Guia de decoração de casa para iniciantes

Mariana Garcia – Homify Mariana Garcia – Homify
Loading admin actions …

Acabou de se mudar e sente necessidade em decorar a sua casa, ao seu gosto? Sente-se um bocado perdido e não sabe por onde começar ou o que fazer com todas as suas ideias? Tem um orçamento fixo para dedicar à decoração e não quer exceder-se para além dele? Então fique atento a este artigo, que foi feito a pensar em si!

Quando temos como missão a decoração da nossa casa, podemo-nos perder rapidamente, gastando mais do que aquilo que podemos ou que estávamos a contar. Uma coisinha aqui, uma moldura ali e aquela manta linda que vimos na nossa loja preferida tornam-se um peso enorme no orçamento – e, pior, muitas vezes não encaixam exactamente como contávamos, acabando por ser arrumadas a um canto, dadas ou vendidas por um preço inferior. Na melhor das hipóteses, podemos devolvê-los na loja onde os comprámos… mas o sentimento de frustração não será o mesmo? Depois também podem surgir problemas como a falta de sentido prático de alguns elementos decorativos (sim, aquele Darth Vader de tamanho real era o nosso sonhos desde o primeiro filme da saga… mas será que dá assim tanto jeito ter que o arrastar sempre que precisa de aumentar a mesa da sala ou de cada vez que entra em casa com as mãos carregadas de mercearia?). É importante que a decoração da nossa casa se encaixe no nosso dia-a-dia e na nossa maneira de ser, para que nada fique deslocado no ambiente.

Posto isto, a nossa equipa escolheu para si algumas dicas de forma a criar um guia de decoração para iniciantes. Curioso? Fique connosco e veja as nossas sugestões!

Seja simples

Less is more, right? Em caso de dúvida, seja simples. Mais vale um quarto como o apresentado na fotografia, que ao longo do tempo pode ou não vir a ganhar mais elementos decorativos, do que encher de repente o espaço com coisas só porque lhe falta vida. A decoração não tem pressa, tem é de ter a ver connosco e temos que gostar dela. Um espaço simples facilita e muito o dia-a-dia e há sempre pequenos apontamentos que pode ir adicionando que irão dar um toque charmoso ao espaço. Ir decorando uma casa é como construir uma relação com alguém: não é uma prova de velocidade, mas sim uma maratona que devemos saborear e desfrutar a cada passo! Verá como a vida que quer dar à sua casa virá com mais autenticidade desta maneira!

Faça um plano ou desenhos dos espaços para os estudar bem

Residential Building in Lisbon: Escritórios e Espaços de trabalho  por Lagom studio
Lagom studio

Residential Building in Lisbon

Lagom studio

O primeiro passo para uma decoração bem sucedida é conhecer bem o espaço que vai decorar. Faça desenhos, tire as medidas, idealize objectos, cores e materiais; outra coisa que ajuda bastante é pesquisar na internet os sites das suas lojas preferidas, para ver qual a oferta que têm e ficar com uma noção mais real do que o mercado lhe oferece e do que pode encaixar em sua casa (além do que muitos sites têm os preços dos seus produtos, portanto fica logo com uma noção do dinheiro que poderá vir a gastar com a compra destes artigos). Embora lhe possa parecer um passo mais aborrecido, verá como a médio e longo prazo trará os seus frutos! Invista um pouco de tempo e paciência para evitar frustrações mais tarde. E não se preocupe em esperar por algum produto específico: mais vale ter aquele espaço vazio para a jarra que encomendou do que colocar lá outra coisa qualquer que não lhe vai encher as medidas!

Mantenha o equilíbrio

Sala de jantar em Lisboa: Salas de jantar modernas por LAVRADIO DESIGN
LAVRADIO DESIGN

Sala de jantar em Lisboa

LAVRADIO DESIGN

O equilíbrio enquanto fundamento da decoração de um espaço é muito importante. Por muito extravagantes que sejam os nossos gostos, devemos alcançar um meio termo, de maneira a não deixar que as coisas destoem umas das outras. Além disso, também se deve dividir a decoração (não deixar uma parede totalmente vazia quando todas as outras reclamam pela sua atenção ou deixar um canto completamente vazio, sem mobiliário, por exemplo) de forma a preencher todo o espaço e cada coisa ter o seu lugar na divisão.

Haja harmonia no espaço!

Sala Comum - zona de estar: Salas de estar mediterrânicas por maria inês home style
maria inês home style

Sala Comum – zona de estar

maria inês home style

Outra questão importante é a harmonia existente entre elementos decorativos e o mobiliário que ocupam uma divisão. A proporção dos objectos presentes imprimem a esta sala uma ordem que é agradável à vista e que não incomoda. Em espaços sociais e principalmente no seu quarto de dormir, esta harmonia deverá estar bem presente para que as pessoas se sintam confortáveis e para que o seu descanso não seja indirectamente perturbado através daquilo que os seus olhos transmitem ao seu cérebro.

Seja prático

Casa em Sao Francisco - Pacific Heights: Cozinhas modernas por Antonio Martins Interior Design Inc
Antonio Martins Interior Design Inc

Casa em Sao Francisco – Pacific Heights

Antonio Martins Interior Design Inc

Sabemos por experiência própria como o corre-corre da vida diária nos pode consumir as energias ao ponto de não termos tempo para grandes limpezas ou arrumações. Se é do tipo de pessoa que gosta de coisas rápidas, simples e eficazes, com certeza que preferirá uma decoração que seja tão prática quanto a sua maneira de ser e estar na vida, correcto? Por isso mesmo, procure facilitar-lhe o dia-a-dia, recorrendo a soluções como ter um sistema de arrumação das suas caçarolas, pendurando-as na banca, por baixo dos armários superiores: para além de ficarem totalmente disponíveis, podem ainda ser guardadas nesta posição ainda molhadas (escorrendo para a banca); outra solução inteligente são ímanes que segurem as facas de preparação de comida, por exemplo, ou até prateleiras giratórias que aproveitam o espaço e não nos dificultam o acesso aos utensílios, especiarias, etc. As linhas direitas e simples dos móveis também facilitam a manutenção da sua limpeza.

Incorpore algumas tendências

Apartamento Eclético: Salas de estar ecléticas por Spacemakers
Spacemakers

Apartamento Eclético

Spacemakers

A última sugestão que lhe deixamos é a incorporação de algumas tendências a nível decorativo que podem dar à sua casa um ar moderno, sem nunca deixar de ter o seu cunho pessoal. Neste caso particular apresentado pela Spacemakers, podemos perceber rapidamente que a sala funciona perfeitamente bem apesar da mistura do sofá moderno com o de linhas mais antigas. É perfeitamente possível que ambas as correntes co-existam, pois há um equilíbrio natural entre as cores e a própria estrutura dos sofás. 

Estas dicas foram-lhe úteis? Qual a que despertou mais a sua atenção?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!