Branco TOTAL é aborrecido? Verdadeiro ou Falso?

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Quando falamos em interiores totalmente brancos, há quem irá torcer o nariz e não gostar nadinha, dizendo que o branco é uma cor demasiada pobre, aborrecida, com falta de vida e que simplesmente não vê a sua casa decorada com demasiado branco ou quase nada. Mas por outro lado, temos pessoas que o branco é tudo no seu interior, é a base e o fim da decoração, gostam do efeito desta cor no ambiente de casa. É isso, é como tudo na vida, ora gostamos ora não gostamos, há gostos para tudo e para todos, e ainda bem que assim o é… Se todos gostássemos da mesma coisa a vida seria um pouco enfadonha. 

Decorar uma casa com cor branca, na sua quasi totalidade será assim demasiado feio?! Será que a decoração perde brilho e alma?! Será que esta cor não cria um efeito tchanan na decoração de uma casa?! São muitas as questões, os preconceitos, as dúvidas e também os mitos à volta do branco, tal como o velho ditado incide ’branco em janeiro é sinal de pouco dinheiro’… é verdade que este provérbio remete mais para o vestuário, mas o que é certo é que existe ainda muitas reticências ao uso da cor branca. Porém, acreditamos que este provérbio acaba por perder o seu sentido nos dias de hoje, uma vez que o branco é cada vez mais uma cor usada todo o ano, em looks completos, aliás há quem diga que o branco é o novo preto e sem dúvida que é a cor mais pura e simples da roda das cores.

Será que quer dar à sua casa o protagonismo do branco, como tem vindo a acontecer no mundo da decoração de interiores? Veja as nossas seis ideias que giram à volta desta cor imaculada e tirai a sua própria conclusão para (re)decorar o seu interior.

1. Interiores totalmente brancos ficam sujos com muita frequência

  por Mowlem&Co

'Eu não quero a minha casa branca vê-se as sujidades todas… ' 'Nem pensar um chão branco, está sempre todo sujo!!' 'Branco, esquece tenho que estar sempre a limpar'… etc.

Diga lá se já ouviu ou não uma destas frases pelo menos uma vez na sua vida, hum?! Acabam por ser tão típicas, e na maioria das vezes as pessoas nem dão oportunidade ao branco, porque estes preconceitos estão tão impingidos nas nossas cabeças, que branco – é logo a cor para esquecer. Bom na verdade, uma casa vermelha, azul, cinzenta, preta ou branca, suja-se exatamente da mesma maneira, os pós estão na mesma quantidade independentemente da cor, as manchas, as nódoas, as dedadas, as poeiras… tudo igual, pois elas não vão escolher uma cor específica para sujar mais, não é?! No entanto, o que acontece é que ficam mais visíveis, é só, o que pode levar a limpar com maior frequência. 

Na verdade tudo terá a ver com o tipo de material que escolhe também e não apenas a cor. Nos móveis lacados nota-se mais as marcas, por exemplo, independentemente da cor. Móveis em madeira branca as manchas serão mais discretas. É claro que num tapete branco ver-se-á mais as sujidades que num tapete preto, no entanto, num pavimento preto são mais visíveis as marcas. Isto é, o material, a finalidade do produto, o uso de cada elemento fará diferença. Se tiver uma casa com muita gente e uma família com muitos filhos, talvez um interior totalmente branco não seja o mais adequado, porque deixarão marcas que ficarão mais visíveis, ao contrário de outras cores, mas não quer dizer que tem de abdicar por completo da cor… É uma questão de analisarem a utilidade de cada item, bem como o seu material e textura. 

2. Excesso de branco fere os olhos

E quando olha para o branco sente os olhos a arderem ou outra sensação semelhante? Ou será apenas (mais) um estereotipo?

