Pequeno, pequenino, pequeníssimo: como criar um Microloft

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Se há uma palavra que não sai da cabeça de muitos de nós, é sem dúvida a palavra loft. Está muito em voga e tem sido uma grande alternativa de habitação, por ser mais barata e espaçosa comparativamente a uma habitação tradicional. 

Mas afinal o que é um loft?

O conceito loft surgiu no período dos anos 50 em Manhattan, de forma a responder as necessidades da vida atual e às características da arquitetura contemporânea. Os lofts são caraterizados por um espaço aberto, no qual é explorado de acordo com a criatividade e necessidades de cada um. Existe uma grande multifuncionalidade e versatilidade nos lofts. Estes espaços são bastante procurados por estudantes, por pessoas que vivem sozinhas ou ainda por casais novos. 

E onde é que se podem encontrar lofts?

Os lofts são muitas das vezes lojas, fábricas, armazéns, celeiros ou ainda sótãos. São excelentes alternativas para ter a sua casa, de forma low cost e bem personalizada ao estilo urbano. Dependente do que tiver disponível e do valor que dispõe, pode encontrar lofts mais pequenos, mas não é por isso, que deve desistir da ideia, pois consegue ter um excelente aproveitamento do mesmo… Se está numa indecisão para um futuro projeto, então veja como o pode criar, antes de desistir da ideia… Trouxemos fantástica sugestões que podem tornar o seu presente ou futuro Microloft num verdadeiro óasis. 

Curioso? Então venha daí e deslumbra-se…  

O que é um microloft

Escritório  por R3ARCHITETTI

Antes de mais convém desmistificarmos a palavra microloft antes de avançar com as sugestões para o ornamentar. 

Micro = pequeno; loft = espaço único integrado, ou seja, um pequeno espaço aberto. De facto viver num loft pode ser visto como um desafio, uma vez que necessita de bastante criatividade e de um bom jogo de cintura, para separar corretamente os espaços. No caso do microloft é saber não só separá-los, mas também saber rentabilizar o espaço ao máximo, o que numa primeira abordagem pode ser visto como uma missão impossível. 

Acha que não é possível equipar um loft com 30 ou 40 m²? Então caros leitores veja as ideias que trouxemos para si e veja com os seus próprios olhos, que é bem possível fazer do seu pequeno loft uma grande casa, aproveitando todos e quaisquer metros quadrados.

Fazer o melhor do seu microloft

Micro Loft: Salas de estar minimalistas por José Tiago Rosa

Os lofts seguem o estilo urbano/industrial, onde o menos é mais, lá existe apenas o que é realmente útil e necessário, não vale a pena atulhar uma casa de coisas desnecessárias, sobretudo se essa for pequena. As decorações de lofts privilegiam a cor branca, para a entrada de mais luz e sensação de amplitude dos espaços. As cores como preto, cinzento ou vermelho são geralmente escolhidas para combinarem nesta paleta branca, que conferem um look muito citadino. 

Num microloft é necessário privilegiar ao máximo a luminosidade, não criando barreiras ou algum tipo de impedimentos contra a luz solar, pois esta ajuda a criar um espaço mais harmonioso e aberto. Rentabilizar qualquer pedaço de chão, de parede ou ainda de teto é o melhor que tem a fazer no seu microloft… como iremos vemos a seguir…  

Usar unidades multifuncionais

Sabemos que a área é restrita, como tal sabemos também que uma unidade/divisão servirá para mais do que uma funcionalidade, como acontece num apartamento comum de três quartos. Porém, não será por isso que o seu microloft não terá personalidade, bem pelo contrário, ganhar um design bem especial, já viu é ter por exemplo a banheira no quarto, dá bastante cenário e um luxo digno de um hotel cinco estrelas. 

Cama num sótão

Micro Loft: Quartos minimalistas por José Tiago Rosa

Geralmente os lofts têm tetos mais alto, que uma casa comum, por serem fábricas, armazéns ou lojas. Como tal, é até ao teto que devemos tirar partido do nosso microloft. Como? criando um sótão… Hoje em dia existem produtos no mercado que o ajudará nesse desafio, como mezaninos, que podem ser montados e que cria um quarto, como uma divisão separada da casa. 

Veja este exemplo deste móvel que acaba por definir as fronteiras entre os vários espaços da casa (cozinha, sala/escritório e quarto), sem nunca esquecer que tudo está na mesma área. Uma ideia para levar até ao seu microloft, pois este elemento unifica os espaços, ao mesmo tempo que lhes oferece a qualidade necessária a cada uma das suas funções.

Criar um armazenamento…

É sempre necessário arrumar, é claro que no caso de um microloft iremos nos sujeitar ao que é realmente necessário… mas mesmo assim é preciso criar espaço para organizar roupas, loiças, tachos ou produtos. Tudo tem de estar lá, de forma eficiente, prática e bonita. 

Ideias práticas são coisas que não nos faltam na homify e estas são algumas das hipóteses que podem encontrar no mercado…

… prático

Com um simples gesto uma cama de solteiro está pronta para ser usada: Quartos modernos por GenesisDecor
GenesisDecor

Com um simples gesto uma cama de solteiro está pronta para ser usada

GenesisDecor

Esta solução portuguesa da Genesis Decor,  é outra ideia que o pode inspirar para mobiliar o seu microloft… Uma cama escondida dentro de um armário, o tal que servirá também de arrumações.

Trabalhar na vertical

Apartamento Privado (Duplex) Zona do Lumiar/Lisboa - Portugal: Jardins modernos por LC Vertical Gardens
LC Vertical Gardens

Apartamento Privado (Duplex) Zona do Lumiar/Lisboa – Portugal

LC Vertical Gardens

E porque o espaço é algo que não se tem num microloft, todas as superfícies têm de ser rentabilizadas ao máximo, mesmo as paredes. Estantes em todo o seu cumprimento, para arrumações ou ainda um jardim vertical, para dar aquela tonalidade natural ao ambiente, que também faz bastante falta a uma decoração. Os jardins verticais são hoje em dia uma grande tendência, diferente do papel de parede ou uma cor de pintura… E porque não fazer do seu jardim vertical uma pequena horta, com plantas aromáticas, hum?!

Usar o teto

E usamos também o teto!! Já partilhamos convosco a ideia do mezanino e agora esta ideia de cama que desliza, de forma a ficar arrumada num canto quando não é utilizada. Existem também soluções de levar a cama para o teto e puxá-la à noite para baixo, para dormir. 

Estas ideias tão engenhosas vieram de facto revolucionar o mundo do mercado e facilitar a nossa vida… A nossa casa, por mais pequena que possa ser, pode ser digna de uma fotografia de revista, onde tudo fica meticulosamente aproveitado, organizado e clean.

Criar a sensação de loft

Quando vivemos num microloft, sabemos que apesar das suas pequenas dimensões este espaço é baseado na ideia de loft… Neste sentido, nunca devemos perder a essência deste tipo de habitação, onde tudo permanece minimal, onde as paredes de tijolos são as prediletas, onde os materiais/móveis respeitam o estilo industrial, muitas vezes reciclados ou recuperados, onde a cor branca predomina o cenário e onde a luminosidade irradia os cantos e recantos. 

Um loft é como um estilo de vida, muito citadino/urbano e quando vivemos nele, queremos vivê-lo na sua forma mais genuína… less is more!

Vive num microloft ou está a pensar viver num? Gostou das sugestões apresentadas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!