Dicas de como fotografar a sua casa para vender/alugar

sofiapega sofiapega
Loading admin actions …

Hoje o artigo que lhe trazemos pode ser-lhe muito muito útil, principalmente se está a pensar em vender ou alugar a sua casa. O artigo de hoje é sobre fotografia de interiores e, ao mesmo tempo, damos-lhe dicas essenciais a ter em conta na preparação da sua casa antes de ser fotografada. Se a quiser vender e alugar, aconselhamo-lo a ter a casa bonita, limpa e em ótimo estado para que as fotografias fiquem apelativas. Não só a preparação da casa é importante, como também o próprio momento em que a fotografa. Acredite que há muitos truques simples e eficazes que farão toda a diferença e que lhe trarão muito mais clientes. A luz, a câmara, o ângulo, o tripé…

Continue a ler este artigo porque no fim certamente se sentirá mais inspirado e confiante para fotografar a sua casa e pronto para a alugar e a vender pois aparecerão o dobro ou o triplo dos clientes, caso as fotografias estejam bem conseguidas!

Dicas de fotografia

Vamos dar-lhe algumas dicas básicas de dicas de fotografia, essenciais para que consiga boas fotografias são as que se seguem.

Grande angular: Neste tipo de fotografia, a objetiva é de grande importância para uma melhor visualização do ambiente. Uma grande angular, no caso, é essencial, ainda mais para espaços pequenos. Em câmeras Canon, a objectiva 18-55mm, pode ser uma alternativa no caso de não se ter uma objectiva com um ângulo maior.

Foco manual: É muito importante que sejamos nós a focar o que queremos para que fique focado. Nós é que temos de garantir a focagem da fotografia, não é a máquina!

Tripé: Para além de querermos que a fotografia fique nítida, queremos que fique composta da melhor forma possível. Se usarmos um tripé, conseguimos uma boa fotografia num só click, sem ter de tirar muitas para haver uma que fique boa. Assim conseguimos assegurar que a câmara não se vai mexer, e fica no sítio exacto onde queremos que ela esteja.

Perspectiva: Para garantir a rápida compreensão da sua fotografia pelo espectador, devemos posicionar a máquina a uma altura média de 1,60m, para que seja uma perspectiva real para grande parte dos observadores. No entanto, deve também fotografar-se o espaço de outros ângulos e alturas. Determinadas perspectivas fazem com que os espaços pareçam maiores.

Linhas horizontais e verticais: Para que uma fotografia de um espaço interior fique bem, as linhas verticais da fotografia têm de estar paralelas às paredes e as linhas horizontais da fotografia têm de estar paralelas ao tecto e ao chão. Desta forma as fotografias ficarão muito mais equilibradas.

A imagem que escolhemos para este tópico, ilustra perfeitamente qualquer uma das dicas que lhe demos, principalmente as últimas duas!

Equipamento necessário

Apartamento A3_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores: Salas de estar ecléticas por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores
Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Apartamento A3_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores

Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

O primeiro conselho que lhe damos é que mostre apenas o mobiliário e equipamento necessário. Deve estar explicito o que vem “incluído” na compra ou aluguer, ou seja, se fôr alugar a sua casa sem qualquer tipo de mobília, faz sentido fotografá-la vazia, para que os possíveis compradores tenham uma melhor noção do espaço. Se, por outro lado, quiser alugar ou vender a casa juntamente com a mobília que lhe pertence, deixe-a a aparecer na fotografia!

Preparar a casa

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores: Salas de estar ecléticas por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores
Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores

Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Esta segunda dica está muito ligada à primeira. Há que preparar a casa, principalmente se optar por fotografar a sua casa com a mobília presente também. Desloque mobília, se fôr necessário, para que o espaço fique mais convidativo e para que a disposição dos elementos fique melhor no seu todo. Coloque detalhes bonitos, como plantas ou flores, que embelezam logo a divisão. Outra questão que não se pode deixar de referir é o facto de que não deve deixar cómodas ou prateleiras vazias nas fotografias. Já que está a fotografar o espaço com a mobília, deixe a mobília mostrar “o que tem para dar” e a sua arrumação, mesmo sabendo todos que, obviamente, os objectos (como livros, revistas, entre outros) ficarão para si e não para o cliente. Este projecto de Tiago Patricio Rodrigues está muito bem fotografado, conjugando um leque ainda grande de mobília, que resultou muito bem enquanto um todo.

Luz: Natural e contínua

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores: Quartos ecléticos por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores
Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Apartamento Saldanha_Reabilitação Arquitectura + Design Interiores

Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

Passando para um lado mais técnico da fotografia, falamos-lhe de talvez aquilo que é o mais importante: a luz. Não pense que é possível tirar uma boa fotografia da divisão de noite. Não, não é! A luz natural é sempre preferível à luz artificial. É a nossa melhor amiga. Esqueça os flashes. É mil vezes mais difícil conseguir uma boa fotografia de interiores com flash, porque dificilmente ele reflectirá para todo o lado e criará uma luz uniforme, do que uma fotografia com luz natural – que cria um ambiente natural, uniforme e contínuo na imagem. No exemplo de fotografia que lhe damos, também de um projecto de Tiago Patricio Rodrigues, vê-se o candeeiro com a luz acesa, no entanto, é a luz natural que provém da janela à esquerda que ilumina todo o quarto. Este é um ângulo invulgar, uma fotografia tirada como se fosse a vista de quem está na cama, mas que mostra muito bem o quanto as paredes brancas no quarto reflectem bem a luz, iluminando ainda mais o quarto.

Não esquecer o exterior

HAPPY HOME 2014: Jardins mediterrânicos por ROSA PURA HOME STORE
ROSA PURA HOME STORE

HAPPY HOME 2014

ROSA PURA HOME STORE

Apesar de estarmos a falar de fotografia de interiores, se quer vender ou alugar a sua casa, tem de a fotografar na sua totalidade! E, se tiver espaços exteriores a fotografar, não os deixe de parte. Deixe as plantas arranjadas – incluindo a relva – tudo limpo e arranjado, de forma apelativa. Na imagem temos o exemplo perfeito de um jardim arranjado para se fotografado e que, de certeza, ganharia muitos fãs ao verem a fotografia!

Contrate um fotógrafo

EXPOSIÇÃO CASAVIANA 2012: Salas de estar modernas por ROSA PURA HOME STORE
ROSA PURA HOME STORE

EXPOSIÇÃO CASAVIANA 2012

ROSA PURA HOME STORE

Por último, se achar que tudo isto é muito difícil para si e precisa mesmo da ajuda de um profissional, não tenha vergonha! Contrate um fotógrafo porque ele conseguirá pegar na máquina e fazer de imediato algo bem feito e de qualidade. Mas… não escolha um fotógrafo qualquer! Investigue bem e veja trabalhos da pessoa antes de a contratar…

Já se sente mais apto para tirar fotografias à sua casa? Conte-nos tudo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!