Aparadores modernos: um móvel secular trazido ao presente

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A História deixa-nos saber que os aparadores apareceram, pela primeira vez, em Itália. Baptizaram-nos como “credenza” que podemos traduzir como “crença”. Então, mas porquê? Bom, no século XVI, os criados provavam as bebidas e os alimentos antes dos senhores para se assegurarem de que não estavam envenenadas. Daí o nome que, ainda hoje, perdura na língua inglesa. 

Os aparadores são, particularmente, usados enquanto móvel de apoio na sala de estar. É lá que podemos pousar os melhores petiscos, a bandeja com as bebidas ou a máquina de café com um serviço de chávenas bonito. No entanto, o aparador pode transcender este propósito. Encontramo-lo, com frequência, no hall de entrada com candeeiros, um espelho a encabeçá-lo ou objectos decorativos esculturais a decorá-lo. Em boa verdade, nisto da decoração, não há uma regra. Há pessoas e pontos de vista e as possibilidades são infinitas. Ou andam perto disso. 

No artigo de hoje, focamo-nos em aparadores modernos. Simples mas não simplistas. Todos têm um detalhe que os diferenciam.

Ora, vejam lá.

Para a entrada

O elemento distinto deste aparador é, por certo, o seu suporte com pés cruzados. O móvel é simples e ocupa pouco espaço e, assim, não se impõe em relação ao resto decoração. Pelo contrário, funde-se subtilmente com ela, até por via da cor neutra em que está pintado. Na casa da imagem, em Sylt, na Alemanha, encontra-se na entrada. O saco em serapilheira, a bandeja em madeira tosca e os dois quadros com ilustrações marítimas indiciam-nos uma casa de praia. Assim é. Uma fotografia embrulhada em bom gosto na qual se pode inspirar para, também você, dar um toque especial à sua entrada ou sala de jantar. Dizemos-lhe mais. Esta peça também ficaria bem atrás de um sofá com um candeeiro em cada extremo. Considere a nossa sugestão, sem esquecer que o aparador e as costas do sofá devem ser da mesma altura. 

Mirror mirror on the wall

Sala de jantar  por homify
homify

APARADOR COLGADO A PARED

homify

Ao invés de um aparador, vemos dois aparadores com superfície espelhada suspensos na parede, lado a lado. Colocá-los desta forma é reinterpretá-los e elevá-los a outro nível. Literalmente e não só. Contrariam a ideia do aparador grande e de madeira escura que ladeia a mesa da sala de jantar e representam uma estética imbuída em ligeireza e sofisticação, não deixando, porém, de servir o propósito que lhe quisermos dar. Cremos que ficariam bem em espaços com pontos de vista decorativos distintos. Todavia, se tem uma casa pequena, eis o tipo de aparador em que pode apostar. O reflexo do espelho cria a ideia de maior amplitude do espaço, são leves, finos e requintados. E para aspirar? Que maravilha. 

Uma ideia da marca espanhola Pianca Mobiliario.

Como Mondrian pintaria

Sala de jantar  por My Italian Living
My Italian Living

'Glass' mosaic door sideboard by Dall'Agnese

My Italian Living

Um aparador que nos lembra as composições em cores primárias delineadas a preto do pintor holandês Piet Mondrian. E é em jeito de “peça referência” que nos surge este aparador que, mais que uma mesa de apoio, mais que uma mesa de canto, é um elemento que encerra em si mesmo o estatuto de obra de arte que não passará despercebida. Concebemos, facilmente, a sua colocação num hall de entrada onde causaria grande impacto e deixaria adivinhar uma casa com personalidade vincada ou numa sala minimalista e monocromática a destacar-se no conjunto. Ainda que se desenhe em linhas modernas, identificamo-lo com um estilo retro, reminiscente dos anos 60. 

Um móvel da My Italian Living.

Moderno, mas nem tanto

Embora moderno – repare nos pés, na cor, nas linhas simples – tem um apontamento saudosista que se materializa por via das duas portas do meio, em palhinha. Este aparador pertence a um apartamento em Fortaleza, no Brasil e a verdade é que as portas assim o denunciam visto que lhe emprestam alguma tropicalidade que o tornam, por exemplo, ideal para uma casa de praia. Na imagem, aparece decorado com uma elegante bandeja que serve de suporte a bebidas e duas jarras de pé alto, uma delas com uma planta. O quadro, em sumptuosos tons dourados, compõe o conjunto. 

