As melhores cores para cozinhas pequenas!

Mariana Garcia – Homify Mariana Garcia – Homify
Loading admin actions …

Ter espaços pequenos em casa é uma constante do nosso dia-a-dia; saber o que fazer com eles de maneira a que fiquem bonitos, funcionais e convidativos é uma arte! Mas tenha calma, que se não se considerar uma pessoa com alguma veia artística, nós vamos ajudá-lo… pelo menos no que toca a uma opinião acerca das cores a serem escolhidas para a sua pequena cozinha!

Para quem não tem possibilidade de encomendar sempre comida na rua ou para quem gosta de preparar as refeições lá de casa, a cozinha é uma das áreas sociais que mais é utilizada no nosso quotidiano. A maior parte das refeições passam por lá, quer seja para serem confeccionadas, quer para serem aquecidas, certo? Portanto, é uma divisão que precisa de ser confortável na óptica do utilizador, para que não se torne um sacrifício estar dentro dela. No entanto, muitas vezes as cozinhas com que nos deparamos são pequenas e parece que mal nos conseguimos mexer entre panelas, pratos e outros utensílios. Uma vez que não conseguimos aumentar a área delas, podemos jogar com a ilusão de óptica para fazer com que elas pareçam maiores – e é aqui que entram as cores que escolhemos para utilizar na nossa cozinha! Claro que acima de tudo está o gosto individual de cada um e, independentemente do que cada cor transmite, devemos escolher o que mais nos agrada. Ainda assim, reunimos para si algumas dicas e sugestões para que a remodelação da sua cozinha tenha a influência de uma nova visão e de ideias arejadas! Se ficou curioso e quer saber mais acerca da nossa selecção, fique connosco e refresque a sua mente!

Preto

Casa Cedofeita: Cozinhas modernas por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

Casa Cedofeita

Floret Arquitectura

A menos que a cozinha, apesar da sua dimensão, tenha uma enorme janela que lhe permita um banho de luz natural gigante e quase que permanente, o preto não deverá ser a sua primeira opção para a decoração. E porquê? Porque pode acabar por lhe roubar um bocado de espaço. Ainda assim, se for mesmo a cor ideal para si e não quiser abdicar dela, não fique desanimado! Por outro lado: tente optar por armários de linhas minimalistas e simples, para que não haja demasiados recantos e sombras que irão ocupar ainda mais a sua cozinha. O preto, que tal como o branco também não é uma cor – é sim a ausência de todas elas, tem a grande vantagem de tornar o ambiente muito sóbrio, elegante e formal. O grande problema é que é um pouco ingrato, na medida em que se mancha muito facilmente. Além disso, pode ir perdendo a cor conforme use mais uma área que outra, por isso se a sua cozinha é uma cozinha a ser usada intensamente, talvez não seja a melhor escolha.

Branco

Apartment in Belém, Lisbon: Cozinhas escandinavas por Lagom studio
Lagom studio

Apartment in Belém, Lisbon

Lagom studio

A primeira sugestão que lhe deixamos é que utilize o branco. Esta cor, para além de evidenciar a sujidade e portanto ajudá-lo a manter o espaço mais limpo, permite que esta divisão tenha um ar mais simples, menos gritante e que sinta que tem mais área de trabalho disponível para a confecção das refeições ou para arrumar na banca utensílios. Se for possível, deixamos ainda a dica de manter os armários mesmo em low profile, isto é, sem puxadores para que fiquem ainda mais camuflados nas paredes brancas. A última coisa da qual se aperceberá quando entrar na sua cozinha serão portas e gavetas por todo o lado! Ficará com a sensação de cozinha arrumada, mesmo que ela possa estar um pouco caótica. Além disto tudo, o branco deixa que a luz seja reflectida (na verdade, o branco não é uma cor se não a junção de todas as cores do espectro de cores), iluminando ainda mais o espaço mesmo que a luz natural não exista em abundância.

Preto e branco

No caso de considerar o branco ou o preto aborrecido, mas querer tirar partido de ambas as cores de uma forma discreta e com bom gosto, sugerimos que as misture. Aqui, pode optar por padrões com pormenores pequenos (por exemplo, riscas finas em vez de quadrados grandes) para que não sejam zonas onde o olhar fique preso. Também pode deixar o preto para os móveis e utilizar o branco para a bancada – a escolha é sua! Um conselho que lhe damos é que tenha em atenção o tipo de material que compra: tal como lhe dissemos anteriormente, o preto pode ir desbotando ao longo do tempo com a utilização e o tipo de produtos de limpeza que usa. Como o barato pode sair caro, se for uma cozinha para durar, procure informar-se e investir um pouco mais pelo menos nas zonas que quer a preto, para que a sua cozinha mantenha durante mais tempo um aspecto bonito.

Cores quentes

Apartamento A3_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores: Cozinhas ecléticas por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores
Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Apartamento A3_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores

Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Amarelo, laranja ou vermelho? Mais uma vez, a escolha é sua! Se quiser, até pode misturar estas cores, apenas com o cuidado de não tornar nada muito berrante. A utilização de cores garridas em cozinhas pequenas funciona muito bem, na medida em que (por norma) são espaços com pouca luz natural e estas cores dão-lhe alguma vida permanente. De qualquer maneira, a premissa inicial mantém-se: depende do seu gosto. Se é do tipo de pessoa que gosta de cor e vida no seu dia-a-dia, estas cores ajudá-lo-ão a gostar ainda mais da sua cozinha. Pode utilizar mosaico-pastilha numa pequena zona (como o fogão) ou, quem sabe, uns azulejos esporadicamente colocados na parede. Pode dar esse toque colorido através de outros pormenores, como tapetes, candeeiros ou fruteiras.

Azul

Os tons azuis são fortes como os anteriores, com a diferença que tornam o ambiente mais frio. Se for a cor que melhor lhe soa para a cozinha, fica já a saber que funciona muito bem com bancadas em madeira clara!

Cores neutras

Sem dúvida que são uma excelente opção, porque tornam o pequeno espaço num sítio tranquilo, sem demasiada informação, sem que nenhuma cor se queira sobrepor. Pode até misturar uma ou duas dessas cores com o branco, para que não fique tudo muito monótono.

Que cores devo evitar?

Vista interior - cozinha: Cozinhas modernas por Clínica de Arquitectura
Clínica de Arquitectura

Vista interior – cozinha

Clínica de Arquitectura

Muitas cores muito fortes! Não é, de todo, uma boa ideia ter mil cores a berrar pela sua atenção, não acha? Se gosta de cores com essas características, siga as indicações do nosso quarto ponto, para que não se farte rapidamente da sua cozinha! 

Qual vai ser a cor da sua cozinha?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!