Peso da idade? Prepare a sua casa a pensar no futuro

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Peso da idade? Prepare a sua casa a pensar no futuro

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Salas de estar  por Standal ,
Loading admin actions …

Pois é, todos sabemos que irá chegar, mas pouco fazemos para prevenir as dificuldades que hão de vir! Estamos a falar da velhice, claro, e qualquer um de nós gostaria de chegar a velho com qualidade de vida: – manter a mobilidade e a senilidade no inverno da vida é uma prioridade de todas as sociedades evoluídas. Mas a realidade é que, mesmo que isso aconteça, as dificuldades motoras tendem a acumular-se com a idade.

Dói um joelho, ou os dois, as pernas fraquejam, a visão já não é tão apurada, as mãos tremem, a mobilidade é mais complicada. É normal, e quando há barreiras físicas tudo custa muito mais… Dois ou três degraus ganham a dimensão de montanhas, os espaços que antes eram funcionais tornam-se quase prisões, perde-se qualidade de vida. 

E que dizer quando as dificuldades se tornam impeditivas numa idade em que não era suposto, como em caso de acidente ou doença debilitante?

Hoje decidimos abordar este tema sensível, mas crucial. Queremos mostrar-lhe que há soluções para facilitar a vida quando o corpo já não reage como dantes. Apenas tem de encarar o assunto de forma corajosa e atempadamente!

1 – Anule as escadas – A solução ideal para quando há espaço

Salas de jantar  por homify,
homify

Elevador residencial

homify

Já sabemos como adoramos escadas, e como tantas vezes fazemos delas autenticas obras de arte da arquitetura. No entanto, com o passar dos anos, estes lindos elementos de nossa casa transformam-se em verdadeiros inimigos! É comum muitos idosos confinarem as suas vidas ao primeiro piso para não terem de subir as escadas, mas ninguém quer deixar de poder usufruir de toda a casa!

Começamos por uma solução dispendiosa, mas definitivamente eficaz, para ultrapassar o obstáculo em que as escadas se transformam com o passar dos anos: – um elevador! 

No entanto é preciso referir que a instalação de um elevador numa casa pressupõe a existência de espaço suficiente para ele, o que nem sempre acontece. Hoje em dia há soluções para todos os casos, podendo o elevador inclusivamente ser instalado de forma funcional e harmoniosa na fachada da casa, mas é claro que isto implica um investimento avultado. 

Se esta não é a sua solução, por um motivo ou pelo outro não desanime, há mais hipóteses. Continue a ler!

1 – Anule as escadas – A solução para uma adaptação simples

Escadas  por homify,
homify

Cadeiras de escadas

homify

Outra solução excelente para fazer desaparecer as escadas (não literalmente, claro) é um elevador de assento. 

Esta opção é perfeita para casas onde o espaço é mais pequeno. O assento corre sobre um carril que é instalado junto aos degraus e dobra-se quando não está em utilização, pelo que ocupa muito pouco espaço útil. 

Este sistema não exclui múltiplos andares ou mesmo zonas curvas, tornando-se bastante funcional.

1 – Anule as escadas – Outra solução de adaptação

Escadas  por homify,
homify

Plataforma elevatória para cadeira de rodas

homify

Quando as dificuldades já obrigam ao uso de uma cadeira de rodas há outras soluções, como este elevador com plataforma para fazer subir a cadeira!

2 – Planeie a casa de banho – dificuldades de motoras

Quando a motricidade já não é o que era a casa de banho pode tornar-se num pesadelo: – a humidade torna as superfícies escorregadias, tomar banho torna-se mais difícil e até levantar da sanita pode ser bem complicado.

As nossas sugestões pode visualizá-las nesta imagem… Instale um pavimento antiderrapante, mas aconselhe-se sobre o mais adequado junto ao seu fornecedor.

Instale barras de apoio nas laterais da casa de banho, da cabina de duche e mesmo da sanita. 

Para maior capacidade de autonomia opte por um chuveiro sem polibã, e não se esqueça de instalar um banco!

2 – Planeie a casa de banho – cadeira de rodas

Quando a cadeira de rodas ou o andarilho se impõem é preciso repensar o design da casa de banho como um todo!

A sanita deve ser adaptada, assim como o lavatório, e as tomadas e armários devem ser colocados mais abaixo para serem acessíveis.

A banheira tem mesmo de ir para dar lugar a um chuveiro adaptado, onde a cadeira possa entrar. Lembre-se de deixar o espaço suficiente para a cadeira poder virar a pelo menos 180º entre todos os elementos da casa de banho, e de instalar as barras lateriais necessárias para que a pessoa com dificuldades possa encontrar o apoio necessário.

E se pensa que todas estas condicionantes são impeditivas de um estilo bonito, as propostas dos nossos profissinais encarregam-se de lhe mostar que não!

3 – Repense o quarto

Mesmo que a cadeira de rodas seja dispensável (esperemos que se mantenha longe por muito tempo), quando há dificuldades motoras o design do quarto e do seu mobiliário deve ser repensado. 

Baixar-se e levantar-se torna-se muito complicado pelo que a cama deve ser alta para facilitar essas tarefas. Os tapetes devem desaparecer para evitar tropeções, mas, se não consegue viver sem eles, escolha modelos baixos e cole-os ao soalho com autocolantes de silicone antiderrapantes.

4 – Redefina a cozinha

As linhas direitas e minimalistas numa cozinha prática e funcional facilitam a execução de tarefas domésticas a quem já tem dificuldades em fazê-las. 

Um espaço amplo e desimpedido facilita a circulação em cadeira de rodas e com andarilho.  Optar por portas e gavetas com abertura por pressão, excluindo puxadores, elimina embates dolorosos e proporciona uma abordagem mais segura às áreas de trabalho, além de tornar o espaço mais moderno.

5 – Faça desaparecer obstáculos e repense layouts

O estilo minimalista acaba por ser amigo de quem tem mais dificuldades, facilitando a circulação e a limpeza, mas pode não dar o suporte necessário nas paragens durante a circulação. Pense muito bem na distribuição de todos os elementos dos espaços, como os móveis, e disponha-os de forma a facilitarem a passagem a quem tem dificuldades, e se for necessário incorpore apoios que se harmonizem com o estilo. 

As portas de puxar podem tornar-se bastante incómodas, pelo que a sua substituição por portas de correr pode ser uma mais-valia.  

Não sabe por onde começar? Peça ajuda a um dos nossos designers de interiores! Estes profissionais têm a formação em ergonomia e em design necessários para o ajudar a que tudo fique mesmo à medida das necessidades!

6 – Facilite os acessos

Acabamos com o mesmo tema com que começámos: os degraus. Mas desta vez focamo-nos nos exteriores! 

Se tem uma entrada com uma grande escadaria a solução pode passar por um elevador de cadeira para exterior, do género da segunda imagem deste artigo. 

Mas, mesmo que tenha uma casa térrea, com um ou dois degraus na entrada, isso pode significar um impedimento sério à saída ou à entrada da casa. Neste caso o melhor é fazê-los desaparecer e substituí-los por uma rampa com um declive muito suave e pavimento antiderrapante, e acrescentar um corrimão de apoio. Para uma perfeita integração na fachada peça ajuda ao seu arquiteto.

Já se rendeu às vantagens de ter uma casa térrea? Então veja muitas ideias no artigo ’10 fantásticas casas térreas’.

Já tinha pensado neste tema? Tomou alguma destas medidas ou outras?
Casas  por Casas inHAUS,

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!