7 maneiras de usar cores vivas na sua casa

Agata Alencoao Agata Alencoao
Loading admin actions …

Cores, cores, cores, sempre as cores!! É verdade sim, se há coisa de que gostamos aqui na homify é de tornar o mundo um sítio mais colorido. Viver numa casa em que a presença das cores se faz sentir de forma agradável tem os seus truques. Claro que em primeiro lugar há que ter conta peso e medida – como em tudo o resto na vida – mas para além disto temos mais sete dicas para lhe dar, que serão certamente importantes para que consiga ter a decoração com que sempre sonhou. Cor é alegria e um dos maiores objectivos da homify é tornar os seus dias mais alegres, por isso mesmo prepare-se para ler um artigo que não só o deixará bem disposto como com vontade de mudança! Preparado?  

Escolha uma cor base

Para que possa brincar com as cores é necessário ter uma cor base. Claro que para este efeito a cor base mais indicada é com certeza o branco ou um tom deste espectro. Claro que há muitas possibilidades para o uso da cor mas, se estivermos mais inclinados para os elementos decorativos de cores mais marcantes é muito difícil encontrar uma cor, que não o branco, que desempenhe tão perfeitamente as suas funções enquanto cor base. O exemplo da imagem é bastante simples e não abusa nem um bocadinho do uso da cor, mas a verdade é que para um sofá com este design e claro cor, nenhuma outra cor assentaria tão bem como base.

Use a regra 60/30/10

 É conhecedor da regra 60/30/10? Se não conhece passamos muito rapidamente a explicar-lhe. Esta regra consiste em ter 60% de uma cor principal, 30% de uma cor secundária e 10% de uma cor destaque. Vamos olhar em conjunto para a figura para vermos esta regra posta em prática. Os 60% correspondem à cor branca: parede, chão e alguns elementos decorativos são desta cor, 30% corresponde aos tons que vão do cinza ao preto e os 10% evidentemente correspondem ao amarelo. Como podemos constatar pela imagem o equilíbrio é perfeito e deixa as cores respirar e estar em harmonia umas com as outras. Uma regra que se for bem usada, vai resultar a 100%!

Considere os contrastes

Salas de estar escandinavas por Dröm Living

Os contrastes que existem muitas vezes em forma de apontamento de cor, são uma outra técnica que pode ser preciosa porque de repente parecem dar uma luz única ao espaço. Normalmente estes contrastes surgem do uso das cores fortes como no exemplo que vemos na imagem. Temos uma paleta de cores entre o branco e o preto, sendo que o cinzento assume lugar de destaque mas é para o sofá que vai de imediato a nossa atenção, e razão é muito simples: é lá que está um conjunto de almofadas cor de rosa choque que dá o toque de brilho à sala de estar.

Aposte num lado mais natural

Se é uma pessoa que aprecia o contacto com a natureza e considera que os seus dias podem ser ainda melhores por ter espaços verdes perto de si, não hesite em levá-la para dentro de sua casa. Só lhe vai fazer bem ao corpo e à alma. Se quiser fazer algo mesmo dentro de casa pode sempre optar por um jardim de inverno – temos imensas dicas noutra secção da nossa revista para lhe dar! – se por outro lado tiver um espaço que lhe permita usufruir do espaço de dentro e fora então não pense duas vezes, dê à sua casa um ar natural, combine-o com uma madeira bonita e sujeita-se a ter um espaço fantástico como aquele que vê na imagem.

Não se esqueça do preto

Moradia: Salas de estar modernas por Maqet
Maqet

Moradia

Maqet

Tal como o branco, o preto é uma das cores mais importantes, e muitas vezes pode adicionar uma sobriedade que também faz falta, mesmo quando o nosso objectivo é usar a cor. Neste exemplo tem uma presença bastante forte que talvez transmita um lado um pouco escuro se depois a iluminação natural ou artificial não compensar. Mas na procura de alguma sobriedade e equilíbrio é esta uma das cores que deve usar.

Utilize apontamentos de cores com grande impacto

Uma vez mais voltando à regra dos contrastes, há coisas que fazem a diferença. Por exemplo este quadro nesta sala. A nosso ver este é dos exemplos mais brilhantes que está presente no artigo. Temos uma sala, com uma decoração super clássica – o bege e o branco são aquela combinação que perdura ao longo dos tempos – mas que tem uma parede quase toda preenchida por uma quadro abstrato de grande dimensão onde a cores parecem gritar e encher a casa de cor. Entre estes dois pólos distintos existe acaba por existir um equilíbrio cromático que faz com que o espaço ganhe uma vida única! A decoração desta sala é um exemplo fantástico de invulgaridade e de uma mistura de estilos que é feita com uma mestria única. Se há exemplos de decoração que deve reter na sua cabeça, este é um deles!

Viva com cores antes de comprar

Por fim, e esta é uma dica de extrema importância, há uma coisa muito importante relativamente ao uso da cor que tem que ver com a forma como nos sentimos perante elas, não só esteticamente como emocionalmente. Para isto temos um truque para lhe dar que pode facilitar muito a sua compreensão perante as cores. Se tiver alguns livros na sua casa – a verdade é que quanto mais, melhor – tente agrupá-los por cores de forma a que criem um efeito cromático com presença. Perante a reacção que tiver no seu quotidiano com elas, vai facilmente perceber quais a s opções que deve fazer e apostar em peças de decoração e mobiliário, como vê é bastante fácil perceber quais são as cores que lhe vão aquecer a casa e o coração.

Gostou do do artigo?! Partilhe connosco!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!