Fachada tardoz: Casas modernas por Borges de Macedo, Arquitectura.

Quanto custa construir uma moradia – etapa por etapa

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

Quantas vezes o sonho de ter uma moradia própria se transforme em pesadelo? Quantas casas há por esse Portugal fora que pararam algures entre a colocação do telhado e os acabamentos interiores e exteriores, congeladas no tempo e no espaço por falta de dinheiro para continuar? 

Construir uma casa em Portugal é um processo moroso, repleto de armadilhas burocráticas e derrapagens orçamentais, mesmo quando se pensa ter tudo bem estudado. O preço final é muitas vezes bastante diferente do imaginado, até em projetos chave na mão

Então e as derrapagens acontecem onde? Em várias fases do processo que se inicia na compra do terreno e termina nos arranjos finais do design de interiores que antecedem a mudança de casa. 

Na homify sabemos que tudo se baseia num bom planeamento, por isso hoje abordamos o processo construtivo passo a passo, dando uma noção do que cada etapa implica e dos custos médios que representa. Não pretendemos fazer deste artigo um orçamento detalhado, mas apenas um guia por onde se pode orientar no delicado processo de planear a sua casa nova. Não perca!

1 – A compra do terreno

Projeto Quartzo: Casas modernas por Magnific Home Lda
Magnific Home Lda

Projeto Quartzo

Magnific Home Lda

Como já referimos, aqui tratamos do processo construtivo, sem entrar com os custos de licenciamentos, levantamentos topográficos, empréstimos, custos de projecto impostos ou outros gastos. No entanto tome nota da sua existência e inclua-os no se orçamento.

Para quem não possui terreno próprio o processo de construção de uma casa começa com a compra do terreno, e logo aí começam as dores de cabeças. 

Se comprar um terreno loteado terá algumas infraestruturas de base, como electricidade e esgotos, entre outras já instaladas, num terreno não loteado essas infraestruturas terão de ser pagas por si. Pode também comprar um terreno com projecto aprovado ( normalmente incluídos em urbanizações) mas fica limitado sobre aquilo que pode construir (não pode fugir ao projecto aprovado), no entanto como já tem aprovação, isso deixa de ser um problema.

Em Portugal, como em qualquer país os valores dos terrenos variam muito, mas é sabido que no interior os valores são mais baixos. Outro factor que faz variar os valores é a proximidade de cidades, sobretudo de grandes pólos populacionais. Isto significa que uma casa no interior do país, numa aldeia será a opção mais barata, e que provavelmente se tem um orçamento mais pequeno terá de se afastar das cidades para concretizar o sonho de construir a sua moradia.

Em alguns locais o valor do terreno pode mesmo significar 50% do valor da casa, pois os preços variam entre 18 Euros por metro quadrado no interior até mais de 1500 Euros por metro quadrado em zonas exclusivas à beira mar (tenha em conta que estes são é um valores médios indicativos).

Preparação do terreno

Organização de Estaleiro.: Casas campestres por knowhowtobuild
knowhowtobuild

Organização de Estaleiro.

knowhowtobuild

Movimentação de terras, terraplanagens, drenagens, nivelação, entivação… Tudo isto são operações muitas vezes necessárias para preparar o terreno para a construção, pois raramente os terrenos são planos e perfeitos para a construção. E cada uma destas operações tem um custo! Nas obras por empreitada, sob a supervisão de profissionais de arquitectura e engenharia civil, este valor está incluído no projecto à partida, e só eles saberão o que é preciso para optimizar o terreno para a construção.

Por exemplo uma compactação simples, realizada através de impactos de alta energia com martelos de impacto em queda livre custa-lhe cerca de 3500 Euros. A entivação de um declive com madeira pode custar-lhe mais de 16 Euros por m3.

Quanto mais operações o terreno precisar, mais cara ficará a sua preparação. E aqui tem mesmo de consultar profissionais qualificados, pois só eles saberão definir as necessidades.

