Todas as opções para um chão de madeira (sempre) impecável | homify

Todas as opções para um chão de madeira (sempre) impecável

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
ENTRADA Atelier OSO Corredores, halls e escadas minimalistas Madeira maciça Acabamento em madeira
Loading admin actions …

A madeira tem um encanto muito próprio… É um material natural, com um calor único e um toque inigualável que transformam qualquer ambiente impessoal num espaço muito mais acolhedor. 

Mas ter um pavimento de madeira não é assim tão fácil e, por mais vantagens que tenha, a madeira natural é um material nobre e por isso um pouco mais caro.

Por outro lado há locais onde a madeira simplesmente não pode entrar. Seja por causa dos níveis de humidade, seja pelo tráfego de pessoas ou pela exposição aos elementos, há espaços onde aquele pavimento de madeira natural da sala ou dos quartos ficaria a matar, mas não pode ser, porque se deterioraria muito rapidamente.

No entanto hoje em dia estes impedimentos ao material em si não representam impedimentos à estética, porque é possível ter o efeito da madeira com outros materiais, mais resistentes e até mais baratos. 

Resumindo: – é possível ter o estilo da madeira natural em qualquer local, com muitas opções de acabamentos e com muita variedade de materiais. Não acredita? Então venha comprovar como pode ter um chão em madeira, com ou sem ela!

A madeira natural

ENTRADA Atelier OSO Corredores, halls e escadas minimalistas Madeira maciça Acabamento em madeira

Começamos pelo original, porque sempre que possível é sem dúvidas o melhor. Um soalho de madeira natural é um privilégio a que muitos não se podem dar ao luxo, mas não deixa de ser um bom investimento, em estética ou duração. Não se esqueça de que a madeira pode ser polida, afagada, envernizada, ou simplesmente pintada, ao contrário dos outros materiais que são estáticos (a estética mantém-se do princípio ao fim da vida útil do material).

A madeira natural pode revestir o seu chão de várias formas, e cada uma delas lhe vai dar um acabamento diferente.

Os tacos são pequenas ripas de madeira que marcaram uma época e ainda hoje em dia fazem pavimentos magníficos, depois de devidamente tratados e restaurados. Mas ainda hoje se vendem tacos de muito boa qualidade e continuam a ser lindos. Normalmente são colados directamente sobre o chão de cimento, alvenaria ou pedra, e com o tempo pode acabar por descolar, embora possam sempre voltar a ser colados. 

O parquet é um sistema semelhante ao dos tacos, mas é constituído por ripas mais pequenas que vêm agregadas sobre uma base com cola em formatos maiores, sendo coladas em grupo e formando padrões geométricos no chão.

Por fim temos o típico soalho de madeira, feito de tábuas de madeira maciça. As tábuas têm comprimentos, espessuras e larguras variáveis em função do tipo e da qualidade, e normalmente já vêm totalmente acabadas e polidas. A sua colocação varia, podendo ser efectuada com cola directamente sobre o chão, fixadas com sistemas de pregos ou parafusos, ou mesmo encaixadas entre si como o pavimento flutuante (neste caso já vêm com recortes previamente feitos).

Na homify encontra muitas imagens de pavimentos com estes materiais e como os aproveitar para decoração. Não deixe de visitar!

Vantagens e desvantagens do pavimento de madeira natural

Vantagens:

- o conforto térmico; 

- estética única e exclusiva, pois cada árvore que fornece madeira é diferente de todas as outras. É quase impossível obter a estética deste quarto da autoria da Homestories, com os nós e os veios desiguais à vista, com outro material que não a madeira natural!

- possibilita a criação de padrões somente pela cor das diferentes madeiras combinadas;

- resistência e durabilidade, com possibilidade de alteração ao longo da vida útil da madeira através de acções de restauro;

- sensação única ao toque.

Desvantagens:

- sensibilidade às condições de temperatura e humidade, mesmo com um bom tratamento;

- descoloração sob a luz solar directa;

- alguns pavimentos de madeira têm instalações demoradas e difíceis, que exigem um profissional competente;

- o preço.

Um pavimento do género do que vê na imagem, em pinho natural custa-lhe cerca de 62 Euros por metro quadrado. (preço obtido por pesquisa online, no site http://www.geradordeprecos.info)

Pavimento flutuante de madeira

Remodelação Herdade Aroeira - Almada Alex Cardoso - Construção Civil
Alex Cardoso – Construção Civil

Remodelação Herdade Aroeira – Almada

Alex Cardoso - Construção Civil

Se já leu algum dos nossos artigos sobre este tema sabe que existem dois tipos de pavimentos flutuantes: – os de madeira e os laminados.

