As curvas e contracurvas de uma casa maravilhosa

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

As curvas estão presentes em todos os recantos: na espiral das conchas dos moluscos, na saia rodada de uma dançarina e até mesmo nos gestos que um maestro executa para conduzir a sua orquestra. É também por linhas sinuosas que o arquitecto Aquiles Nícolas Kílaris conduz os delicados e precisos desenhos das suas obras: como uma orquestra. Assim como cada um dos instrumentos tem um papel a desempenhar numa sinfonia, também as curvas que saíram do lápis de Nícolas atendem ao desenho preciso das suas mãos.

Formado na PUC-Campinas, Aquiles Nícolas Kílaris, em 23 anos de profissão, desenvolveu já mais de dois mil projectos no Brasil e no exterior. O arquitecto é percursor do movimento que valoriza as linhas curvas e as formas orgânicas. A isso, junta-se a predilecção pela criação de edifícios que se integrem na natureza. Foi o legado de Oscar Niemeyer que o inspirou nesta apreciação pelos traços sinuosos da natureza que nos rodeia. Aquele que para Aquiles Nícolas é o grande mestre, deixou grandiosas obras como museus, prédios governamentais, sambódromos, parques e igrejas, abusando sempre das curvas na sua arquitectura.

Foi assim que Kílaris desenvolveu um estilo próprio e característico, tornando assim a arquitectura contemporâneas das curvas acessível a todos, podendo ser aplicada em projectos de casa, de edifícios e de ambientes corporativos.

A Casa Buriti, que agora vamos conhecer, é prova disso.

A surpreendente fachada

A casa pertence a um casal e aos seus dois filhos adolescentes e ergue-se num terreno de 750 metros quadrados. A fachada, fortemente marcada pelo estilo característico do arquitecto que valoriza as linhas orgânicas, possui movimentos de laje, duas grandes colunas, iluminação encrustada nos degraus de acesso à entrada e pequenas superfícies envidraçadas em torno da grande porta de entrada. A parte mais interessante desta fachada é o contraste da curva principal não com uma linha recta, o que é comum, mas sim com a curva de baixo, a que divide o piso térreo do superior. Cada uma das “abas” das curvas preenche o espaço vazio da outra, estabelecendo proporcionalidade e equilíbrio de maneira simples e eficiente.

Curvas, mas nem tanto

Onde estão as curvas? Aqui não estão porque o equilíbrio importa. O arquitecto, usando da sua sabedoria, dispensou as curvas neste área para que estas não se tornassem excessivas. As linhas rectas deste ambiente servem como contraste em relação a outros e para criar uma estética mais contida e particular, própria deste espaço. Na imagem, vemos a sala de estar que está localizada à entrada servindo, assim, como cartão de visita a esta bela casa.

Plano aberto

De outra perspectiva, voltamos a encontrar a assinatura deste arquitecto. A área construída ocupa 538 metros quadrados que incluem dois pisos e a integração de ambientes. No piso térreo, está localizada toda a área social da casa. A sala de estar, a sala de jantar e o bar estão totalmente integradas num só espaço sem nenhuma parede e com uma decoração contemporânea e confortável. Há, apenas, uma porta deslizante que aparta a área social da cozinha.

Uma sala de jantar luxuosa

Um detalhe que pode passar despercebido nas obras de Kílaris quando nos deixamos encantar pelas suas magníficas curvas é o brilho dos ambientes. Veja como a sala tem cores claras e reflexos vários que engrandecem as curvas e trabalham com elas em simbiose. Podemos ver na imagem acima dois globos fazendo exatamente esse trabalho sob uma grande curva. A textura da mesa e das cadeiras de jantar é simples e deixa espaço para que os globos literalmente brilhem e tomem conta do ambiente.

Nem só nos desertos há oásis

Sem pudor algum de confundir o interno com o externo, Nícolas coloca um pequeno jardim de pedras brancas dentro da casa. Uma pequena e esguia vegetação nasce delas e enfatiza este pequeno recanto de linhas rectas em contraste com o resto da casa. Importa salientar a inteligência de Nícolas ao posicionar as plantas próximas da janela. Desta maneira, a vegetação de meia-sombra pode obter a sua luz periódica durante parte do dia e ter vitalidade para ali sobreviver por muito tempo.

And… action!

A área de estar também possui uma pequena galeria que leva ao home theatre. Aqui, encontramos um espaço confortável e decorado com adesivos alusivos aos clássicos do cinema. O home theatre possui uma grande porta de vidro que dá acesso à área de lazer. No tecto curvilíneo, foi embutida iluminação indirecta, uma escolha acertada se tivermos em conta o tipo de espaço.

A área de lazer

Os proprietários desta casa gostam, com certeza, de desfrutar de uma boa sessão de cinema. Mas não é só. A área de lazer é invejável e integra uma piscina, um espaço gourmet completo, sauna e ginásio. Na zona gourmet, existe um forno, fogão e churrasqueira. A sala de ginástica está voltada para a piscina e também possibilita a vista interna da sauna. Diríamos que, desta forma, os moradores podem fazer ginástica motivados para usufruírem da piscina em grande forma.

Esperemos que não tenha ficado zonzo depois de tantas curvas. O que achou desta casa e qual foi a sua área preferida?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!