se, no meio da conversa e vamos sim curtir a vida! Fica a dica de uma noite fantástica, neste hotel maravilhoso no Porto.

Não faça – usar muitas cores

Private Interior Design Project - Vilamoura: Quarto  por Simple Taste Interiors
Simple Taste Interiors

Private Interior Design Project – Vilamoura

Simple Taste Interiors

Depois das dicas homify, para aquilo que deve fazer, seguem estas três inspirações em que recomendamos não fazer. Primeiro dizemos-lhe para ter algum cuidado no momento de escolher o tema de cores para a sua casa, devemos-nos cingir a um leque de cores que se interligam entre elas, para começar e depois não escolher demasiados tons diferentes. Não queremos uma casa como um arco-íris, queremos sim coerência e bom gosto. 

Então prefira entre duas a quatro cores diferentes, não mais do que isso, é um pouco igual ao nosso vestuário, funciona da mesma maneira. Pode sim, usar branco, marfim, bege e mais umas cores, porque estas apesar de serem diferentes, seguem o mesmo tom. É como dentro da paleta cromática de azuis, temos vários tons, podemos usar vários e mais umas cores. É uma questão de testarem e simularem as várias conjugações.Tenham como exemplo, este quarto decorado pela Simple Taste Interiors, os designers de interior usaram vários tons claros e procuraram a cor mais forte através do coral. 

As cores neutras tal como o branco, preto e cinzento são sempre bem-vindas na escolha de uma paleta cromática para uma decoração, pois ajudam a equilibrar e a interligar as outras cores, sejam vibrantes ou escuras. 

Não faça – confiar em móveis baratos

Sala de estar  por homify
homify

Royal by Jetclass

homify

Nunca ouviu dizer o que é barato sai caro? Então nós dizemos-lhe. Tenha este critério em atenção quando pensar em mobilar a sua casa. Há móveis que não compensam (mesmo) comprar barato, irão estragar-se, não terão segurança, estabilidade como um bom móvel, que ficou mais caro, mas que tem de facto outra qualidade. É um detalhe que se vê ao longe, assim que entramos numa casa. Os móveis de qualidade têm outra robustez, outro brilho. 

E porquê investir em móveis mais caros invés dos baratos? A resposta é simples, a nossa casa é o nosso bem mais precioso, é onde vivemos diariamente, onde usamos e desfrutamos de tudo o que por lá há, por isso é mais do que merecido, algo que tenha outra classe e qualidade. Além de que, móveis bons são móveis para a vida. Há marcas portuguesas, como a desta imagem, que têm peças notórias e de extrema qualidade, além do benefício de promovermos o que é nosso!

Não faça – usar sempre a mesma decoração

Como remate final dizemoa-lhe para não usar toda uma vida a mesma decoração. Se os móveis podem permanecer os mesmos, a decoração, esta pode/deve variar, de acordo com os vossos gostos, estações, vontades/desejos. Não há nada melhor para nos sentirmos bem em casa do que uma lufada de ar fresco! Dá nos força e vida. É mudar de casa, sem mudar, topam?!

Se quiserem, podem espreitar os produtos de decoração que existem pela homify, para se inspirarem e trocarem a decoração lá de casa!

Então o que faz e o que não faz? Conte-nos tudo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!