Design de interiores: o que é e para que serve? | homify | homify Design de interiores: o que é e para que serve?
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:2982:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Design de interiores: o que é e para que serve?

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Apartamento Edifício do Parque - T3 MATOSINHOS por ShiStudio Interior Design Escandinavo
Loading admin actions …

Quando construímos uma casa, contamos com a ajuda de uma panóplia de profissionais de diferentes áreas. O trabalho de cada um deles é essencial para que o resultado final funcione como a harmonia de uma orquestra. Há profissionais cujo trabalho conhecemos bem. Sabemos em que é que um arquitecto, um carpinteiro ou um canalizador nos pode ser útil. Por outro lado, há áreas que nos são menos familiares. É o caso do design de interiores tantas vezes confundido com a decoração de interiores. Porém, os decoradores e os designers de interiores têm tarefas distintas que, admitimos, em alguns pontos, até se podem tocar. Porém, não são a mesma coisa e basta para isso ver que são designados de formas diferentes.

Hoje, decidimos-lhe falar um pouco mais sobre o conceito de design de interiores. O que é? Quem desempenha esta função? Para que nos pode servir? Estarmos por dentro deste assunto pode levar a que tenhamos uma casa mais confortável e encontremos a pessoa certa para resolver determinado problema e optimizar o nosso espaço.

Todas as fotografias que ilustram este livro de ideias são portuguesas e foram deixadas na nossa página por designers de interiores. Para entrar em contacto com os profissionais responsáveis por estes projectos, basta carregar na etiqueta “contactar”.

Vamos a isso?

​1. O que é um designer de interiores?

Temática da suite alusiva ao lírio Hotéis campestres por Tralhão Design Center Campestre
Tralhão Design Center

Temática da suite alusiva ao lírio

Tralhão Design Center

Os designers de interiores colaboram com os clientes para melhorar a estética e a funcionalidade dos espaços que podem ser privados ou comerciais e ir desde um pequeno apartamento ao lobby de um centro comercial. Para além da beleza e da funcionalidade, os espaços devem também oferecer segurança e, claro está, ir ao encontro das necessidades do cliente. Os designers de interiores trabalham, por norma, com uma carteira de clientes construída por eles, embora também possam servir uma empresa maior. Seja qual for a situação, é uma mais-valia terem uma boa reputação para serem convidados a levar a cabo muitos projectos.

​2. O que faz um designer de interiores?

Sala - decoração apartamento Estoril por Staging Factory Moderno
Staging Factory

Sala – decoração apartamento Estoril

Staging Factory

Com vista a satisfazer as necessidades dos clientes em termos de funcionalidade, de segurança e de estética, os designers de interiores jogam com a disposição dos móveis, com a paleta cromática e com a decoração funcional e ornamental. Nesta missão, o projecto de luminotecnia, os tratamentos para as janelas, os materiais utilizados para os revestimentos, a arte, entre outras coisas, contribuem, em conjunto, para o resultado final. Os designers de interiores podem também motivar mudanças estruturais nos espaços, derrubando, por exemplo, uma parede para criar um open space.

Hoje em dia, há duas tendências emergentes no design de interiores: a sustentabilidade e a ergonomia. A sustentabilidade passa pela introdução de elementos energeticamente eficientes, recicláveis ou renováveis nos espaços. A ergonomia assenta na criação de espaços, essencialmente de trabalho, que contribuem para uma boa postura dos trabalhadores confinados em escritórios durante uma boa parte do dia. Quanto maior o conforto, maior o bem-estar e subsequente produtividade. Porém, também pode – e é – aplicada a muitos outros aspectos da casa. Numa cozinha, por exemplo, a altura das bancadas, o sítio onde é colocado o forno ou o layout triangular (fogão, frigorífico e banca a formar um triângulo) têm tudo a ver com ergonomia. Na criação de um espaço de leitura, há também vários aspectos ergonómicos a considerar como uma poltrona que se adapte ao corpo, a existência de uma mesa de apoio ou o posicionamento da iluminação. No fundo, a ergonomia diz respeito ao conforto num sentido lato.

​3. Onde e como trabalha um designer de interiores?