O que acontece é que o branco é uma cor que absorve imenso a luminosidade, toda a luz natural e artificial é nela projetada e acaba por fazer este tal reflexo que pode encadear os olhos, mas não a cor branca propriamente dita. Esta é uma das razões pela qual os países nórdicos escolhem bastante o branco para decorar a sua casa, uma vez que lá a luz natural é mais escassa, é uma forma de a absorver e tê-la a irradiar a casa. Resulta mesmo, se quiser também um ambiente cheio de luz, sem dúvida que o branco proporcionará este efeito luminoso, que com muito sol no exterior poderá causar uma sensação à vista, mas para quem gosta de verão e de sol, de certeza que não será este o problema!

3. O branco cria quartos que parecem hospitais

Moradias em banda, Queijas: Quartos minimalistas por Estúdio Urbano Arquitectos
Estúdio Urbano Arquitectos

Moradias em banda, Queijas

Estúdio Urbano Arquitectos

O branco cria quartos que parecem hospitais… bom sem dúvida que esta é uma frase comum e usada por quem não gosta nada de nada do branco e de um look total white! Na verdade, os hospitais não são decorados com tão bom gosto, mesmo usando tudo branco, as máquinas e os tecidos simples e de algodão tornam o quarto triste e sem gosto. Porém, esta situação não acontece dentro da nossa casa, pois mesmo que apostemos num quarto totalmente branco, é possível brincar com as diferentes texturas – linho, seda, algodão, penas, crochet, entre outros, poderão dar ênfase e relevo ao décor

Hoje em dia, é bastante comum esta aposta de quarto totalmente brancos, dão um ar bastante clean, moderno e minimalista. Pode sempre acrescentar um toque de cor, com acessórios ou estampas na roupa da cama. 

4. O estilo minimalista ama o branco

O estilo minimalista segue o lema de menos é mais, tudo muito clean e despojado de itens desnecessários, tal como diz a palavra é mínimo, apenas o essencial é que tem direito à presença e protagonismo. Neste espírito clean, a cor predileta é sem sombra de dúvida o branco, que deixa tudo bastante arejado e mantém uma certa simplicidade, por ser um tom neutro, sendo assim esta a cor perfeita, para responder aos critérios deste estilo.

Neste oásis de tranquilidade, onde a preservação do espaço e a difusão da luz natural é a chave para um ambiente minimalista, sendo que o uso das cores claras permitem um jogo de luz que engrandecem o espaço, sendo por isso o branco uma cor predileta para decorar um interior minimalista. 

5. O branco total é apenas para um projeto moderno

O branco é uma cor que está a ganhar cada vez mais protagonismo no mundo da decoração, nomeadamente em ambientes minimalistas, como já vimos, mas também em interiores com um projeto moderno. Esta cor que significa limpeza, pureza e paz, tem a capacidade de refletir a luz como mais nenhuma cor, tem ainda o poder de criar uma sensação de amplitude ao espaço, proporcionando a sensação de liberdade. Esta capacidade de deixar o ambiente arejado, limpo, com neutralidade dá vontade de sonhar com muito branco em casa!

Esta cor atemporal tem surgido em diversos projetos, talvez o seu é o próximo a ganhar vida

6- Eu não preciso de um designer de interior para um interior totalmente branco

Pensar que por decorar uma casa totalmente branca poderá ser algo de fácil, porque tudo se assemelha e unifica, poderá ser uma ideia, à partida, errada. Pelo contrário, o jogo de uma decoração totalmente branca, poderá requerer um saber específico, uma organização adequada, um jogo de texturas e de disposições que só os arquitetos/designers de interior conseguirão dominar, por saberem tão bem estas técnicas. É preciso ter em consideração a disposição do espaço, a luz, a organização de cada item, perceber que finalidade tem cada elemento branco, saber se tem muito uso ou não… Enfim um leque de questões que serão mais fáceis para um profissional da área. 

Contudo, não é impossível que a sua casa totalmente branca seja feita por si mesmo, se tiver gosto apurado, dominar algumas técnicas de decoração, acreditamos que conseguirá ter o ambiente que sempre sonhou… Até porque um ambiente branco leva-nos sempre às imagens de revistas!

E agora mudou de opinião acerca do branco? Gostaria de decorar a sua casa nesta cor tão singela?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!