Salas de estar modernas por Excelencia en Diseño

Damos-lhe mais de 20 ideias para decorar a sala

Sílvia Astride Cardoso – homify Sílvia Astride Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

sala de estar é, por norma, a primeira divisão que nos recebe e nos recorda que não há nada como o conforto e calor da nossa casa. Também é na sala que recebemos os nossos amigos e família para serões de boa conversa.

Quem entra na sala, consegue ter uma primeira impressão da nossa personalidade e gosto. Por isso, é importante que as nossas ideias se materializem na decoração. Neste artigo, deixamos-lhe algumas sugestões para se assegurar que a decoração da sua sala é um êxito.

Tome nota e ponha-as em prática.

Utilize bem o espaço

Consoante a configuração e a superfície da sua casa, a sala ocupará um espaço maior ou menor. À partida, deverá surgir ao lado da sala de jantar, podendo ou não estar ambos os espaços integrados. Quando a área disponível para a sala não é particularmente grande, é importante ter em mente algumas regras para tornar o ambiente mais compacto e fazê-lo parecer maior do que aquilo que realmente é. 

Em primeiro lugar, os espaços pequenos não precisam de móveis aparatosos, mas sim de peças com formas simples que não ocupem tanto espaço visual. Os materiais e superfícies lisas também são importantes no que toca a aligeirar o aspecto óptico do espaço já que cores muito carregadas e padrões pesados acabarão por sobrecarregar o ambiente.

Aconselhamo-lo, pois, a apostar em adornos simples e minimalistas que não devem estar presentes em grande número. É também importante que se abstenha de comprar peças de decoração de grande tamanho, sejam elas candeeiros, jarrões ou plantas. Escolha peças de tamanho médio ou pequeno.

Crie uma ilusão de espaço

Um único sofá independente ou um jogo seccional serão suficientes para uma sala pequena. As poltronas estreitas também são preferíveis em detrimento das mais largas. As mesas de centro podem nem existir ou ser substituídas por umas mesinhas pequenas. Os candeeiros suspensos e apliques são os melhores quando se trata de aproveitar o espaço pois deixam livre mais um lugar no chão, seja para colocar outro elemento ou para deixar mais um espaço vazio e reforçar a percepção de amplitude visual. 

Quantos menos adornos tiver, de mais espaço livre poderá usufruir, pelo que o estilo minimalista é um grande aliado em divisões pequenas. 

Lembre-se, ainda, que as cores muito escuras nas paredes fazem os espaços ficar mais pequenos. Se a sua sala não é muito grande, escolha uma paleta de cores claras ou de tons neutros e deixe as cores mais quentes e vibrantes para os pormenores. 

Por fim, não se esqueça que as linhas horizontais dão profundidade aos espaços pelo que as pode incorporar discretamente numa carpete ou num revestimento de parede (papel de parede, por exemplo), num estampado, numa peça de mobiliário ou em acessórios como quadros e espelhos. 

Escolha móveis com o tamanho ideal

Lembre-se sempre: móveis grandes, só em espaços amplos. Pelo contrário, os móveis pequenos podem ser incorporados num espaço grande mas em maior número, ou seja, em vez de uma mesa de centro, pode combinar duas ou três, de preferência com alturas diferentes e não necessariamente iguais. Se preferir, pode também optar por uma configuração mais simétrica e incorporar mesas pequenas iguais em vez de uma só em ponto grande.

As bibliotecas numa sala são recomendáveis apenas quando a divisão é ampla. De outra forma, é melhor restringir-se a algumas estantes, módulos ou prateleiras suspensas ou a uma estante baixa e comprida. Independentemente do tipo de peça, o mais importante é saber jogar com os materiais, formas, cores e alturas dos móveis que devem ficar nivelados.

Outras peças para a sala

Já sabe se quer ou não incluir uma televisão na sua sala? O mesmo conceito aplica-se aqui. Suspenda a televisão na parede se a área não é particularmente grande ou escolha um móvel de televisão compacto e com arrumação para acomodar o aparelho. Se precisar de uma área de trabalho neste espaço, pode colocar uma prateleira a um nível baixo e usá-la como secretária em vez de comprar mesmo uma que lhe vai ocupar mais espaço.

Cores que transmitem uma sensação de limpeza

Como imaginará, os tons neutros são os melhores para servir como cor de base, pois podem ser combinados com uma panóplia de cores diferentes. O branco é, sem dúvida, uma cor que transmite uma sensação de limpeza. Esta ligação à pureza torna-o importante no estilo moderno, embora possa ser usado em espaços de outros estilos. Para além disso, é uma cor capaz de gerar contrastes interessantes. 

Cores claras

O bege, por sua vez, é uma cor mais clássica e menos fria do que o branco. Também é versátil e permite uma miríade de combinações devido à sua neutralidade. O bege harmoniza-se na perfeição com uma paleta de cores terra já que são mais orgânicas.

O amarelo claro é menos neutro, mas também fica bem com algumas cores vibrantes. Trata-se de uma cor que permite iluminar melhor a sala, oferecendo-lhe amplitude e alegria. Os tons pastel também produzem este efeito, evitando assim a sobriedade de tons como o branco e o bege.

Os cinzentos

Os cinzentos são também neutros e, como tal, versáteis. Ficam particularmente bem com o preto e o branco, embora possam misturar-se com outros tons vibrantes. Também pode usar o cinza em variações diferentes, criando assim um ambiente rico e com profundidade. Não menospreze esta cor já que pode servir-lhe como uma elegante base para a sua sala. Quanto mais claro for o cinza, mais luminoso será o espaço. Os espaços monocromáticos, para além de elegantes, são tendência. 

