Decoração de casas pequenas

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Não é fácil decorar espaços pequenos, ainda menos quando, numa casa, somos muitos. Podem, todavia, ser um bom catalisador para a mudança. Quando confrontados com uma casa pequena, não temos outra hipótese se não a de nos livrarmos de certos objectos que fomos aglomerando e que, em boa verdade, não nos servem para nada. Uma boa limpeza tem impacto, mesmo em termos psicológicos ou – diríamos antes – sobretudo, em termos psicológicos. Para além disso, vemo-nos obrigados a ser expeditos e a ter ideias pragmáticas e inusitadas que se consubstanciam em verdadeiros rasgos de design de ponta! Upa, upa! Acreditamos em si.

Porém, se precisar do auxílio de um profissional e tiver meios para isso, não hesite em contactá-lo. Verá que essa sua casa ou apartamento com poucos metros quadrados, rapidamente passará de inferno ao paraíso para onde quer regressar todos os dias.

Ora, aponte as nossas ideias. Vamos percorrer todas as divisões da casa.

Cozinha

Uma cozinha pequena é um ataque de nervos em iminência. Aos amantes da culinária, convém-lhes espaço para preparar todos os seus petiscos. Nem sempre é possível e como não os queremos ver chateados, tampouco sem vontade de nos preparar uma qualquer delícia, deixamos-lhe, aqui, uma sugestão. Esta cozinha é estreita, em corredor. Para colmatar essa desvantagem, a Home Staging Factory, optou por armários lisos e brancos, muito luminosos, e, em vez de uma mesa, foi colocado um balcão com cadeiras altas para zona de refeição.

Ao longo do balcão, e a título de curiosidade, lê-se uma inspiradora frase retirada da La Traviata, de Verdi: “Libiamo, amore, amor fra i calici: più caldi baci avrà”. Em português, “brindemos o amor entre os cálices que acalentam os nossos beijos”. 

Tão bonito. 

Escritório

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores: Escritórios e Espaços de trabalho  por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores
Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores

Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Não tem uma divisão no seu apartamento só para o escritório? Sem problema. Aproveite uma parede desocupada e utilize-a para lá encostar uma pequena secretária e cadeira. Não precisará de muito mais para trabalhar. Além disso, em espaços pequenos, menos é mais e dispensa-se um excesso de objectos que o atrapalhem e distraiam enquanto procura concentrar-se. Lembre-se de que o caos no que toca à disposição de bens materiais reflecte-se negativamente na sua pré-disposição para produzir.

Repare na dicotomia de estilos entre a cadeira, mais moderna, e a secretária, de laivos antigos. Note, também, o cuidado concernente aos elementos decorativos, coloridos e bonitos como as flores e o quadro.

Na imagem, um apartamento em Lisboa.

Quarto

Num quarto pequeno, pense em altura. Prefira mobiliário que faça o olhar desviar-se para o alto e não ao contrário. A título de exemplo, repare na cabeceira da cama da imagem que se prolonga em longas e elegantes linhas até ao tecto o que proporciona ao espaço altura e imponência, contrariando a sensação claustrofóbica que é, usualmente, apanágio de uma divisão exígua. A par com a cabeceira, e em jeito de reforço relativamente à mesma, também os candeeiros são estreitos.

Sala de jantar

As mesas pequenas e redondas transmitem um sentimento familiar e de convite à partilha e conversa. Todos os lugares convergem para o centro. Este sentimento de aconchego é ideal se não dispõe de uma sala de jantar muito grande. Na imagem, vemos uma área reservada a refeições decorada num estilo minimalista. Ainda assim, tem muito para contar como as cadeiras iguais, mas em cores diferentes ou candeeiro suspenso que se impõe sobre a mesa. É especial este cantinho.

Casa de banho

Uma casa de banho, sem dúvida, estreita com o granito a rasgar o tecto, tornando-se no elemento fundamental do espaço. O lavatório é estreito, alto e, sublinhamos, suspenso, assim como a sanita. Um espelho é sempre útil no que diz respeito a ampliar um espaço visto que o reflecte. Nesta casa de banho, optou-se por um redondo, uma forma geométrica interessante no contexto em que se insere, quebrando-lhe a monotonia. Por falar em monotonia - ou falta dela, neste caso – repare no quadro com um elemento gráfico feminino e sofisticado que – repetimo-nos – eleva o nosso olhar e confere ao espaço um equilíbrio agradável.

