Consoante o espaço, assim o seu roupeiro

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Consoante o espaço, assim o seu roupeiro. É a primeira premissa para escolher o guarda-roupa que vai colocar em sua casa. Há-os em diversos estilos. Com portas de correr, embutidos na parede, resguardados com cortinas ou biombos ou até mesmo em aberto. É importante organizá-lo em diversos compartimentos para que as peças mais pequenas não se percam e não perca também você tempo a procurá-las de manhã quando está cheio de pressa. Opte por cabides todos iguais para as roupas ficarem da mesma altura e haver maior sensação de harmonia. Se puder, use um cabide por peça para a roupa não amarrotar. Idealmente, todos teríamos um walk-in closet de estrela de cinema. Mas nem sempre há espaço e orçamento para isso. Veja as ideias que lhe deixamos!

Aberto

Quarto Havana: Quartos modernos por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Havana

MUDA Home Design

Embora não seja perceptível na imagem, este roupeiro encontra-se tapado por um biombo. Mais uma ideia para anotar. Por ser num loft, o espaço tem que ser eximiamente planeado para dele se tirar partido ao máximo. Este recanto é um bom exemplo disso. O closet encontra-se por baixo de um tecto inclinado, mas repare como, ainda assim, deu para colocar uma prateleira acima do varão para os cabides. Do outro lado, houve o cuidado de colocar estantes com cestos, gavetas e divisões diversas para lá arrumar peças mais pequenas. A roupa está organizada por cores, um toque harmonioso e que revela cuidado. A cereja no topo do bolo é o manequim em madeira que funciona como pormenor decorativo onde pode, por exemplo, expor um bonito acessório ou echarpe, ou usar como suporte para a roupa que vai vestir no dia seguinte.

Portas de correr

Liso, branco e com portas de correr. Um armário que assuma estes contornos passa quase despercebido e, apesar de ficar bem em diversos tipos de quartos, é especialmente prático para pessoas que dispõem de divisões exíguas – visto que não é necessário espaço para abrir as portas – e para os que preferem o minimalismo em detrimento de móveis excessivamente adornados ou pesados como se estivesse um elefante a meio da sala.

Como é natural, as portas de correr podem assumir vários estilos que se adequem à decoração do quarto. Se preferir, escolha portas espelhadas, rústicas ou em madeira com painéis a lembrar um estilo mais clássico.

À moda antiga

Parede e piso  por Paper Moon
Paper Moon

Room seven Wallpaper ref 2000140

Paper Moon

É um roupeiro especial este que lhe mostramos. Parece uma peça antiga com história e estórias para contar. A pintura branca em decapê, o vestido pendurado a fazer-nos crer que está ali ao acaso, as duas molduras delicadamente pousadas ao lado e o papel de parede compõem este conjunto que nos faz sonhar e que, por isso, seria perfeito para o quarto de uma criança. Se tiver a sorte de encontrar uma relíquia assim aí por casa, aproveite-a e dê-lhe uma nova vida. Insistimos nesta ideia porque estamos convencidos de que a reciclagem de peças únicas tornará a sua casa ainda mais especial.

Cortinas em vez de portas

Escolher uma cortina para resguardar o seu roupeiro é uma espécie de compromisso entre colocar-lhe uma porta ou deixá-lo em aberto. Foge ao convencional, mas as roupas ficam protegidas e, aqui entre nós, se as cortinas forem opacas, tem na mesma a possibilidade de esconder aquele pequeno caos que deixou de manhã antes de sair de casa. Descanse. Nós não contamos a ninguém. Neste roupeiro em particular, a escolha recaiu sobre uma cortina branca translúcida muito feminina e romântica. Em termos práticos, repare na compartimentalização do interior que facilita a arrumação e no escadote para chegar às partes mais altas sem problemas.

Organizadores

Quarto  por Lamco Design LTD
Lamco Design LTD

Bespoke tie drawer

Lamco Design LTD

Olhe para o céu e agradeça aos santinhos por, hoje em dia, já haver inúmeras formas de organizar o seu roupeiro no interior. Pode comprar módulos diferentes, adaptá-los, substituí-los, puxá-los mais para baixo ou mais para cima. É como se o seu roupeiro fosse um jogo de Tetris tridimensional. Assim, não tem desculpa para ter os seus acessórios espalhados. Aconselhamo-lo a adquirir uma gaveta com compartimentos para arrumar, como se de uma loja se tratasse, os seus relógios, joalharia, gravatas, lenços, roupa interior, entre muitas outras coisas. Experimente, veja como isso lhe vai simplificar a vida e depois não se esqueça de vir aqui deixar-nos um obrigado!

Um pormenor inesperado

TWIN BEDROOM DECOR DETAIL: Quartos minimalistas por Home Staging Factory
Home Staging Factory

TWIN BEDROOM DECOR DETAIL

Home Staging Factory

Somos pelos detalhes e achamos este particularmente engraçado e único. Na imagem, vemos um nicho colocado a meio de um roupeiro. Parece que tem ligação para outra divisão, mas, na verdade, as almofadas que aparecem pertencem à cama e estão reflectidas num espelho. Este espaço vazio foi singelamente preenchido com uma vela e um búzio em cerâmica, um elemento reminiscente da frescura do mar e, por isso, pertinente para decorar a sua casa durante esta estação. Repare, ainda, na luz amarela embutida nesta pequena – e inesperada - prateleira que torna ainda mais evidente este detalhe no roupeiro e faz sobressair as peças escolhidas para o decorar.

Uma peça marcante

Num quarto de influências marcantes, em Amesterdão, um roupeiro distinto a fazer lembrar um cacifo de uma qualquer escola. Pinta-se em tons de verde e tem um ar desgastado que complementa um quarto intrigante que nele resume uma espécie de volta ao mundo e à História. Adorámos a originalidade deste roupeiro. Ainda que não seja grande, pode usar no seu quarto só para lá guardar acessórios ou outras peças mais pequenas. Uma coisa é certa: ninguém lhe fica indiferente. 

Um projecto maravilhoso do Bricks Studio. 

Escadotes

Ypsy para o Quarto: Quarto  por Two Six
Two Six

Ypsy para o Quarto

Two Six

Decorar com escadotes é uma ideia divertida, desde que não ande a passear por baixo deles! Pode usá-los para arrumar sapatos, pendurar acessórios como cintos, gravatas, óculos-de-sol, lenços ou até roupões. Formas de o usar não faltam. Não servirão, por certo, para arrumar toda a sua roupa, mas vão, com certeza, dar um toque especial ao seu quarto, designadamente se tiver um closet onde ele sobressairá como peça decorativa. E útil, pois claro.

Reflicta sobre isto

Na decoração, é recorrente o uso de espelhos para criar uma ilusão de espaço e aumentar a luminosidade numa divisão. Espelhar um roupeiro acrescenta-lhe valor. Concede-lhe sofisticação – a ele e ao espaço – e, para além disso, é útil, mais não seja para ver se não vamos sair de casa com uma meia de cada cor. Não se esqueça, também, que o vidro é um material resistente e fácil de limpar o que é sempre uma mais-valia!

Tradicional

Acabamos com um roupeiro tradicional embutido na parede. É bonito e elegante com os seus puxadores dourados e as portas de folha almofadada. É importante ter portas mais pequenas visto que lá pode arrumar objectos que use com menos frequência como edredões, cobertores, malas de viagem ou roupas de outra estação. Um exemplo clássico que cai sempre bem.

Como é o seu roupeiro? Tem preocupação em mantê-lo sempre perfeitamente arrumado? Qual destas imagens prendeu a sua atenção?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!