Ideias para luzes de cozinha

Agata Alencoao Agata Alencoao
Loading admin actions …

Como qualquer outro espaço a nossa cozinha deve ser bem iluminada porque é pela iluminação que se consegue conferir um maior conforto aos espaços. Como já certamente se terá apercebido é de cozinhas que lhe vamos falar, mais concretamente sobre a questão da iluminação das mesmas. A verdade é que iluminar bem a sua cozinha pode ser uma tarefa mais complicada do que aquilo que à partida poderá imaginar. Em primeiro lugar, há algo muito importante que deve ser tomado em consideração e que se prende com as fontes de iluminação. Queremos com isto dizer que a melhor coisa para a sua cozinha, é ser iluminada em diferentes pontos, consoantes as necessidades. Por exemplo, cozinhar no fogão sem luz pode ser uma tarefa bastante penosa, mas jantar sem que a mesa esteja bem iluminada também não é o mais agradável. Já sentiu tudo isto e portanto não estamos aqui para lhe dar novidades mas antes para o ajudar a encontrar a melhor forma de iluminar esta divisão. Vamos a isso!

Luz para ilhas de cozinha

Se a sua cozinha tem uma ilha certamente terá um foco de luz que esteja direccionada para o seu centro. Na verdade a luz que incide sobre a ilha pode existir camuflada no seu exaustor – como é de resto uma prática muito recorrente – porque o importante é ter uma boa visibilidade enquanto cozinha, é apenas para isto que serve a luz para esta zona direccionada. Contudo, não são raros os casos em que o exaustor não existe e por isso há que encontrar outro tipo de soluções, como por exemplo o que vê na imagem que para além de prático, por nos permitir usufruir de muita luz, é sem sombra de dúvida um candeeiro moderno maravilhoso que se torna objecto de desejo a partir do momento que olhamos para ele!

Focos de luz no tecto

Uma forma muito moderna de iluminar a sua cozinha é através de focos embutidos no tecto. Este são uma óptima opção por diversas razões. Primeiro porque nem sempre é fácil encontrar um candeeiro que nos agrade a 100% e depois, porque a um nível funcional estes focos acabam por distribuir muito melhor a luz por toda a cozinha. O exemplo fotográfico apresenta uns focos maiores do que o normal que podem ser uma óptima opção para a sua cozinha e que para além de serem mais invulgares, são fontes de luz mais potentes, o que qualquer cozinheiro agradece na hora de deitar mãos à obra.

Candeeiros de cozinha

Cozinhas modernas por homify
homify

La cucina

homify

Se apesar de tudo continua a ser um grande fã de candeeiros de cozinha, tudo bem na mesma! Há uma enorme diversidade por que pode optar. Mais modernos ou mais clássicos, há candeeiros para todos os gostos. O exemplo que escolhemos para ilustrar este parágrafo é o de um candeeiro de cozinha bastante moderno que se situa precisamente acima da ilha – se reparar esta não possui um exaustor e por isso, iluminar esta zona é sem dúvida importantíssimo pelas já referidas razões! – uma solução não só prática como decorativa!

Luzes pendentes

Este exemplo surge no seguimento do anterior, sendo que aqui não temos apenas um foco de luz a pender do tecto mas cinco. É claro que a potência de cada um destes candeeiros não tem nada que ver com a do candeeiro anterior, contudo, no seu conjunto o resultado é o mesmo. Uma outra forma de iluminar a sua cozinha que também contribui enquanto decoração e com a qual pode jogar a seu gosto, pode por exemplo optar por um alinhamento em escadinha, ou por um alinhamento desalinhado, fica ao seu critério!

Luzes embutidas nos armários

Para lhe apresentarmos ainda mais uma possibilidade de iluminação da sua cozinha, falamos-lhe agora das luzes embutidas nos armários. Esta é uma opção muito moderna pela qual pode optar se estiver mais virado para um tipo de decoração minimalista, por exemplo. É uma tipo de iluminação discreta – já que os focos não se vêm – e resulta na perfeição já que as fontes de luz se encontram distribuídas ao comprido, mesmo por cima do seu balcão, iluminando por isso toda a sua zona de trabalho. O facto de estarem embutidos traz consigo outra vantagem o da não incidência da luz directa, o que lhe queremos dizer é que o facto de às vezes termos uma luz bastante forte apontada para um sítio só, pode mais facilmente cansar a nossa vista, pelo contrário, se a luz for mais divergente, acaba por iluminar de forma mais uniforme uma maior área.

Focos não embutidos

Cozinhas minimalistas por Polygon arch&des
Polygon arch&des

APARTMENT “VERBI”

Polygon arch&des

Por fim queremos deixar claro que os focos como fonte de iluminação não têm sempre de estar embutidos no tecto, o exemplo fotográfico que escolhemos serve para lhe mostrar isso mesmo. No que diz respeito a estes focos como elemento decorativo, temos a dizer-lhe que muito nos agradam, já que acabam por ser uma opção menos comum do que aquilo que é normal e por essa razão acrescentam um toque especial e diferente à cozinha. Ao nível funcional estes têm uma grande vantagem sobre os focos embutidos no tecto ou nos armários e que é tão somente a possibilidade de os podermos direccionar ao nosso gosto. Ainda que esta possa não lhe parecer uma super vantagem, acredite em nós quando lhe dizemos que sim, uma vez que ao apontá-los para onde mais precisa – por exemplo, um para a zona onde cozinha, outro para a mesa e por aí fora – está a iluminar de uma forma simples e muito útil o espaço. É uma opção que merece a nossa atenção e que aconselhamos vivamente.

Gostas das ideias que sugerimos?! Deixe-nos a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!