Varanda

Double bedroom marquise: Terraços  por Home Staging Factory
Home Staging Factory

Double bedroom marquise

Home Staging Factory

Numa varanda pequena, aposte em mobiliário leve, simples e descomplicado. Se insistir em decorá-la com demasiados elementos, não terá espaço para se mover. Na imagem, a divisão é sobremaneira valorizada por via do mosaico em cerâmica num padrão geométrico que se basta a si mesmo para lhe propiciar enorme carácter. Se tiver um chão desinteressante, considere esta alternativa ou tape-o com uma carpete ou soalho. No que diz respeito às plantas, prefira suspendê-las ao inverso de as dispor pelo chão.

Sala de estar

Esta sala de estar integra um apartamento T1, na praça de Espanha. Por ser para um homem, empresário, a Traço Magenta focou-se no conceito de decoração de uma suite de hotel que sobressai pela homogeneidade entre elementos. É o ideal para uma pequena sala de estar. A paleta de cores neutra concede leveza à divisão que, ainda assim, se mantém interessante pela adição das cadeiras e almofadas com um padrão distinto, por via do candeeiro cujo pé tem um elegante e geométrico detalhe e, acima de tudo, pela mesa transparente que “está lá sem estar”. É em vidro e não enche excessivamente o espaço, nem o torna pesado. Repare na estante fina que vai quase até ao tecto, fulcral para arrumar livros, filmes ou outros pertences. Considere este tipo de decoração se não usufrui de uma sala especialmente grande.

Quarto de estudo

Zona de estudo e brincadeira: Salas de estar modernas por Traço Magenta - Design de Interiores
Traço Magenta – Design de Interiores

Zona de estudo e brincadeira

Traço Magenta - Design de Interiores

Casas pequenas são desafiantes e exigem que as famílias se adaptem a determinadas circunstâncias que, à partida, poderão parecer incómodas. Se tem filhos em idades diferentes ou se precisa de partilhar o seu escritório com alguém mais novo, então eis uma ideia. Aposte em duas secretárias que, por terem tamanhos distintos, se encaixam, criando uma duas zonas de trabalho diferenciadas e com linhas dinâmicas. Este jogo entre “altos e baixos” é curioso, até pelas cadeiras escolhidas. Uma alta e estofada e outra em verguinha pequenina à imagem de quem lá se vai sentar. Num espaço como este, pode ter o seu filho adolescente a fazer os trabalhos de casa enquanto o outro brinca ou pode trabalhar mais descansado tendo debaixo de olho o “miúdo”!

Quarto de criança

HAPPY HOME 2014: Quartos de criança mediterrânicos por ROSA PURA HOME STORE
ROSA PURA HOME STORE

HAPPY HOME 2014

ROSA PURA HOME STORE

Para um quarto de crianças, nada melhor do que um beliche. Funciona em altura e deixa desimpedida a maior parte do espaço. Ao fundo, e como a imagem ilustra, pode aproveitar para embutir uma pequena secretária, estantes ou caixas de brinquedos. Lembre-se que, em casas pequenas, todos os bocadinhos contam e uma simples e barata prateleira pode ter uma miríade de propósitos.

Hall de entrada

Pode não ter o esmagador hall de entrada do Palácio de Buckingham, mas isso não significa que não lhe preste atenção. Cremos que não é agradável entrar numa casa directamente para a sala ou para a cozinha. Ainda que tenha pouco espaço, torne a sua entrada convidativa e use-a como introdução ao resto da casa e à sua estética, tal como o prefácio faz a um livro.0

Os aparadores, estreitos e de pernas altas, são o móvel indicado, não só pela elegância, como também por tomarem de empréstimo pouco espaço. Experimente, como na imagem, comprar um espelho alto, que, neste caso, extravasa os limites do tampo do aparador e continua até ao rodapé. Não se esqueça dos pontos de luz. Um de cada lado ou sob a forma de dois bonitos candeeiros de pé. 

Vive numa casa pequena? Qual foi o maior desafio quando se mudou para aí? Espero que as nossas sugestões o ajudem!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!