Apartamento Edifício do Parque - T3 MATOSINHOS por ShiStudio Interior Design Escandinavo
ShiStudio Interior Design

Apartamento Edifício do Parque – T3 MATOSINHOS

ShiStudio Interior Design

Os designers de interiores são flexíveis porque se têm que deslocar até aos espaços que vão intervencionar e encontrar-se com os clientes. Os espaços são sempre diferentes e o horário de trabalho adapta-se a factores e circunstâncias distintas. Um designer de interiores pode escolher trabalhar apenas em projectos locais ou deslocar-se até mais longe e trabalhar a nível nacional ou internacional. Quanto mais trabalhos e sucesso, maiores as oportunidades de crescer profissionalmente e de vir a formar uma equipa vasta que opere em várias frentes. Depois dos encontros com os clientes, de combinar as estratégias e do delineamento dos projectos, segue-se uma miríade de tarefas (visitar lojas, comprar móveis, etc.). A maior parte dos designers de interiores tem um escritório para se reunir com a equipa e receber clientes. Ter um espaço desta natureza transmite uma maior sensação de profissionalismo e dá segurança aos clientes.

​4. As etapas de trabalho de um designer de interiores

Pastelaria Profiterole Espaços comerciais escandinavos por Tó Liss Escandinavo Madeira Acabamento em madeira
Tó Liss

Pastelaria Profiterole

Tó Liss

A primeira etapa do trabalho de um designer de interiores é encontrar-se com os clientes. Estes últimos devem comunicar aquilo que pretendem e o designer fazer propostas e dar ideias nesse sentido. Este processo envolve tirar medidas e perceber a posição dos clientes em relação à funcionalidade e à estética da área.

Depois dos encontros iniciais, elabora-se um projecto. Hoje em dia, os projectos 3D permitem que se tenha uma ideia muito realista de como o espaço vai ficar. Por vezes, são tão perfeccionistas que é difícil perceber se se trata de um projecto computadorizado ou real. Isto permite que se façam alterações atempadamente e se evitem surpresas menos agradáveis ao longo da obra. Esta mostra detalhada do projecto é normalmente acompanhada pela apresentação de amostras dos materiais recomendados (têxteis, materiais para os revestimentos, papéis de parede, e assim por diante).

Outra parte importante do trabalho dos designers diz respeito à selecção de equipas para a instalação eléctrica, de canalização e de construtores. Os designers têm vários contactos importantes e são uma ajuda preciosa para valorizarmos o nosso espaço. Como é óbvio, contratar um designer implica um custo adicional, mas o know-how destes profissionais e os resultados conseguidos compensam largamente este investimento. Além do mais, os designers estão habituados a trabalhar com orçamentos diferentes pelo que conseguem aproveitar ao máximo as quantias que lhes forem disponibilizadas.

​5. As diferenças entre um designer de interiores e um decorador de interiores

Os decoradores de interiores, ao contrário dos designers de interiores, não precisam de educação formal porque se focam essencialmente na estética e não se envolvem no planeamento estrutural dos espaços, mas apenas após a conclusão dessa etapa. O trabalho dos decoradores é feito mais à superfície. Contudo, existem cursos e programas de decoração. Frequentá-los será sempre uma vantagem. Os decoradores trabalham com as cores, o estilo, os móveis e os acessórios, mas podem, claro está, colaborar com marceneiros, estofadores e outros profissionais.

​6. Devo contratar um designer de interiores ou um decorador de interiores?

Apartamento Edifício do Parque - T4 MATOSINHOS por ShiStudio Interior Design Escandinavo
ShiStudio Interior Design

Apartamento Edifício do Parque – T4 MATOSINHOS

ShiStudio Interior Design

A resposta é simples: se pretende fazer mudanças estruturais num espaço, como remover uma parede ou acrescentar janelas, é recomendável contratar um designer de interiores. Se não quiser alterar o espaço de forma tão profunda/técnica e almejar apenas a uma mudança de estilo, de móveis ou a um novo tratamento de janelas, um decorador será a melhor opção.

Note-se, porém, que nenhuma destas áreas é hermética. Há designers que abraçam projectos apenas de decoração e há decoradores competentes para alterar estruturalmente os espaços ao mesmo tempo que prestam atenção ao lado estético.

Contrate, acima de tudo, um profissional com o qual tenha empatia, que lhe transmita confiança e que tenha um portefólio que o agrade. Se tiver referências sobre ele (porque um amigo ou familiar já recorreu aos seus serviços), tanto melhor.

​7. Onde posso encontrar designers de interiores?

Em Portugal, não faltam profissionais talentosos, muitos dos quais tiveram a cortesia de partilhar com a homify alguns dos seus melhores projectos. Consulte a nossa lista de designers de interiores e entre em contacto com os gabinetes responsáveis pelos trabalhos com que mais se identifica. Pode, também, consultar a nossa lista de decoradores. Se quiser afunilar a sua pesquisa, adicione o seu código postal ou nome da área onde vive.

Recomendado:
- Top 10: Decoradores de Interiores em Lisboa

Sabia a diferença entre um designer e um decorador? Precisa de algum deles para um projecto seu? 
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!