Ar condicionado: segredos para economizar energia

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Economizar nunca é demais. Todo e qualquer método para economizar energia é bem-vindo. Um dos vilões do aumento da conta ao final do mês é o uso de ar condicionado. Porém, há famílias que não podem abdicar deste aparelho pelo que consideramos útil saber alguns meios para economizar sem ter que deixar usar o ar condicionado. Se já tem ar condicionado ou se está a pensar comprar um, leia com atenção o nosso artigo e tire as suas notas.

Escolher o melhor equipamento para a sua casa

Antes de comprar o mais barato ou o mais bonito, certifique-se de que o seu equipamento é o melhor para sua casa. Uma boa técnica para saber escolher o aparelho mais adequado é calcular a potência necessária para arrefecer ou aquecer a divisão em causa. Para calcular a potência correcta, é preciso saber exactamente a metragem do ambiente onde o ar condicionado vai ser instalado. Considerado a metragem, as pessoas que irão ocupar o espaço e também os aparelhos electrónicos nele presente, é determinada a potência. Se o ambiente ficar exposto ao sol durante um longo período, isso também deve ser levado em conta. Tente quebrar esse efeito com cortinas e persianas. Em alguns sites especializados é possível encontrar uma calculadora de BTU (unidade de medida utilizada para determinar a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura) que pode ajudar nessa cálculo. Pesquisa. Verá que encontra rapidamente.

Preços e tipos

Cumprido o primeiro passo, é mais fácil determinar o tipo de ar condicionado e o orçamento disponível. Lembrando que o cálculo correcto dos BTU não está apenas ligado ao conforto térmico do ambiente, mas também à poupança de energia. Se escolher um modelo impróprio, terá de forçar mais a máquina para obter a temperatura ideal e isso aumenta ainda mais o gasto de energia e, consequentemente, a conta da luz.

Antes de escolher vale também a pena investigar os valores de manutenção de cada sistema. Esse gasto pode variar dependendo do local onde vai ser instalado o ar condicionado e o lugar da casa onde ficará. No entanto, os ares condicionados portáteis não exigem gastos de manutenção recorrentes, ainda que o seu custo seja mais competitivo.

Para a janela ou portáteis

Antes de decidir, saiba a diferença entre eles. Para além da praticidade que é levar o ar condicionado portátil para qualquer lugar, ele é mais barato e as manutenções podem ser mais baratas e rápidas. Porém, entre as principais desvantagens deste tipo de aparelho, é não oferecer uma refrigeração tão eficiente quando comparada aos outros modelos. Por isso, é indicado para espaços pequenos. Mas, o gasto energético pode ser mais alto do que o dos modelos fixos pelo que vale a pena investigar muito antes de decidir qual o modelo ideal.

Por outro lado, os aparelhos para janela costumam ser bastante apelativos pois são mais baratos que os modelos portáteis ou os Split. Em contrapartida, são mais barulhentos e até os mais novos costumam fazer mais barulho do que os outros modelos. Se, no entanto, a sua casa já possui uma instalação para esse modelo, vale a pena investir pois isso torna tudo mais fácil e prático. Os modelos Split, por sua vez, são mais modernos e roubam a preferência dos consumidores em relação aos modelos de janela. Bastante silencioso e económico, esse modelo é dividido em duas partes. Uma fica dentro da divisão e a outra da parte de fora. A principal desvantagem deste modelo é que o custo final da instalação acaba por ser mais caro do que o previsto. Por isso, se a sua escolha recair aqui, coloque esse gasto na previsão da conta final.

Verifique as condutas

Para a instalação do ar condicionado é preciso ter as condutas preparadas. Afinal, é por elas que toda a instalação vai passar. Há casas e apartamentos que já vêm preparados com as condutas, mas isso é comum em residências mais novas ou em locais onde a necessidade de ter ar condicionado é maior por causa do clima da região. A limpeza e a manutenção são fundamentais não só para o bom funcionamento dos aparelhos, como também para a saúde daqueles que ficam no ambiente onde o ar condicionado está instalado. O projecto que vê acima é do escritório Espaço do Traço Arquitetura.

Feche as aberturas

As janelas e as portas devem estar bem fechadas quando o ar condicionado estiver a funcionar. Certifique-se que as abertas estão fechadas e que não há correntes de ar no ambiente. A exposição ao sol do espaço onde se encontra o aparelho também interfere na sua eficácia. O ideal é ter cortinas ou persianas que impeçam que o sol incida de forma directa.

Reorganize a mobília

Casas modernas por TOFU
TOFU

アトリエ

TOFU

A organização dos móveis do ambiente também influencia a eficácia do ar condicionado. Tente instalá-lo longe de cortinas e outros objectos que estejam “no caminho do ar”. Tenha, então, atenção ao instalar o ar condicionado. Se ele estiver em frente a uma parede, por exemplo, isso pode afectar o seu desempenho. Uma das nossas sugestões é que procure o local mais alto e mais aberto da casa. Como o ar mais frio tende a descer, a refrigeração será mais eficaz. Certifique-se, também, que o ar não incide apenas num local. Se colocar, por exemplo, o aparelho no quarto, não é aconselhável que a refrigeração seja direcionada directamente para a cama. Um profissional especializado saberá definir o melhor lugar para a instalação.

Melhores temperaturas

Não há uma temperatura média segura para o ar condicionado porque isso varia um pouco de ambiente para ambiente. O tipo de aparelho também interfere nessa escolha. Na dúvida, siga a regra do conforto. É uma questão de bom senso. Nem deve ficar com frio, nem cheio de calor. Repare que nos grandes escritórios há sempre a polémica do ar condicionado. Na sua casa, deixe esse conflito de fora.

Regras para uma casa económica

Salas de estar modernas por IURO

Deixar o ar condicionado ligado quando não há ninguém no ambiente é um desperdício. Muitos poderão considerar útil, uma vez que o aparelho vai resfriando o ambiente até que as pessoas voltem, mas o gasto de energia é alto. Não vale a pena, até porque o ar condicionado não leva muito tempo para arrefecer ou aquecer um ambiente.

Se o aparelho estiver ligado, não descuide as janelas e portas e mantenha-as fechadas. Faça com que todas as pessoas que partilham a casa consigo adquiram esse hábito. Para além do ar condicionado, a economia de energia deve ser um objectivo transversal a todos os moradores.

Mora numa região mais quente ou mais fria? Acha que o ar condicionado era uma boa solução para sua casa? Deixe-nos a sua opinião na caixa de coment...
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!