Parede de pladur: todas as informações, vantagens e desvantagens! | homify | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3566:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Parede de pladur: todas as informações, vantagens e desvantagens!

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
2 habitações geminadas Salas de estar minimalistas por Emprofeira - empresa de projectos da Feira, Lda. Minimalista
Loading admin actions …

A tecnologia do pladur veio revolucionar a área da construção civil, da decoração e do design de interiores permitindo a construção de paredes, tectos e móveis com uma rapidez nunca antes vista e com formatos tão personalizados quanto as pessoas que os desejam. Mas será que sabe mesmo o que é este material? De que é feito? Que aplicações tem, ou como é aplicado? Já percebeu os inúmeros tipos de pladur existentes no mercado ou como o material ganhou este nome?

A verdade é que já todos ouvimos falar de pladur, mas raramente nos questionámos sobre ele e muitas vezes nem conhecemos as vantagens da sua utilização. Pois bem, a homify está aqui para colmatar essa falha! 

Hoje falamos sobre paredes de pladur e abordamos com algum detalhe todos as características deste material de construção. Não perca!

O que é o Pladur?

A palavra pladur é quase unanimemente usada na Península Ibérica para designar as conhecidas placas de gesso cartonado, mas na realidade esse é o nome da marca espanhola que primeiro as comercializou e produziu, um pouco à semelhança das famosas lâminas de barbear que até hoje se designam pelo nome da marca. No entanto também há quem lhes chame drywall, gesso laminado ou gesso cartonado, e estão a referir-se exactamente ao mesmo material.

Este material absolutamente inovador é composto sobretudo por sulfato de cálcio hidratado, ou seja, gesso, coberto por uma película de celulose de papel. Muitas vezes são adicionados outros componentes à estrutura das placas para reforçar ou melhorar determinada características, como por exemplo fibras de vidro ou de celulose. Foi inventado nos Estados Unidos em 1894 e desde aí a tecnologia do material tem evoluído, à época evoluiu muito mais rapidamente, sendo que em menos de uma década adequiriu a forma que tão bem conhecemos.

O pladur normalmente vem em lâminas com uma espessura reduzida e bastante leves, mas com propriedade de resistência muito apreciáveis, o que lhe confere uma versatilidade única, muito apreciada na construção.

Que tipos de Pladur existem?

Os tipos de pladur existentes têm directamente a ver com os seus aditivos, a sua resistência e a sua espessura.

Normalmente existem cerca de cinco tipos de pladur, com características e preços diferentes:

- Placas N, ou standard – são as placas mais comuns, constituídas por gesso de alta qualidade de cor branca, e celulose cinzento-clara ou branca. Este material é aquele mais utilizado em todas as aplicações de decoração e alvenaria.

- Placas TEC – com características muito semelhantes às placas standard, estas placas são, no entanto, mais resistentes, e por isso são muito utilizadas para a construção de tectos contínuos.

- Placas WA – estas placas de pladur são tratadas para ganharem resistência à água, tornando-se hidrófugas. O tratamento consiste em incorporar óleo de silicone nas camadas exteriores e no núcleo de gesso. Normalmente estas placas têm a camada de celulose na cor verde para serem facilmente identificáveis, e são muito utilizadas em cozinhas e casas de banho.

- Placas FOC – nestas placas é incorporada fibra de vidro no núcleo de gesso o que as torna muito resistentes ao fogo. Para se distinguirem normalmente são cor-de-rosa na camada de celulose externa.

- Placas FON – são placas isoladoras do ruído. Estas placas são perfuradas e a celulose superficial inclui alguma fibra de vidro para melhorar a absorção acústica. São excelentes para espaços públicos, como hotéis, cinemas e restaurantes, mas também são utilizadas em projectos residenciais.

 - Placas GD – Este é o pladur mais resistente a impactos e choques, e é chamado de alta-dureza. Este material é ideal para espaços muito movimentados com intenso trânsito de pessoas, hospitais, estabelecimentos comerciais ou escolas.

Fonte: https://www.decorablog.com/los-diferentes-tipos-de-pladur

Como é instalado o Pladur?

Electricidade, Ar condicionado, Rede por ORCHIDS LOFT
ORCHIDS LOFT

Electricidade, Ar condicionado, Rede

ORCHIDS LOFT

O pladur é instalado sobre uma estrutura de perfis e peças metálicas, ou montantes, fixada na alvenaria. As placas são colocadas sobre os perfis de aço galvanizado, formada por guias e montantes, numa ou mais camadas formando assim uma superfície pronta para receber o acabamento. Os acabamentos podem ser de muitas naturezas, desde tinta, azulejos, papel de parede ou qualquer outro, em função resistência do material adequirido.