Verde menta

O aparador da Muebles Madrid Decoración, embora estreito, é mais alto em relação aos que vimos até agora. Entre as portas e as gavetas, tem uma parte aberta que se pode usar para colocar peças decorativas, livros, álbuns, entre outras coisas. O verde água é uma cor leve que apela à tranquilidade e à frescura. As gavetas e os pés do móvel – algures entre aparador e armário - foram deixados na cor da madeira o que não só cria um contraste que lhe imprime carácter e singularidade, como também o liga ao resto da mobília da sala de jantar – neste caso à mesa. 

Ao longo da sala

Sala de jantar  por Yamagata Arquitetura
Yamagata Arquitetura

APARTAMENTO CAC

Yamagata Arquitetura

Também em branco, ainda que num estilo diferente do anterior. O aparador da imagem estende-se ao longo desta divisão que abriga a sala de estar e a sala de jantar sem que haja qualquer parede ou outro elemento a separá-las. É, portanto, um espaço fluido que ganha com este móvel a todo o comprimento enquanto elemento de ligação entre ambas. De um lado, aparece por baixo da televisão, do outro surge como apoio à área de refeições pelo que tem bebidas e uma máquina de café. Pela sua extensa dimensão, faz sentido que apareça suspenso e não colocado no chão o que o tornaria mais pesado. As portas, com a madeira a formar riscas, criam textura e profundidade. Um projecto interessante, no Brasil, pela Yamagata Arquitetura.

Que haja cor!

Sala de jantar  por homify
homify

APARADOR PUERTAS COPLANARES

homify

É a modernidade elevada ao extremo este aparador da Pianca Mobiliaria. O design? Minimalista. A cor? Um moderno e vibrante azul cobalto. O detalhe? As portas são de correr. A grande mais-valia? Dá vida a qualquer que seja a divisão. Pode ser o intervalo de cor de que o seu espaço precisa. Na imagem, ganha particular destaque se tivermos em conta o pano de fundo cinzento e, já agora, o muito original candeeiro que junta cinco globos do planeta Terra. Ficaria a matar no quarto do seu filho! 

As mais de cinquenta sombras do Rido

Sala de jantar  por My Italian Living
My Italian Living

'Rdio' unique design surface sideboard

My Italian Living

No que toca ao design, os italianos sabem, definitivamente, o que fazem. A superfície rendilhada do aparador “Rido” da My Italian Living, é o epítome da elegância. Os vários quadrados de madeira colocados em diferentes ângulos fazem um jogo de sombras e texturas que propiciam complexidade estética ao móvel. A marca tem a peça disponível num vasto leque de cores – do turquesa, ao verde água ou ao vermelho -, tamanhos, tipos de madeira e com acabamentos distintos. 

É “à vontade do freguês”, o Evaristo tem, com certeza, lá disto

Uma experiência sensorial

Sala de jantar  por My Italian Living
My Italian Living

'Orchestra III' curved door design sideboard

My Italian Living

Orchestra III. É esse o nome do aparador da imagem. Numa orquestra, há melodias baixas, outras mais altas. Assim é neste móvel. Metaforicamente, claro está. De um lado, a superfície é trabalhada e forma riscas na vertical. Numa subtil transição, somos levados até ao outro extremo em que as riscas desaparecem dando lugar a uma superfície lisa em que os veios da madeira se destacam. Este detalhe confere-lhe uma experiência táctil que o enriquece. O profundo tom carvão remete-nos para uma decoração de estilo moderno e industrial.

Como um cacifo

Sala de jantar  por Pablo & Paul
Pablo & Paul

Petros Sianos meets Alina Vergnano

Pablo & Paul

Lembra-nos os cacifos de um liceu este aparador, de linhas um tanto ou quanto retro, inserido numa sala projectada pela Pablo & Paul. Dispõe de quatro portas com puxadores e os lados aparecem pintados numa cor diferente, fazendo sobressair a parte em madeira. É caricato o contraste entre a estrutura cúbica e sólida e os pés finos que se assemelham aos das cadeiras, criando harmonia e um jogo de formas interessante que apela à contemporaneidade. Não nos restam dúvidas. Esta seria a sala de uma família moderna e de gostos minimalistas. Mas com um “twist”! 

Tem este móvel em sua casa? Entre os que lhe mostrámos, qual preferiu? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!