Casa do Vale:   por FRARI - architecture network

A sua casa de sonho

mc mc
Loading admin actions …

Pensa que já idealizou a casa dos seus sonhos? Com certeza ainda não viu o projecto que lhe mostramos hoje. Garantimos que após ler este artigo, vai aproveitar muitas ideias para continuar a sonhar a sua futura casa! O projecto ficou a cargo do atelier FRARI fundado no ano de 2011 em Aveiro pela jovem arquitecta Maria Fradinho. Em conjunto com uma equipa multidisciplinar e selectiva de arquitectos e criativos, o atelier dedica o seu trabalho nas áreas da arquitectura, urbanismo, investigação, engenharia e desenho de interiores. Desta forma, cada um dos seus projectos é único! Este é o primeiro de muitos projectos desta equipa de arquitectos aqui na homify. Ma podemos esperar pelos próximos mas agora, vamos conhecer esta maravilhosa moradia!

Fachada protegida

O volume homogêneo, estabilizado e adaptado sobre o local, foi trabalhado segundo movimentos de recuo da fachada sul, criando um ritmo de negativos para proteção solar e de chuvas. O alpendre a sul garante o usufruto do espaço exterior contíguo à casa, seguido por um relvado que protege e enquadra as vistas exteriores. Desta forma, a vivenda materializa-se segundo uma peça horizontal, com aproximadamente 30m de frente e apenas um piso visível, tendo um outro enterrado.

Casa-de-banho de sonho

Talvez um dos espaços mais interessantes neste projecto: a casa-de-banho! Quem não gostaria de acordar, e tomar um banho relaxado com uma excelente luz natural e vegetação  bastante presente? Os materiais aplicado conferem a este espaço bastante brilho e requinte. O reflexo provocado pela luz natural é fascinante! Os pátios estão constantemente a sugerir vida ao ar livre. A relação interior-exterior, e o contexto glamoroso do ambiente contemporâneo – limpo, prático e confortável – pede-nos silêncio para deixar a paisagem tornar-se a mestre deste espaço.

Entrada discreta

A casa do Vale localiza-se no centro da cidade de Penafiel num terreno com uma deslumbrante vista sobre o Vale do Cavalum. Com formato irregular e ampla variação de altimetrias, o terreno garante uma zona plana no confronto com a via pública, onde é feita a entrada. A chegada à casa é emocionante devido à sua forma abstrata e protegida, sem quaisquer aberturas deste lado, despertando curiosidade no visitante.

Entorno encantador

Implantada na zona mais plana do terreno, esta moradia conta com um entorno sereno, repleto de calma e tranquilidade. Linhas simples, contemporâneas mas desenhadas com um cuidado extremo. Um verdadeiro retiro, longe da confusão, dos carros ou poluição. Espere só até lhe mostrar-mos a vista!

Pátio de boas-vindas

Está fechada para a entrada no lado norte mas, depois de entrar, um pátio dá-nos as boas-vindas com uma bela vista do vale, excedendo a expectativa da experiência arquitectónica.

A casa está totalmente aberta para o lado do vale cumprindo assim com um jogo faseado onde primeiro estamos “cegos” e protegidos, e, em seguida livres e abertos. A vista do vale torna-se no único entorno do edifício. Com contemplação exemplar sobre a paisagem, o volume estende-se até ao exterior e tenta integrar-se, para desfrutar do melhor deste ambiente.

Espaços amplos

Funcionalmente a casa organiza-se segundo uma divisão da sua planta em duas partes: zona social, com as salas, cozinha e áreas técnicas; e zona privada, onde figuram os quartos. É o pátio central, de entrada, que determina a separação física destas dois grupos.

Nesta fotografia, vemos um dos lados dessa organização programática: a sala Em estreita relação com o espaço envolvente, todo o espaço é bastante amplo e luminoso graças aos diversos vãos abertos ao vale. É de notar o cuidado na escolha de materiais neutros e harmoniosos: paredes brancas em conjunto com painéis em madeira, e o soalho num tom esbatido.

A cozinha

cozinha desta moradia foi desenha junto a um dos vãos que abrem a vista para o vale, podendo tirar proveito do alpendre a sul. Deste modo, este espaço ganha uma excelente iluminação natural, ainda que protegida. Revestida a branco na sua totalidade, todo o desenho foi extremamente cuidado de forma a integrar na perfeição os equipamentos necessários ao funcionamento da cozinha.

Corredor luminosos

Os restantes espaços intersticiais, como corredores interiores, seguem a mesma linguagem arquitectónica. Sai aplicados os mesmos materiais: paredes brancas em conjunto com portas em madeiras.

Acha que esta seria a sua casa ideal? Diga-nos o que mais gostou!
Habitações  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Peça a sua consulta grátis

Encontre inspiração para casa!