Remodelar a sua cozinha?! Aqui vamos nós!

Agata Alencoao Agata Alencoao
Loading admin actions …

Todos nós passamos em determinadas alturas por um daqueles momentos em que desejamos mudar tudo na nossa casa, como se de repente já nada fizesse sentido e a mudança passasse a ser uma das prioridades da nossa vida. Já sentiu isto não já? Com certeza! Já todos sentimos! Se é uma pessoa que gosta especialmente de cozinhar e passar algum tempo na cozinha, também o sentiu relativamente a esta divisão, até porque parece que sempre que ligamos a televisão ou folheamos uma revista, lá vemos um anúncio que nos vem mostrar o jeito que nos daria mais aquele utensílio. Pois bem, como em tudo na vida isto é mais do que possível, ou seja, a mudança está sempre ao nosso alcance, contudo acreditamos existir algumas preocupações e cuidados a ter. Renovar é importante mas há que fazê-lo com uma certa conta, peso e medida, pois só assim, poderemos tirar o maior partido destas mudanças. Hoje estamos consigo para pensar em conjunto as questões da mudança. Preparado?

Pense no que precisa

Esta é a maior e mais útil sugestão que lhe podemos dar quando está a pensar remodelar o que quer que seja em sua casa. Remodelar consiste também num processo de triagem, onde é super importante estar bem seguro daquilo que lhe faz realmente falta, se assim não for, a mudança não lhe servirá de tanto assim. Há utensílios e electrodomésticos sem os quais não podemos viver na nossa cozinha, isso é certo e sabido. Foque-se primeiro nestas coisas que depois vem o resto. Primeiro os passos maiores e depois, a pouco e pouco, os mais pequenos.

Encontre os profissionais certos

É sempre importante escolher pessoas competentes para executarem os mais diversos tipos de tarefa seja em que divisão. Se tiver referências anteriores de amigos ou conhecidos, não hesite pois são estas as opiniões mais sinceras que podemos ter. Se não tiver este tipo de referência tente pesquisar na internet o máximo que conseguir sobre os profissionais, não deixe trabalhos delicados e que implicam muita dedicação em mãos alheias ou nas quais não tem plena confiança. Acreditamos que tem o maior gosto em ter a sua casa bonita e arranjada, por isso obtenha os resultados que pretende à primeira, sem ter de recorrer a mais profissionais ou obras complicadas.

Esquema de design

Algumas pessoas mais do que outras têm uma grande apetência no que a design de interiores diz respeito. De facto muitas vezes as questões relativas ao design podem ser mais complexas do que aquilo que parecem e o que à partida nos parece super fácil, acaba por se tornar naquilo a que comumente chamamos de bicho de 7 cabeças. Se tem dúvidas a este respeito, o melhor que tem a fazer é falar com um profissional, principalmente se queremos algo mais arrojado, como um chão com padrão – como vemos na imagem – ou uma combinação de cores mais fora do vulgar, é a coisa certa a fazer, pela nossa casa sempre o melhor!

Balcões

Os balcões da nossa cozinha assumem extrema importância já que é neles que executamos as tarefas culinárias diárias. A melhor sugestão a este nível é que opte por balcões espaçosos, onde se possa mexer livremente. Também está muito em voga substituir a tradicional mesa de cozinha por um balcão, como já está a imaginar o seu propósito é muito útil, uma vez que para além de mesa de refeições pode ser mais uma área de trabalho, que nomeadamente quando estamos mais inspirados e queremos dar largas à nossa inspiração, pode ser muito útil. Se em vez de um balcão pode ter dois, porque não?

Armários

Os armários são mais um super essencial já que são eles que acolhem todo o tipo de utensílios que fazem parte da nossa cozinha. Assim, a palavra de ordem é uma vez mais espaço, bastante espaço para que tudo tenha o seu lugar. Para além do um lugar certo para as coisas é também muito importante que elas não se encontrem totalmente atabalhoadas lá dentro – ninguém gosta de conseguir chegar a uma frigideira, depois de ter deslocado cinco panelas! – a melhor maneira de conseguir que tudo caiba dentro do seu armário sem ter de fazer grande ginástica é ter armários espaçosos que lhe permitam chegar a tudo aquilo que deseja, mesmo que por vezes tenha de se empoleirar em cima de um banco. Dê um sítio certo às coisas e coloque-as no mesmo sítio sempre que as usar, é este o melhor princípio.

Tipo de chão

Não menos importante do que tudo o que lhe fomos escrevendo até então é o tipo de chão que escolhe para a sua cozinha. A verdade é que esta questão é por vezes problemática, já que nesta divisão a facilidade com que este se suja é maior do que qualquer outra e mesmo tendo atenção redobrada é normalmente complicado evitar alguns desastres. Para que possa estar à vontade, ou seja, para não ter que se preocupar a toda a hora se está a sujar ou não o chão aconselhamos que opte por um chão de cozinha que seja não só fácil de limpar, mas que tenha uma cor que não seja demasiado clara – já se sabe que nas cores claras a sujidade ainda não existe e já se nota! – desta forma será fácil passar a vassoura ou a esfregona, dependendo do grau de sujidade, e voltar a ter o seu chão a brilhar! Remodelar a sua cozinha passa também por torná-la mais prática e mais simples de organizar e limpar.

Gostou do nosso artigo?! Partilhe a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!