O laminado de madeira tem um acabamento absolutamente realista pois as pranchas são feitas de camadas de madeira natural coladas entre si, e a camada final é uma finíssima ripa de madeira natural nobre, como o carvalho ou a faia.

Este soalho é mais barato do que o de madeira natural e é muito fácil e rápido de instalar, mas tem alguns inconvenientes, como a sua grande fragilidade à abrasão ao impacto e aos produtos de limpeza. É um pavimento que fica marcado por saltos de sapatos, objectos que caiam ou móveis que se arrastem.

Se não prescinde do toque da madeira pode instalar este pavimento flutuante nos quartos e salas e escolher outro com um acabamento semelhante, mas num material mais resistente para a casa de banho, a cozinha e o corredor, por exemplo.

Pavimento flutuante laminado

Com uma instalação muito semelhante ao pavimento anterior, o pavimento flutuante laminado é feito de várias camadas de um material rígido sintético fundidas entre si. O acabamento é dado por uma película que reproduz fotograficamente as características da madeira e outra que lhe dá muita resistência. Isto faz deste pavimento o mais correto para casar em estilo com o anterior, para os locais onde a resistência a humidades, impactos, abrasões e limpezas é obrigatória.

Tem um baixo custo, e é fácil e rápido de instalar, pois as ripas são unidas por encaixe e assentes sobre uma manta isoladora, sobre a placa do edifício ou directamente em cima de um piso existente. Proporciona quase o mesmo conforto térmico da madeira natural e é muito fácil de manter, mas a sua utilização produz mais ruído.

Pavimento madeira maciça

Antes de passarmos às outras opções para o chão de madeira, este material é sem dúvida o que mais agrada à maioria das pessoas. Seja soalho de pinho ou soalho de carvalho, as hipóteses são várias no que toca ao soalho de madeira. Para o colocar deve solicitar um

colocador de pisos

experiente.


Recomendado: ’15 pavimentos de sonho para a sua sala.

Chão de vinil em régua

Pavimento Vinilico em Régua Decorpisus Hotéis
Decorpisus

Pavimento Vinilico em Régua

Decorpisus

O vinil é uma material fantástico, e embora tenha estado fora de moda devido às suas implicações ambientais dos produtos usados na sua fabricação, atualmente a tecnologia conseguiu uma forte redução de aditivos considerados prejudiciais, voltando às luzes da ribalta.

A instalação do vinil depende do formato de pavimento que preferir. Nesta imagem vemos um soalho de vinil em régua, muito semelhante ao soalho de madeira, e garantimos que em termos de conforto térmico e isolamento também está muito próximo! Mas também temos a instalação com tapete em rolo colado sobre o pavimento, em que as junções não são tão fundas e o acabamento pode não ser tão realista, não deixando de ser excelente.

O vinil é colado sobre o chão, mesmo sobre muitos dos pavimentos preexistentes. É resistente a vários factores, como a humidade a abrasão, ao calor e até à chama directa. Aparece numa vasta gama de acabamentos, muitos deles absolutamente realistas e fácil de limpar. Mas a sua maior vantagem é mesmo o preço: cerca de 25 Euros por metro quadrado. (preço obtido por pesquisa online, no site http://www.geradordeprecos.info)

Porcelana

Elegancia e conforto num pavimento de porcelanico a imitar madeira Lizmundo Salas de Banho e Cozinha Pavimentos Cerâmica Castanho
Lizmundo Salas de Banho e Cozinha

Elegancia e conforto num pavimento de porcelanico a imitar madeira

Lizmundo Salas de Banho e Cozinha

E por último, como alternativa à madeira temos a porcelana ou o porcelanato. 

Este pavimento é composto por materiais minerais e porcelana, passando por uma cozedura e produz peças homogéneas, muito resistentes, pouco porosas e com um baixo índice de absorção de água. É o material que mais se distancia da madeira em termos de sensação térmica, e essa é obviamente a sua grande desvantagem. Mas não há duvidas de que actualmente os acabamentos são tão perfeitos que só de olhar não percebe que são tijoleiras, parecendo madeira de verdade.

Este material é muito interessante para aplicação em locais onde as condições de utilização são mais duras mas não se quer dispensar a estética única da madeira, inclusivamente em pátios, decks ou outras áreas pavimentadas do exterior.

Quer ver muitas ideias criativas para usar madeira no pavimento de sua casa? Leia já o artigo ’10 espaços de charme com chão em madeira’.

9 ideias para estofar o sofá da sala
Arrow navigation 3b3136b1
Tem chão com acabamento de madeira ou de madeira natural em sua casa? Qual gostaria mesmo de ter?
Casas inHAUS Casas modernas

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!