1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura

Passado e presente num espaço único

Mariana Caldeira Mariana Caldeira
Loading admin actions …

Apesar de a homify 360º já lhe ter apresentado vários projetos de reabilitação excepcionais, dificilmente lhe terá apresentado um espaço com tanta história como o que lhe trazemos hoje. Localizado numa zona cheia de memórias da cidade do Porto, o espaço em questão sobreviveu a uma série de dificuldades ao longo dos anos, que o tornaram um espaço de caráter singular. 

O atelier responsável pela intervenção é conhecido por Floret Arquitectura e já aqui foi mencionada graças à qualidade do seu trabalho. Liderada pela arquitecta Adriana Floret desde 2001, a equipa destaca-se pelo seu trabalho desenvolvido em projetos de reabilitação urbana, sobretudo no Porto. Venha connosco e fique a conhecer uma obra de transformação única, numa das cidades mais bonitas do nosso país.

Lugar e contexto

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

O edifício de seis pisos situa-se no muro dos Bacalhoeiros, na cidade do Porto, enquadrando-se numa das zonas identificadas como Património Mundial pela UNESCO. Junto à frente ribeirinha da cidade, pensa-se que este espaço terá sido construído após a Muralha Fernandina ter perdido o seu sentido militar, possibilitando a integração de novas áreas para fins civis. Em 2008 o edifício cheio de memórias foi alvo de um incêndio que o deixou severamente destruído.

Intervenção

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

Apesar do estado de degradação do lugar, o valor histórico do espaço fez com que o trabalho desenvolvido pelos arquitectos procurasse preservar ao máximo a arquitetura original, adaptando-a à sua nova função de alojamento turístico. Não sendo uma reabilitação integral, a intervenção teve uma preocupação especial em harmonizar materiais e técnicas construtivas tradicionais com novos elementos de características contemporâneas. 

Entrada

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

O acesso ao hotel assinala um dos momentos mais interessantes de todo o espaço. Realizada através de uma cota superior, numa espécie de miradouro, a entrada é feita a partir de um corpo rodeado por vitrais trabalhados, criando uma passagem suspensa sobre a rua em que se desenvolve o edifício. Além de permitir o acesso a partir da frente ribeirinha, este elemento acaba por se constituir como elemento diferenciador dos restantes edifícios desta zona.

Interiores

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

A beleza dos interiores deste edifício resulta do equilíbrio estabelecido entre a arquitectura original do espaço e os novos elementos contemporâneos. A integração da leveza do branco minimalista é contraposta pela preservação de algumas paredes em granito. Embora os novos revestimentos do teto e algumas paredes em branco tornem o espaço mais amplo, é a preservação da tradicionalidade da madeira e da pedra que garantem um ambiente acolhedor ao novo alojamento turístico.

Escada

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

Tratando-se de um edifício com apenas 77m2 de implantação, grande parte dos espaços foram integrados ao longo de um desenvolvimento em altura. Para garantir a circulação vertical, foi desenhada uma nova escada em betão que assumindo um lugar central na construção, atravessa os seis pisos. Com um desenho excepcional e claramente contemporâneo, este elemento além de cumprir um papel funcional fundamental, assume um caráter escultórico neste espaço turístico.

Tradicional

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

Integrando oito quartos diferentes, o trabalho desenvolvido pelos arquitectos procurou adaptar cada um destes espaços às características da área em que se encontrava. Neste caso foi possível combinar o conforto contemporâneo com azulejos e paredes históricas. Mais uma vez, o equilíbrio entre passado e presente deu origem a um conjunto singular.

Moderno

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

Devido ao nível de degradação de algumas zonas do edifício, alguns quartos acabaram por ser materializados numa linguagem mais contemporânea. No entanto, apesar da presença abundante do branco que torna as divisões mais luminosas, os pavimentos em madeira acabam sempre por criar uma atmosfera mais acolhedora.

Privilégio

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

Complementando a qualidade do projeto de arquitetura, é impossível ignorar os privilégios garantidos pela localização do espaço. Mesmo em cima da ribeira do Porto, o alojamento turístico permite desfrutar de um fim de dia numa das zonas mais belas da cidade sem ter de atravessar a cidade ou recorrer transportes.

Passado e presente

1872 - River House: Hotéis  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

1872 – River House

Floret Arquitectura

A qualidade da intervenção desenvolvida pela equipa Floret Arquitetura, reside na vontade de harmonizar dois momentos históricos. Abençoada pela beleza única da Baixa do Porto, a transformação permitiu criar um lugar com condições de conforto contemporâneas através de uma delicadeza que preserva as memórias do edifício. O processo criativo que permitiu preservar a identidade arquitectónica de um edifício altamente destruído, só pode ter sido extremamente exigente. 

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!