Para elaborar o seu plano de construção de uma parede em pladur deve definir a altura, a largura e o número de prateleiras, se existirem, assim como a espessura e a carga que a parede ou as prateleiras deverão suportar. A aquisição dos materiais, seu tipo e resistência, vão depender destas características e, claro, do espaço onde a parede ficar inserida.

Que vantagens apresenta?

Arquitectura por ORCHIDS LOFT
ORCHIDS LOFT

Arquitectura

ORCHIDS LOFT

- As paredes de pladur são mais fáceis de reparar do que as coberturas de gesso ou as alvenarias tradicionais, e mais seguras por serem ignífugas.

- O pladur pode ser ser resistente ao bolor e à humidade, se escolher o tipo de placas correcto.

- Os trabalhos em podem ser totalmente personalizados de acordo com suas as necessidades e preferências, uma vez mais em função do tipo de pladur escolhido.

- As paredes em pladur podem ter boas características de isolamento sonoro e térmico, e ajudar à manutenção da temparatura e da humidade interior. Estas características ajudam a poupar energia, e por isso a economizar dinheiro;

- Os trabalhos em pladur são rápidos, fáceis, geram poucos resíduos.

- O pladur é um material ecológico e reciclável, que também pode ser reutilizado ou recondicionado.

- O pladur é esteticamente agradável e adapta-se a qualquer superfície ou espaço da sua casa ou da sua empresa. Ele cria superfícies lisas, perfeitas e sem rachaduras, muito elegantes, cujo valor estético vai melhorar muito os seus ambientes interiores.

- A cerca de 19 Euros por metro quadrado para uma parede feita com placas standard, pode dizer-se que é um sistema barato.

E desvantagens?

Paredes por ORCHIDS LOFT

A desvantagem mais notória do pladur é ser menos sólido, quando comparado com os tradicionais tijolo e cimento, mas existem algumas outras, que podem ser facilmente ultrapassadas:

- a instalação pode não ser tão simples como parece, se não for um profissional a fazê-la. Embora em teoria possa fazer uma parede de pladur como projecto faça você mesmo, o peso do material e a pouca experiência podem levar a resultados pouco atraentes;

- apesar de ter uma boa durabilidade, o pladur não é tão durável como o gesso e a alvenaria, mas claro que, para os amantes da decoração, este facto pode ser encarado mais como uma vantagem;

- o pladur não permite um acabamento rústico, sendo mais adequado para casas de estilo moderno;

- se os acabamentos não forem bem conseguidos, as juntas podem ficar visíveis, e o resultado ser desastroso. Aconselhamos a que contrate um profissional experiente.

Aplicações!

por homify Moderno

As aplicações do pladur são várias, mas aqui tratamos de paredes em pladur, e do que se pode fazer com elas. Vejamos…

Nesta casa da Isothermix Lda, as paredes interiores são em pladur duplo com interior de lã de rocha, proporcionando tanto um acabamento impecável, como um isolamento extraordinário, o que se traduz em poupança energética.

Moradia Unifamiliar - Quinta da Beloura, Sintra Closets minimalistas por núcleo B arquitetos Minimalista
núcleo B arquitetos

Moradia Unifamiliar – Quinta da Beloura, Sintra

núcleo B arquitetos

Neste quarto do Núcleo B Arquitectos construiu-se uma parede de pladur incompleta para fazer a transição entre o quarto e o closet, criando um quarto de vestir intimista. Simples de executar e muito eficaz, especialmente em espaços mais amplos!

Esta espectacular parede de pladur foi construída com prateleiras no mesmo material para uma sensação de continuidade estética, fazendo a separação entre a sala de estar e a sala de jantar.

O pladur é um material perfeito para construir paredes com mobiliário integrado de design concebido à medida, como é o caso desta parede que integra o ecrã de televisão e a lareira, da autoria da BIOJAQ – Comércio e Distribuição de Recuperadores de Calor, Lda.

Por último outra proposta de divisória em pladur com prateleiras e armário embutido, da autoria do Viterbo Interior Design. A forma perfeita para fazer uma divisória leve, rápida e prática, entre as áreas funcionais de um espaço amplo!

Por tudo o que vimos até aqui, pesando as vantagens e as desvantagens, e tendo em conta o preço, nós dizemos SIM às paredes de pladur!

Gostou da ideia de uma parede de pladur com estantes no mesmo material? Então veja muito mais no artigo ’Estantes em pladur: espaços de arrumação super modernos!

Depois deste artigo qual é a sua opinião? Paredes de pladur, sim ou não?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!