Uma casa excepcional no meio do bosque

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A homify leva-o hoje a conhecer uma casa de dimensões excepcionais à imagem do contexto onde se insere no coração da natureza, a meio de um bosque. Esta bela moradia é ideal para os amantes da natureza que não prescindem do conforto da arquitectura moderna.

Situada no meio de um bosque, a casa Sous-Bois convida os sonhadores a desfrutar de uma atmosfera idílica e repousante de pleno contacto com o meio ambiente.

O projecto, uma proposta do atelier Luc Spits, vai, com certeza, surpreendê-lo.

Um volume delgado

A tipologia desta construção é um resultado das restrições físicas do sítio onde se localiza. Os profissionais tiveram a preocupação de preservar o espírito de lugar, atendendo, em simultâneo, às expectativas dos clientes. A casa integra um contexto de floresta constituída, designadamente, por árvores jovens. A presença de uma lagoa perto da casa também influenciou a construção deste edifício, tanto no seu declínio como na sua direcção longitudinal.

Em jeito de conto de fadas

Totalmente envidraçada, esta villa deslumbrante, distribuída em três pisos, integra-se perfeitamente no bosque. E que melhor material que o vidro para não descaracterizar um ambiente como este? As superfícies envidraçadas que se debruçam sobre o lago cria um jogo de reflexos entre a pureza do vidro e a ubiquidade da água. Assim resultou o diálogo entre arquitecto e natureza.

Um piso avançado

A opção por um volume imponente avançado deveu-se aos constrangimentos geográficos do lugar. A orientação da casa permite minimizar a interacção com a vizinhança, integrando ao máximo a construção no meio em que se insere.

Esta habitação unifamiliar divide-se em três níveis distintos, sendo que apenas dois são acima do nível do solo. O telhado de duas águas encontra-se revestido por ardósia. Por uma questão de coerência e harmonia, este material prolonga-se pelas paredes do primeiro andar, um volume simples que contrasta com o inferior coberto por tijolo.

Há um desfasamento de colocação harmonioso entre os dois volumes. Este desfasamento oferece ligeireza à construção, moldando-a à dinâmica do local.

Dimensões impressionantes

No interior, as dimensões são igualmente impressionantes. A mescla entre os tectos altos, uma arquitectura de interiores estudada, a descompartimentalização dos espaços e as generosas superfícies envidraçadas reforçam a sensação de espaço na sala de estar. A mobília e a decoração em preto e branco realça o aspecto geral simples e elegante.

Uma inclinação útil

A inclinação do telhado permite o escoamento máximo da água da chuva, uma característica que não se pode subestimar numa região de forte pluviosidade como a Bélgica. A cobertura de duas águas, como já mencionado, encontra-se coberta por ardósia que se prolonga pelas paredes do primeiro piso, também revestidas por esta rocha. O volume de linhas limpas contrasta com a base mais em bruto construída em tijolos.

Um panorama de cortar a respiração

Despedimo-nos deste livro de ideias com esta vista excepcional da sala de estar para a floresta. A superfície envidraçada da fachada garante uma vista panorâmica aos moradores.

O que achou deste refúgio de cortar a respiração rodeado pela mais pura natureza? Identifica-se com o estilo arquitectónico?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!