Salas de jantar modernas por Arch. Silvana Citterio

Como viver numa casa de apenas 13 m²!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Em princípio, viver num espaço de apenas 13.5 m²! parece impossível, mas a imaginação e a criatividade dos arquitectos responsáveis por este projecto tornaram possível um verdadeiro milagre. A casa que visitaremos neste livro de ideias é um exemplo das maravilhas que o talento do profissional adequado pode conseguir. O espaço reduzido aguçou o engenho dos profissionais responsáveis até que a solução ideal fosse encontrada. 

Com uma superfície mínima, criou-se um espaço adequado para viver. Trata-se de um mini-apartamento com cozinha, sala de estar, casa de banho e quarto capazes de satisfazer as necessidades habitacionais dos proprietários. Quer saber como? Continue a ler e descubra todos os segredos de um projecto que tem tanto de surpreendente como de encantador.

Perspectiva da entrada

A nossa primeira fotografia, tirada na entrada, não deixa dúvidas de que cada centímetro da casa foi aproveitado ao máximo. As soluções, suportadas pelo engenho dos arquitectos responsáveis pelo projecto, resultaram neste espaço que é mais do que habitável: é também confortável e funcional. A cozinha é a primeira área que nos recebe e o seu desenho é genial. Olhe bem: na superfície do balcão está a zona de refeições e uma cama. Então, mas como se usa a cozinha? Já vamos ver. 

O branco domina a habitação com o intuito de captar a maior luminosidade possível e fazer com que o espaço pareça maior. Esta hegemonia rompe-se unicamente com o pavimento e os detalhes de madeira das superfícies que, em conjunto, criam uma atmosfera bastante acolhedora.

A cozinha, ao detalhe

A organização da sua cozinha provoca-lhe dores de cabeça? De certeza que este exemplo o ajudará a ter novas ideais e a mudar para melhor. Neste mini-apartamento, o espaço destinado às tarefas culinárias centra-se única e exclusivamente neste móvel extraordinariamente original que dispõe de tudo o que é necessário para levar a cabo as tarefas essenciais com todas as condições. A bancada que, como vimos, servia como base para a zona de refeições e o quarto, pode ser levantada, estando, por debaixo dela, a verdadeira cozinha. Ta-dan! 

A cozinha inclui uma pia com uma torneira telescópica, uma placa vitro cerâmica de indução e um espaço de trabalho. As mesmas portas suportam uma peça magnética onde talheres e outros utensílios ficam perfeitamente organizados. As soluções de armazenamento completam-se com uma sucessão de gavetas instaladas na parte inferior do móvel, a mesma que acomoda a máquina de lavar louça e o frigorífico. A parte lateral serve como escada de acesso à plataforma superior que veremos de seguida. Simplesmente espectacular. 

O quarto

A área reservada ao descanso assenta sobre o bloco multifuncional que acabámos de ver. Uma simples base de madeira acomoda a estrutura da cama, toda ela em cor branca, seguindo a linha decorativa de que falámos inicialmente. A proposta para o quarto completa-se com almofadas e vários acessórios, dispostos numa discreta estante, que acrescentam toques de cor ao ambiente, sem romper com a harmonia dominante. Prático, funcional e muito acolhedor. 

Sala de estar e escritório

A escassos centímetros da cama, encontramos uma área multifuncional. Um atractivo conjunto de mesa e cadeiras ocupa esta parte da casa, tornando-a no lugar ideal para partilhar uma refeição ou trabalhar. A decoração, composta por simples detalhes florais e um candeeiro de pé, confere uma enorme sensação de conforto a um espaço que parece maior graças à colocação de um espelho como plano de fundo.

Um armário secreto

A organização é fundamental em qualquer espaço e, neste pequeno apartamento, garantir a ordem é, mais do que uma decisão, uma necessidade. As dimensões limitadas não oferecem muitas possibilidades na hora de incorporar na decoração soluções de armazenamento mas, tal como no resto do projecto, também aqui se resolveu a questão de forma magistral. Por baixo da mesa que vimos na imagem anterior está escondida uma porta que dá acesso às escadas de um guarda-roupa que ocupa toda a superficie do compartimento que suporta o quarto. 

A casa de banho

Acreditava que esta casa diminuta o ia surpreender ainda mais? Pois aqui tem a cereja no topo do bolo. A porta que viu ao fundo da primeira imagem deste livro de ideias esconde atrás de si uma casa de banho. Ao contrário do que possa parecer, este compartimento conta com tudo o que é necessário para fazer ser um espaço funcional e confortável. Duche, vaso sanitário, bidé e práticas estantes povoam cada centímetro da casa de banho onde, tal como no resto da casa, se apostou no revestimento em cor branca e nos jogos visuais criados pela colocação de um grande espelho que ajuda a maximizar o espaço.

Uma grande janela panorâmica

Uma grande janela panorâmica coloca um ponto final neste projecto. As suas dimensões garantem a entrada de uma grande quantidade de luz natural e as grades, para além de oferecerem segurança, servem de suporte para os vários canteiros que transformam o pequeno espaço num autêntico paraíso natural com vista para o exterior.

Quer descobrir mais? Visite a nossa loja!

- Se gostou deste projecto, veja outros dos arquitectos registados na homify.

Conseguiria viver num espaço tão pequeno? O que achou deste mini-mini-apartamento? 
Habitações  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Peça a sua consulta grátis

Encontre inspiração para casa!