Casas modernas por アトリエ スピノザ

Por fora muito normal, por dentro espectacular

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Neste livro de ideias, viajamos até ao Japão para conhecer uma casa que combina elementos tradicionais com uma grande modernidade e estilo purista, limpo e minimalista característico do design oriental. Esta casa foi desenhada para os proprietários desfrutarem de uma das suas grandes paixões: a leitura. Guiados por esta premissa, os arquitectos do gabinete Atelier Spinoza, com base na cidade de Tóquio, criaram uma casa que convida os moradores a usufruir dos melhores momentos do dia, enquanto lêem um bom livro. A casa inclui espaços múltiplos para armazenar e organizar livros, assim como todas as comodidades que um estilo de vida contemporâneo exige.

Fachada frontal

A fachada frontal é simples e tradicional com um telhado de duas águas coberto por telhas cinza. A cor é neutra e o muro exterior ainda não foi pintado. O contexto em que se insere exigiu que assim fosse pois o edifício não devia destoar em relação aos edifícios vizinhos. Tem, por esse motivo, um aspecto discreto, mas que nos é familiar. Vamos conhecer mais.

Traseiras

Na parte posterior, descobrimos uma casa totalmente diferente com um pórtico na parte inferior que cria uma excelente ventilação cruzada que ajuda a criar um microclima muito agradável. Também podemos observar que conta com duas áreas ideais para desfrutar do ar livre tanto no piso térreo, como no superior. No nível inferior, pode-se usufruir do exterior no alpendre de deck coberto e no nível superior é possível gozar da paisagem para os arredores. Ambos os andares comunicam por via de uma escada.

Entrada

Voltando à parte da frente, vemos como a casa conta com alguns acessos escondidos das vistas indiscretas vindas do exterior. As portas e os revestimentos rústicos em madeira combinam e dão mais vida aos acabamentos em tons neutros, compondo um estilo moderno para esta casa japonesa. A colocação cirúrgica dos pontos de luz torna este espaço mais especial. São os detalhes que fazem esta casa diferenciar-se em relação às que a ladeiam.

Interior que convive com o exterior

A casa distingue-se não só pelos ambientes acolhedores, como também pela sua comunicação permanente com o exterior a partir de dentro. Aqui, vemos uma grande clarabóia que liga o interior com o exterior e deixa entrar um generoso fluxo de luz natural. Nesta área, destacamos ainda os modernos e discretos espaços de armazenamento e a luz indirecta engastada no tecto.

Área social

Como vem sendo recorrente em grande parte dos projectos que partilhamos consigo, a área social inclui cozinha e sala de estar, ambas integradas. Ao fundo, há um armário em estilo oriental para os proprietários colocarem os seus livros. Bem perto, há um banco que se prolonga em comprimento onde se pode desfrutar de uma boa leitura. O nicho, tal como a entrada da casa, também tem luz indirecta a criar um ambiente especial.

Visita a partir do exterior

Atrás do nicho que vimos na fotografia acima, há um espaço com acesso ao exterior através de uma porta de vidro deslizante. Este espaço, tal como toda a casa, segue padrões contemporâneos e minimalistas. A atmosfera acolhedora deve-se aos acabamentos em madeira e à iluminação. Para além disso, situa-se a um nível superior em relação ao resto da casa, uma característica comum nas casas coreanas.

Outro espaço para leitura

Virando à esquerda, deparamo-nos com um belo recanto de trabalho e de leitura com uma superfície em madeira que se prolonga ao longo de uma janela que dá para o alpendre e permite a entrada de luz solar, criando o local ideal para trabalhar ou ler.

Subir ao segundo piso

Ao subir as escadas, chegamos ao espaço distribuidor do segundo piso de onde se pode aceder às distintas áreas sociais, assim como aos dormitórios. A partir deste espaço, podemos ver a varanda exterior que ajuda a manter uma boa ventilação e a deixar entrar luz natural.

Clarabóias

A dupla altura, as clarabóias e as traves imponentes fazem deste, um espaço verdadeiramente imponente e inundado de luz. A estrutura do tecto, para além da sua função escultural, converte-se em elemento com forte poder estético na arquitectura da casa.

O que achou desta casa de estilo minimalista e uma estética asiática? Se visse o exterior conseguiria adivinhar o aspecto do interior?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!