Uma casa vanguardista em Castelar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Hoje, temos para mostrar uma proposta do estúdio Carbone Fernandez Arquitectos para uma vivenda suburbana em Castelar, província de Buenos Aires.

A casa responde às necessidades do cliente com um projecto arquitectónico compacto que se desenvolve em dois pisos, numa superfície total de 280 metros quadrados.

O projecto começou em 2012 e seguiu uma estética contemporânea que se define a partir do uso da cor, da madeira e da pedra natural. Este materiais são um recurso presente e que se repete nas mais variadas obras deste estúdio. A casa acomoda no piso térreo as áreas sociais, reservando o piso superior para as áreas mais intimas.

O estúdio conta com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento de projectos residenciais, culturais e comerciais. As suas propostas definem-se como sendo uma arquitectura de vanguarda que resolve os desafios e problemáticas sociais vigentes.

Vamos conhecer os diferentes ambientes desta vivenda que se construiu a partir de um conceito 100% contemporâneo.

Pedra e madeira como elementos de referência

A fachada principal da vivenda é criada a partir de uma composição assimétrica que responde à sua funcionalidade interior. O ingresso pedonal é feito por uma pequena varanda que foi revestida com laje e pedra natural, a mesma que se utiliza também – de forma mais subtil – nos pilares que sustentam as grades de ferro negro e reforçam o carácter moderno da casa.

Entrada

A imagem que publicamos mostra um detalhe de como os arquitectos criaram a entrada principal da casa. A solução utilizada foi o revestimento em pedra natural, complementando-o com uma localização bem estudada e uma escolha criteriosa de plantas para a fachada principal. Por sua vez, as paredes exteriores têm um acabamento texturado num tom neutro que combina na perfeição com a pedra.

Sala

Num amplo ambiente foram colocados a sala de estar e de jantar. Também aqui se recorreu à pedra natural como material de referencia. O design de interiores da casa caracteriza-se pela utilização de mobiliário simples e branco que se apresenta decorado com acessórios coloridos.

Uma cozinha de última geração

O espaço destinado à cozinha é muito amplo e confortável, respondendo na perfeição aos pedidos e necessidades dos moradores. O espaço de trabalho organiza-se a partir de uma tipologia linear, complementada com uma ilha central que acomoda um balcão para três pessoas e uma zona de confecção de alimentos com respectivo extractor.

As bancadas são em quartzo branco – hoje em dia é uma tendência – e combinam com os bancos e toda a caixa arquitectónica da área. As portas dos armários são translúcidas e os acessórios em aço inoxidável. Para o revestimento do piso optou-se por uma tijoleira em branco brilhante que oferece mais luminosidade ao ambiente.

A diferença entre esta vivenda e outras propostas residenciais similares existentes é que, neste caso, foram projectadas portas 0,80 metros mais largas, de forma a proporcionar uma circulação mais cómoda entre os diversos ambientes.

Casa de banho muito elegante

Na construção desta casa foi aproveitado um espaço pequeno e sem utilização para criar uma casa de banho de serviço plena de estilo. Este ambiente fica marcado pela utilização da madeira como revestimento da parede – que deve ser tratada previamente para que possa resistir aos efeitos nocivos da água – e do vidro fundido na criação da cuba. O cenário fica completo com um espelho horizontal que tem a mesma largura da parede. A luz apresenta-se como protagonista e destaca a textura da madeira e o desenho da autêntica obra de arte que é a cuba do lavatório.

Uma escada sofisticada e moderna

Próxima da entrada encontra-se a escada que foi projectada com um desenho extremamente cuidado e preciso. Este elemento é criado a partir de uma estrutura de cimento independente que foi revestida a madeira. O desenho fica completo com as guardas de vidro temperado que acompanham os degraus. Este material é um recurso muito prático e que, sem descuidar a segurança dos moradores, não interrompe as vista para o piso superior nem sobrecarrega o design de interiores da casa. Assim, a escada, além do seu papel funcional de comunicação vertical, torna-se num elemento protagonista do espaço e que orienta toda a decoração interior à sua volta.

O que achou da casa que lhe mostramos? Mudaria alguma coisa se a casa fosse sua? Deixe-nos as suas ideias nos comentários.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!