5 EXEMPLOS DE ILUMINAÇÃO DE MONUMENTOS

Larhaus Larhaus
Loading admin actions …

Quando a noite chega, as cidades mostram uma face diferente. Há cidades como Madrid, onde a iluminação noturna é tão intensa que é impossível ver as estrelas. No entanto, há outras cidades – como Berlim – onde a iluminação é tão parca que ainda se encontram ruas cuja única luz provém da lua. 

Contudo,  entre o pomposo exagero do capital espanhola e a austeridade da cidade do Muro, há um meio termo que, se devidamente cuidado, pode mostrar o lado mais bonito da cidade. Uma das funções dos designers de iluminação é precisamente essa – destacar os pontos fortes dos edifícios mais carismáticos e disfarçar os prédios menos apelativos, criando um novo monumento. 

Hoje debruçamo-nos sobre edifícios históricos e monumentos que foram iluminados, por dentro e por fora, para mostrar toda a sua elegância quando a noite cai. 

Ópera de Viena

  por podpod design
podpod design

Vienna State Opera

podpod design

O impressionante edifício da Ópera Estatal de Viena é uma das principais atrações turísticas da cidade. Durante o dia, exibe orgulhosamente o seu telhado de cobre verde e a sua imponência. À noite, a iluminação cobre toda a superfície da fachada, de baixo para cima, com 471 pontos de luz, praticamente invisíveis à luz do dia. 

Em 2006, inaugurou-se a nova iluminação que, embora cubra mais 28,6% da fachada do edifício, graças à tecnologia e ao tipo de lâmpadas, permite uma poupança de energia em torno dos 23%. 

Bodemuseum em Berlim

É certo que havíamos referido que Berlim não é uma cidade particularmente brilhante durante a noite. Todavia, isso não significa que a capital alemã não saiba como iluminar os seus edifícios mais emblemáticos. O Bodemuseum parece tão misterioso e convidativo quando anoitece! Ao contrário da pujante iluminação da Ópera de Viena, este museu é iluminado de forma subtil e calorosa. Mais do que exibir, a iluminação pretende sugestionar e intrigar quem passa. Por outro lado, sendo um edifício à beira-rio, os jogos de luz refletem-se no rio, criando uma bela imagem digna de um postal.

Grande Teatro Nacional de Tianjin

Depois de um teatro  clássico como a Ópera de Viena, damos um pulo até ao moderno Grande Teatro Nacional de Tianjin, na China. Iluminado por LEDs integrados na própria estrutura do edifício,  a luz é refletida na fachada de alumínio, conferindo um caráter mágico e futurista ao monumento. Parte das escadas, contudo, permanece na sombra, criando a sensação de que o teatro iluminado se eleva, flutuando sobre a noite escura.

Centro Aberto de Atividades Cívicas de Córdoba

Visto de cima, dá a ideia de que estamos a contemplar uma floresta mágica, repleta de cogumelos. No entanto, perante nós está o Centro Aberto de Atividades Cívicas de Córdoba, e os cogumelos são apenas guarda-chuvas de várias cores e diferentes alturas,  fazendo sombra a este moderno parque urbano com cerca de 12 mil metros quadrados. 

À noite todos os gatos são pardos, diz o ditado, e isso é exatamente o que acontece aqui. Com o cair da noite, os guarda-chuvas coloridos tornam-se quase uniformes, idênticos uns aos outros. A luz projetada do chão ilumina o centro de forma irregular e mágica, criando um espaço fantástico que convida a sonhar.

Palácio Barilari em Ancona

Não está situado numa rua principal, nem sequer numa praça. O Palácio Barilari encontra-se ao virar de uma esquina  e chama a atenção pela sua forma peculiar, adaptada à irregularidade do terreno. Depois de uma extensa restauração, este pequeno palácio do século XVIII parece agora novo na cidade italiana de Ancona. A iluminação, onde se destaca a cor amarela, mistura a modernidade com o espírito barroco.

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!