Fundações

Execução de vigas de fundação.: Casas campestres por knowhowtobuild
knowhowtobuild

Execução de vigas de fundação.

knowhowtobuild

As fundações ou alicerces são as estruturas responsáveis por garantir a estabilidade da construção e por transmitir as suas solicitações ao solo, actuando no fundo como raízes Há várias formas de construir fundações, sendo definidas pelo tipo de solo e pelo tipo de estrutura a construir, e a escolha normalmente incide sobre a opção que garante as condições de segurança necessárias ao melhor preço. Uma vez mais, quem normalmente aponta as opções viáveis é o profissional de arquitetura ou o de engenharia civil, que terá a desenvolver o projeto.

Em Portugal as fundações mais utilizadas são as sapatas, isoladas ou contínuas, mas também se usa o ensoleiramento, quando necessário. 

A construção de uma sapata contínua de betão armado custa à volta de 186 Euros por metro quadrado, e um ensoleiramento tem preços que rondam os mesmos valores. Lembre-se, no entanto, que cada caso tem especificidades técnicas que condicionam muito o preço, e que deve tentar perceber em concreto quais são, para as poder incluir no seu orçamento.

Levantando paredes

parede exterior em taipa tradicional: Casas rústicas por Arq2T. Atelier
Arq2T. Atelier

parede exterior em taipa tradicional

Arq2T. Atelier

O método construtivo e o número de andares vão determinar o custo de erguer a construção. E dentro destes trabalhos há vários tipos de execuções específicas, como as dos elementos estruturais e as das paredes simples, as testas de lajes, os lintéis ou as padieiras. 

É grande o número de estruturas, mais ou menos complexas, obrigatórias ou não, que tornam a tarefa de determinar os custos bastante específica de caso para caso. A construção de casas é um processo complexo que se torna mais exclusivo à medida que os planos se tornam mais complexos. 

Ainda assim podemos dizer que o método mais utilizado no nosso país é a normal construção em alvenaria e betão, mas há outros métodos, mais tradicionais ou mais modernos, que também têm o seu mercado. Nesta imagem, da ARQ2T.Atelier, vemos uma casa feita de taipa, um método de construção tradicional, antigo e natural, bastante ecológico e com muitas vantagens, que está a voltar às luzes da ribalta. 

Para simples indicação podemos dizer uma simples parede de 15 cm de espessura de alvenaria de bloco vazado de betão, de 50x20x15 cm custa cerca de 17 Euros. Um pilar de alvenaria fica em cerca de 50 Euros. É sempre a somar!

O telhado

Remodelação de telhado:   por Redializa - Construção e Reabilitação, Lda.

Ainda tem a máquina de calcular? Então adicione o telhado à conta!

Há vários sistemas de cobertura a ter em conta, e a escolha pode muito bem determinar o estilo da sua moradia. Em Portugal os telhados inclinados de telha portuguesa continuam a agradar, sendo provavelmente ainda o sistema de telhado mais usado.

Uma cobertura inclinada de telhas cerâmicas, sobre espaço habitável, com uma pendente média de 30%, composta de: impermeabilização: placa subtelha, revestimento: telha canudo cerâmica, cor vermelho, 40x19x16 cm, assente com argamassa de cimento, confeccionada em obra, dosificação 1:8; formação de pendentes com laje de betão ou painel cerâmico (não incluída ) vai custar-lhe cerca de 40 Euros por m2.

O isolamento

Isolamento Térmico pelo exterior: Casas mediterrânicas por RenoBuild Algarve
RenoBuild Algarve

Isolamento Térmico pelo exterior

RenoBuild Algarve

Este passo pode não ser obrigatório, mas há que dizer que tudo o que aprendemos até aqui sobre construção, humidade, retenção de calor, isolamento térmico e poupança energética, nos empurra para a sua inclusão no projecto. E ainda bem, porque já também sabemos como uma casa bem isolada é mais vantajosa. 

