Seis sensacionais portas de interior e de exterior

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

As portas dão acesso a áreas restritas e podem ser fabricadas em vários materiais, variando no estilo e no desenho. As portas no interior oferecem, designadamente, privacidade e ambientes mais íntimos. Já as portas para o exterior proporcionam, para além de privacidade, segurança e controlo no que diz respeito à entrada de luz e de calor.

Ainda que na maioria das vezes encontremos portas feitas em madeira, elas também existem em alumínio, em vidro ou em plástico. Por esse motivo, escolher o material é um passo importante, já que pode modificar, em grande medida, a decoração e a harmonia da nossa casa. Para melhor e para pior.

No artigo de hoje, deixamos-lhe algumas sugestões. Encontrará portas que passam despercebidas no contexto em que se inserem e outras que são mais um elemento decorativo. Escolha a sua preferida.

Portas de madeira desdobráveis

Salas de estar clássicas por JR Arquitectos

As portas desdobráveis têm a particularidade de recolher através da utilização de dobradiças. Este tipo de portas leva uma vantagem em relação às demais por nos permitir brincar livremente com os espaços, integrando-os ou separando-os com subtileza e de acordo com as nossas necessidades. É esse o caso da porta desdobrável deste projecto do atelier JR Arquitectos onde podemos ver uma moldura de madeira sólida a enquadrar um painel envidraçado, numa mescla entre o rústico e o moderno.

Portas deslizantes

As portas de correr têm um grande potencial no design de interiores. No dia-a-dia, estas portas representam uma solução confortável e funcional uma vez que, quando abertas, não criam obstáculos em lugares estreitos. Para além disso, são fáceis de manusear já que se abrem e se fecham de forma horizontal com um movimento paralelo a um carril que guia este movimento. Por deslizarem, podemos passar de um espaço para o outro ou separar ambientes sem qualquer esforço.

É esse o caso desta proposta do gabinete Taq Arquitectura que divide a biblioteca da sala. A madeira escura dá um toque elegante e moderno à área.

Portas que recolhem para dentro da parede

Janelas   por MOVI ITALIA SRL
MOVI ITALIA SRL

Less pannello scorrevole

MOVI ITALIA SRL

Esta opção é semelhante à anterior, com a diferença de que a porta se arruma para dentro da parede, desaparecendo totalmente, como se esta fosse um bolso ou um envelope. Este estilo de porta é ideal para lugares onde não há espaço suficiente para incorporar uma porta com um movimento oscilatório. Estas “portas de bolso” são ideais para casas pequenas uma vez que poupam muito espaço, fazendo as divisões parecer maiores. Os arquitectos adoram-nas, mas são uma alternativa cara. Para perceber melhor como funcionam, veja a fotografia que lhe deixamos, cortesia do gabinete Movi Itália.

Portas francesas

A porta francesa consiste em dois painéis que se encontram no centro e se abrem para dentro ou para fora de acordo com a forma como as suas dobradiças estão instaladas. Estas portas são especialmente úteis quando não há outro meio de permitir a entrada de luz em casa. Elas funcionam perfeitamente em qualquer divisão visto que a forma como abrem faz os espaços parecer mais amplos e imponentes. A porta da imagem, um design de Alan Malouf, combina o clássico e o moderno, criando um ambiente muito elegante e com personalidade, graças ao minucioso trabalho do ferro forjado.

Portas holandesas

Corredores e halls de entrada  por Architects Scotland Ltd
Architects Scotland Ltd

Entrance Porch / Green Oak

Architects Scotland Ltd

A porta holandesa é simplesmente uma porta que está dividida na horizontal o que permite que parte a superior e a inferior operem independentemente. A vantagem disto é que a parte inferior da porta pode permanecer fechada, permitindo que a parte superior se torne numa espécie de janela que permite a passagem de luz e de ar. Vemo-las muitas vezes nas casas de campo, em Espanha, especialmente em cidades pequenas, onde era comum os comerciantes passarem e entregarem as mercearias às pessoas. O propósito original destas portas era manter os animais da fazenda no exterior e as crianças no interior, enquanto o ar e a luz continuavam a fluir através da parte superior.

A imagem que ilustra este texto é da autoria do atelier Architects Scotland. O ar nostálgico e bucólico é pura magia. Tem uma casa de estilo rústico? Então, considere esta opção e pinte-a de um tom colorido!

Portas articuladas

Este é o tipo de portas mais popular. O seu movimento de abertura forma um ângulo de 90º determinado pelas dobradiças que a compõem. Estas são as portas que encontramos, normalmente, em todos os ambientes da casa. Existem em vários materiais, sendo os mais comuns o vidro e a madeira isoladamente ou combinados como é o caso da porta da imagem que integra um projecto do gabinete Carlos Zwich. A generosa área envidraçada deixa que a atmosfera exterior flua até à zona de estar.

De que tipo de porta mais gostou e qual acha que melhor se adequaria à sua casa? Deixe-nos a sua opinião na caixa de comentários abaixo deste texto. 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!