A distribuição perfeita

Quando distribuir os móveis na sala, considere a iluminação do espaço. De quantas janelas ou luz natural dispõe? Quantas paredes tem para utilizar? Há luzes embutidas ou precisa de candeeiros para criar mais ambiente? É a divisão quadrada ou rectangular? 

Uma vez analisada a iluminação do espaço destinado à sua sala, pense nos móveis de que precisa para a ambientação do lugar. Leve sempre em consideração as proporções. Como mencionámos, escolha móveis pequenos para divisões pequenas e se puder invista em peças multifuncionais.

Distribuição em áreas maiores

Se o espaço é grande, pode então optar por móveis maiores ou por distintos móveis individuais que possam ser combinados para encher a área. Ao contrário dos espaços pequenos, os grandes precisam de mais peças para que o ambiente não pareça vazio. Com um decorador ou designer de interiores, faça primeiro um projecto para determinar as diferentes opções que tem à sua disposição. 

Depois de encontrado um lugar para as peças maiores, pode concentrar-se nos acessórios. Dedique as esquinas às mesas pequenas, plantas ou candeeiros de pé. Se tem uma parede grande, pode colocar uma peça de arte nessa parede ou vários quadros de menor tamanho.

Evite pôr quadros ou porta-retratos nas mesas de apoio que são pequenas e opte por colocá-los num móvel maior, nas prateleiras/estantes ou numa parede vazia. Escolha uma parede – a que tiver mais importância dentro do espaço – e decore-a com quadros para criar um ponto de interesse na sala.

A forma da sala desempenha um papel importante

A forma da área destinada à sua sala não se limita à sua geometria; deve também considerar-se se se trata de um espaço aberto ou fechado e qual é a sua posição dentro do plano da casa. Se a sala é aberta e o espaço que a rodeia não é muito confinado, pode criar uma discreta divisão com uma consola, por exemplo.

Também pode optar por aproveitar o espaço aberto e deixá-lo assim para que o efeito de amplitude seja mais dramático. Se se trata de uma sala fechada, não a encha de móveis para não saturar a atmosfera. 

Objectos de decoração

Para além dos móveis, não se esqueça dos acessórios. Os objectos de decoração desempenham um papel importante no projecto da sua sala. Os móveis expressam o seu gosto e estilo, mas a decoração é que dá um toque pessoal ao resultado final.

100% o seu estilo

O espaço, como já referimos, deve reflectir os seus gostos. O estilo dos móveis reflecte o seu estilo de vida e o momento em que se encontra. Se tem crianças pequenas, não vai por certo escolher sofás brancos imaculados ou peças de decoração de cristal. Pelo contrário, vai seguramente criar um espaço onde as crianças se sintam bem e onde haja até uma pequena área para as brincadeiras.

Se gosta de ler, não lhe vai, por certo, dispensar uma poltrona ou chaise-longue bem iluminados para poder desfrutar dos seus livros preferidos. Se gosta de fotografia, não faltará uma parede cheia de fotografias especiais. Se tem alguma colecção, talvez seja uma boa ideia exibi-la numa estante de forma a marcar afincadamente a sua presença e influência no espaço.

Os candeeiros modernos podem complementar a decoração, seja através de candeeiros suspensos no centro ou de apliques e candeeiros de pé. Os apliques de luz ou as luzes embutidas são uma boa opção para poupar espaço e ganhar amplitude e também para dar um toque de originalidade ao espaço. Um candeeiro de design pode fazer toda a diferença na sala e ser até o protagonista da decoração.

As formas geométricas

As áreas rectangulares, se forem grandes, podem ser divididas e servir dois propósitos distintos. De um lado sala de estar, do outro sala de jantar. De um lado sala, do outro uma área para um escritório ou, quem sabe, para um piano. De um lado sala, do outro um espaço para as plantas se houver uma janela por perto.

Se a forma da sala é quadrada e a superfície grande, dois sofás, uma ou duas mesas de centro e duas poltronas encherão o espaço. Se, pelo contrário, a área não é muito grande, deixe uma parede vazia ou apenas ornamentada com uma peça leve como uma consola de linhas simples e clean.

Da mesma forma, as cores têm que expressar a sua personalidade. Há, seguramente, uma cor que sempre o seduziu. Essa cor não pode faltar na sua sala, seja nas almofadas, nos quadros, nos adornos ou detalhes arquitectónicos. O que quer que seja que decida incorporar no projecto da sua casa, nunca se esqueça da sua identidade. 

Mais do que acessórios

Dentro dos elementos de decoração que pode incluir na sua sala estão as antiguidades. Mesmo num espaço moderno pode incluir uma peça antiga para gerar um contraste. Esta peça pode ser um móvel ou um objecto de decoração mais pequeno como um candeeiro ou uma peça de colecção.

As plantas, para além de nos proporcionarem oxigénio e serem benéficas para a nossa saúde, ajudam à concentração e a melhorar o humor, ligam-nos à natureza e fazem com que o nosso espaço se encha de vida e deixe de ser estéril. Inclua plantas frondosas se tiver espaço. Se não tiver, use plantas mais pequenas e com menos ramos.

Vai pôr em prática alguma destas ideias? Deixe-nos o seu feedback.
Habitações  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Peça a sua consulta grátis

Encontre inspiração para casa!