Uma fantástica casa flutuante!

Catarina Rodrigues – Homify Catarina Rodrigues – Homify
Google+
Loading admin actions …

É a pensar nas férias de Verão, que hoje lhe trazemos uma proposta distinta. Geralmente Verão, significa praia, e claro que adoramos praia, mas e que tal um Verão diferente com um toque da Natureza e ar do campo?

A habitação que hoje lhe iremos mostrar, é perfeita para umas férias descansadas e longe da agitação da cidade. Um projecto do atelier K-M Architecktur particularmente caracterizado pela sua sustentabilidade arquitectónica!

Aliás uma das características mais relevantes que distinguem este colectivo de arquitectos, é a sua contínua preocupação com o meio ambiente. O que os leva a implementar tácticas sustentáveis nas suas actividades de planeamento, fornecendo soluções inovadoras que visem a responsabilidade social de cada indivíduo. 

Esta habitação uni-familiar foi construída no ano de 2000 e localiza-se em Lindau na Alemanha. Venha conosco e descubra um destino de férias surpreendentemente único!

Madeira flutuante!

É tal e qual uma caixa de madeira flutuante que se apresenta esta casa, situada no ponto mais alto da vila Hochbuch, donde é possível ter uma vista fantástica das montanhas suiças. A casa está organizada em espaços verticais e horizontais diferentes, representando cada um deles, modos de vida distintos.

O facto dos elementos construtivos não demonstrarem qualquer tipo de simetria ou repetição, torna este projecto bastante excêntrico, em planta e corte, demonstrando toda a dinâmica da estrutura. Num lado podemos ver dois pilares em betão armado, fortes e vigorosos; no outro uma estrutura metálica leve e singela, que suporta um bloco de vidro inferior, destinado ao espaço de entrada e transição para o piso superior.

À luz do dia!

Como acima mencionámos, a habitação demonstra um carácter muito distinto em diferentes níveis. O piso ao nível da área do jardim é um espaço completamente transparente e aberto, possuindo também uma área coberta cujo objectivo é o de efectuar uma suava transição interior/exterior. 

O piso superior demonstra um carisma mais privado e acolhedor. A madeira foi o material eleito pelos arquitectos, devido às suas qualidades térmicas e duradouras.

Sala de estar

A sala de estar apresenta-se como sendo extremamente moderna e confortável, no seu centro existe um lareira moderna cujo objectivo é dividir a sala de estar ao meio, conformando duas áreas distintas.

O mobiliário é bastante simples, porque no fundo o objectivo é o de maximizar a paisagem envolvente. O pavimento em madeira envernizada, ilumina toda a sala de estar com a sua tonalidade quente. O sol entra e rasga as paredes com uma luz forte, que aquece a alma!

Para lá da lareira moderna

Para lá da lareira moderna encontra-se outra zona da sala de estar. É através de uma suave escadaria flutuante que o habitante pode aceder, a partir do hall de entrada, a este espaço sereno e amplo.

Esta zona da sala permite contemplar a belíssima paisagem montanhosa envolvente. Um espaço perfeito para a introspecção e apreciação da beleza da mãe Natureza.

Natureza emoldurada

No andar de cima, na caixa de madeira que vimos pelo exterior, encontramos os quartos. Este espaço, contrariamente ao piso térreo, demonstra-se bastante contido, introvertido e distante do mundo. 

As diferentes tipologias habitacionais dentro da casa seguiram diferentes lógicas arquitectónicas e por isso é lógico, que estes espaços difiram também a nível da forma, estrutura, materiais, iluminação, etc… É muito interessante observarmos como a Arquitectura pode proporcionar diferentes emoções: ora expansiva e aberta (sala de estar) ora, acolhedora e tímida (nos quartos).

Não podemos deixar de referir a beleza deste quadro vivo que a arquitectura emoldura com os seus materiais naturais. Perfeito para umas férias repletas de descanso e paz interior.

Arrumação VS Divisão

Como já verificámos, esta habitação é composta, em grande parte, por madeira, um material natural. É relevante referir que toda a madeira utilizada neste projecto não foi tratada com conservantes sintéticos, o que vemos é apenas o material no seu estado mais puro!

Repare como parede que divide o quarto da zona de estar, não é uma parede comum. É sim, um grande armário com portas embutidas. Uma opção que se tem tornado cada vez mais frequente na arquitectura moderna!

Gostou desta casa do campo? Verifique aqui outra casa do campo ecológica!

Rendido à vida do campo? Deixe-nos um comentário!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!