O isolamento na construção de casas pode ser de vários tipos: – térmicos, acústicos, impermeabilizações, etc. E, claro, cada método tem um preço. O isolamento pode ser incluído no interior das paredes ou colocado sobre elas, e também isso tem influência no preço. 

Um exemplo de isolamento térmico e acústico a partir do exterior é o sistema de painéis ETICS feito com painel rígido de poliestireno expandido, segundo NP EN 13163, de superfície lisa e bordo lateral recto, de cor branca, de 60 mm de espessura, fixado ao suporte com argamassa aplicada manualmente custa cerca de 65 Euros por metro quadrado.

Vidros

As superfícies envidraçadas são fundamentais para um bom ambiente interior, deixando entrar a luz natural e permitindo um melhor controlo da temperatura. Mas as superfícies envidraçadas trazem mais custos, claro! Caixilhos e escolhas de vidros e dimensão das áreas a envidraçar, são os factores que mais influenciam os gastos.

Uma janela de PVC, duas folhas de batente com abertura para o interior, dimensões 800x400 mm, acabamento standard nas duas faces, cor branca, sem pré-aro, com caixa de estore básica incorporada, persiana enrolável de réguas de PVC e accionamento manual com fita e recolhedor custa-lhe cerca de 222 Euros. Damos aqui o exemplo do PVC por causa das suas vantagens de isolamento e durabilidade, que tornam esta opção melhor do que a do alimínio, apesar desta ser mais barata.

Interiores

Em execução. Levantamento: Cozinhas minimalistas por Avelino Nunes Viana
Avelino Nunes Viana

Em execução. Levantamento

Avelino Nunes Viana

Ah os interiores… A casa já tem paredes, até já pode ter telhado e janelas, mas simultaneamente a estes elementos é importante que vá ganhando canalizações.

Há vários tipos de canalizações a implementar na construção de moradias, como as canalizações de água, esgotos, gás, eléctricas, de ar condicionado, de aquecimento, etc. No entanto as mais básicas são as de água, esgotos, gás e electricidade, e normalmente são alvo de projectos da especialidade, incluído no projeto geral, mas objecto de detalhe por parte dos profissionais. Aqui os preços têm mesmo de se alvo de detalhe em função dos projetos, pois são o somatório de muitos elementos como os canos em si, os cabos, as caixas, os equipamentos, etc.

Por outro lado nos interiores temos temos os famosos acabamentos. Revestimentos de parede e chão, loiças sanitárias, torneiras… Tantos detalhes que compõem a mais banal das casas, que tornam impossível estabelecermos um o valor à partida, pois o preço destes elementos ao construir uma moradia vai depender directamente dos seus gostos e das suas possibilidades. Mas que isto não o dissuada de fazer um orçamento detalhado, pelo contrário. É nos acabamentos que os melhores orçamentos se esgotam, por isso faça avaliações o mais corretas possível para evitar derrapagens!

Acabamentos exteriores

Decoração Mural Exterior.: Casas campestres por knowhowtobuild
knowhowtobuild

Decoração Mural Exterior.

knowhowtobuild

Embora provavelmente haja muito mais elementos da construção de casas que ficaram por referir, este artigo acaba com os acabamentos exteriores.

Em Portugal o acabamento exterior mais usado ainda é a tinta de exteriores. Este método tem a vantagem imediata de ser mais fácil e rápido de aplicar, embora possa não durar tanto como outros revestimentos.

A pintura geral das paredes exteriores custa cerca de 5 Euros por metro quadrado.

Quer conhecer boas ideias para poupar na construção da sua casa? Então não deixe de ler também o artigo ’7 dicas para poupar dinheiro ao construir a casa’.

(os valores apresentados neste artigo foram obtidos por pesquisa online, em especial no site http://www.geradordeprecos.info)

Já tinha ideias dos custos de cada etapa da construção de uma moradia?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!