6 dicas criativas para o seu interior se parecer a um loft

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Ouvimos falar em loft nas tendências de design, mas será que sabemos ao certo o que é? E porque está a ganhar tanto terreno no mundo do mercado imobiliário? 

O arquiteto francês, le Corbusier é que teve uma grande responsabilidade na criação dos lofts, na década de 1920, a partir de então começou a expandir-se esta novidade e hoje em dia é bastante comum viver num loft, aliás é bastante tendência. Os lofts consistem na recuperação de um espaço, como uma fábrica, um sótão, uma loja, um atelier, enfim lugares mesmo insólitos, onde é recuperado aquele espaço supostamente 'perdido' para dar vida a uma casa. A diferença de um loft para uma casa dita normal, é que todo o seu espaço é único e aberto, seja cozinha, sala de estar/sala de jantar, quarto, escritório, enfim todas as áreas que conseguir criar naquele lugar. 

Os lofts acabam por serem uma tendência por várias razões, por prenderem-se sobretudo no estilo industrial, bastante em voga, pela quantidade de metros quadrados que se consegue ter, mas sobretudo pelo preço. De facto, no mercado é possível encontrar excelentes oportunidades de fábricas, de lojas ou outras situações que acabaram por fechar portas… Por isso, o preço pode ser bastante atrativo, relativamente ao espaço que se pode ter. Esta situação acaba por conquistar bastante a população jovem, pelo preço e pelo estilo.

Por outro lado, o loft facilita a criação de um interior fantástico, que se consegue explorar pela nossa imaginação, pois naquele espaço tudo é possível. Este tipo de habitação possui uma grande versatilidade de designs…  

Se é fã deste tipo de habitação e quer fazer da sua casa um loft espetacular, então siga as nossas seis dicas criativas que vos trouxemos hoje. Inspire-se…

Materiais industriais

O estilo predominante num loft é sem dúvida o estilo industrial, uma vez que é mesmo neste mundo da indústria que são recuperadas estas casas. 

Para ter um loft não pode prescindir de uma parede em tijolo, poderá ser branca, avermelhada, preta, enfim são várias as possibilidades que pode encontrar no mercado. Se preferir tem ainda uma opção mais barata, como o papel de parede com uma representação de desenhos de tijolos, cria a ideia e o efeito fica sensacional. 

O chão dependente das condições do mesmo poderá ser alterado ou não, um chão em madeira ou em concreto (cimento) são talvez os que entrem mais no ambiente. Materiais reciclados, recuperados, tais como paletes ou móveis antigos, mesmo com aspeto de usado são perfeitos para respeitar a ideia de loft. 

Criar uma divisão e espaço

Quarto  por Jigsaw Interior Architecture
Jigsaw Interior Architecture

The Cotton Exchange – Bedroom

Jigsaw Interior Architecture

É claro que se falamos em lofts falamos numa união de espaço, as áreas não são inicialmente delimitadas. Não há dois ou três quartos, a divisão da sala ou da cozinha… não. Tudo é criado por si! Acaba por dar imensa liberdade, quer para organizar, quer para decidir qual das divisões queremos maior ou não, enfim a sua imaginação é o limite. Sem sombra de dúvida que com um loft a casa fica à sua imagem.

Quando se tem um loft ou mesmo uma casa pequena, devemos ser bastante eficazes na repartição e criação de espaços e de divisões. Devemos ter a área da sala, da cozinha, do quarto, da casa de banho e de outras áreas que achar necessário, por uma questão também de privacidade e de logística. Por isso, meça todo o espaço com cuidado, veja qual é para si a área mais importante e a partir daí faça as suas próprias divisões. Existem várias formas de dividir uma área, dentro do mesmo espaço, quer com móveis, quer com paredes falsas, com portas de correr, vidro, cortinas, biombos, painéis japoneses ou usando as alturas…

Usar as alturas

… quando o espaço é restrito usar as alturas poderá ser uma excelente solução, uma vez que todo o espaço é rentabilizado ao máximo. Por outro lado, sabemos que os lofts podem ter bastante altura, mais que numa casa normal, uma vez que fábricas ou outras lojas têm o teto mais alto. Neste sentido, pode perfeitamente criar um andar e fazer lá o seu quarto ou escritório, concede uma maior privacidade, além do aproveitamento do local ser total. 

Existem no mercado soluções próprias para esta questão, se não se sentir capaz de montar um andar sozinho faça apelo a um profissional, como arquiteto que encontrará a melhor solução para rentabilizar o seu espaço no seu todo, como construir um andar.

Escolha o mobiliária certo

Escolher o mobiliário certo para criar o seu interior com aspeto de loft é sem dúvida um ponto fulcral que não pode ignorar. Como já referimos o uso de peças usadas, recuperadas e feitas por si (ideias DIY) fazem da sua casa um verdadeiro loft ao mood industrial. Use móveis de couro, reciclados, madeira de demolição e bastante ferro a aço. Junto com peças de mobiliário mais modernas, linhas simples e direitas. O truque é usar objetos únicos e diferentes que não têm mais funcionalidade e podem servirem de destaque, como umas escadas antigas, umas caixas de fruta a servir de prateleira ou ainda umas malas de viagem velhas a servirem de mesa de apoio ou de cabeceira. A conjugação entre o usado e o moderno é a assinatura perfeita do estilo industrial. 

O mobiliário certo faz-se também através da escolha das cores, as neutras e as mais escuras são as principais escolhas. Para cores de destaque, as mais comuns são os vermelhos e  cor de laranja, em tons mais apagados, menos vibrantes. Porém, pode usar cores variadas como destaque, desde que haja o contraste das escuras com as claras.

Iluminação

COLEÇÃO VINTAGE - PRIDDY: Casa  por EGLO PORTUGAL ILUMINAÇÃO
EGLO PORTUGAL ILUMINAÇÃO

COLEÇÃO VINTAGE – PRIDDY

EGLO PORTUGAL ILUMINAÇÃO

A iluminação é um ponto que nunca deixamos de parte na homify, é fulcral em qualquer decoração e ambiente. 

Na verdade haverá lofts com uma excelente iluminação natural, por ter janelas imensas, mas poderá haver o oposto, com pouca fonte de luz natural, pois tudo dependerá do seu loft. Para ambas as situações o que compõe o estilo industrial é o aproveitamento total do sol dentro de casa, as cortinas são claramente uma opção pessoal, a menos que necessita delas para servir de 'estores' à noite. 

Por outro lado, a iluminação artificial faz-se com candeeiros pendentes, é um design muito característico nesse ambiente, tal como estes que podemos ver nesta inspiração, que são de marca portuguesa Eglo, criam o aspeto perfeito e ideal para a sua casa se parecer mesmo com um loft!

Decoração típicas de um loft

Salas de estar industriais por Meero
Meero

Loft parisien

Meero

Rematamos o estilo loft com a decoração, já que é a última coisa que fazemos depois de uma instalação e de mudanças, é um pouco como a cereja no topo do bolo. A casa ganha alma e personalidade, fica sem dúvida mais bonita, por isso nunca pode ser esquecida ou deixada de parte. 

Decorar um loft remete-nos outra vez para a ideia de objetos recuperados ou práticas DIY, muito comum com paletes, veja este artigo para se inspirar. A decoração é ainda muito simples, sem grandes acessórios ou detalhes. Pode escolher uns quadros artísticos ou em grafiti, tapetes de pêlo, almofadas coloridas, flores e deixar falar por si o próprio ambiente…

Gosta deste estilo? Quer criar o seu loft?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!