Cozinhas modernas por THE ROOM & CO

Simples e eficaz – uma renovação de apartamento muito bem conseguida

Elisabete  Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

Hoje vamos dar-lhe a conhecer um projeto de uma simplicidade desarmante e com um custo controlado, mas com resultados belíssimos que não deixam créditos a obras mais avultadas. 

Viajamos até à vizinha Espanha, mais propriamente até à fabulosa e turística cidade de Barcelona, para visitar um apartamento na Calle Regas e ficar a conhecer o trabalho ali executado pelas profissionais do gabinete THE ROOM & CO. Tratou-se de um projeto de reabilitação e decoração de um apartamento para ser destinado a aluguer turístico, e tendo em conta esse âmbito tornava-se imperativo controlar custos para aumentar rendibilidade. A solução passou por redistribuir os espaços com uma intervenção estrutural mínima (leia-se obras mínimas) e decorá-los com elementos visualmente atraentes, resistentes e económicos, para que ficasse bonito e apelativo, mas simultaneamente rentável para o proprietário. Venha espreitar!

Seja bem vindo!

Ao primeiro olhar, quando franqueamos a porta de entrada, percebemos a atmosfera luminosa, alegre e acolhedora que aqui se respira. Da porta de entrada vislumbramos a sala de estar, e é imediatamente visível o tom descontraído que marca o estilo. 

A predominância do branco em paredes, portas e portadas de janelas, rodapés e tetos é total, apenas cortada pela madeira clara e natural que reveste o pavimento, num casamento clássico absolutamente perfeito, que funciona sempre.

A sala de estar

Antes de penetrar neste espaço de sala de estar passamos por um pequeno átrio de entrada que dá origem a um quarto. Mas já lá chegaremos… Agora concentramo-nos neste espaço de grande simplicidade, mobilado com peças de baixo custo, mas nem por isso com pouco estilo, ou pior, feio. 

Para se obter este estilo recorreu-se à já nossa conhecida marca de mobiliário e acessórios de baixo custo – o IKEA. O sofá, a cadeira de baloiço, o tapete e até as mesas de apoio… Todos de design sueco! Mas para evitar a inevitável sensação de ambiente feito em série deu-se uma atenção redobrada aos acessórios.  

As almofadas em tom amarelo dourado complementam maravilhosamente as delicadas molduras dos painéis de madeira do teto, pintados de branco com umas delicadas cercaduras douradas, que já existiam mas foram bem recuperados.

Móvel de entrada e quarto de casal

Nesta foto apreciamos um pouco mais dos detalhes da sala, usados para dar ao espaço algum caráter sem que este seja excessivo ao ponto de afastar algum tipo de eventual inquilino. A ideia patente é a de tornar os ambientes agradáveis sem serem demasiado pessoais, mas a engraçada imagem de um pastor alemão mostra-nos claramente que este é um espaço com alma, e prova que é possível decorar com elementos pessoais, como uma foto do seu animal de estimação em grande plano, sem tornar o ambiente demasiado íntimo. 

A escolha dos garrafões antigos, belos na sua simplicidade, é uma ideia de decoração com um custo relativamente baixos – estas peças podem ser encontradas com alguma facilidade em qualquer feira de antiguidades, ou pode recorrer a objetos de inspiração vintage – e ficam muito bem, apelando ao caráter antigo do próprio apartamento, vincando o seu charme antiquado natural.

Um pouco mais de perto

Esta foto mostra-nos um pormenor delicioso do quarto que se entrevê na imagem anterior. Aqui destacamos a cabeceira da cama rústica, em vime, a simples mesa de apoio, de dobrar, azul, e o engraçado candeeiro também em vime, de inspiração retro. A esta mobília, tão simples e charmosa, adicionaram-se têxteis de algodão frescos e convidativos e uma manta cor-de-rosa pastel, criando um quarto muito amoroso com uma atmosfera fresca e apelativa.

A cozinha…

A cozinha é e estilo moderno mas com um apelo antiquado, dado pela cor escura das madeiras, pelos bancos de tampo redondo, pela chaminé quase industrial do exaustor e, sobretudo, pelo armário louceiro que se vâ em segundo plano. As cortinas ajudam a reforçar a sensação de espaço à antiga, mas servirão para quê, se as janelas são do outro lado? Vamos ver…

E a sala de jantar!

Do lado contrário à cozinha encontramos a área de refeições e percebemos finalmente o porquê das cortinas na disposição dos elementos. 

A cozinha e a sala de jantar foram incorporadas no que terá sido uma varanda, mas que foi fechada e anexada como extensão ao próprio apartamento, o que justifica a parede em tijolo à vista, pintado de branco e as cortinas que estabelecem a separação desta área da zona da sala de estar.  

Nesta sala de jantar o rústico volta a marcar presença, na mesa em madeira quase em bruto, nos banquinhos com tampo de vime e no banco corrido junto à parede. Os elementos modernos, como as telas na parede e o candeeiro, dão ao espaço um ar mais atual.

A casa de banho

Na casa de banho reina a simplicidade. Também aqui a madeira do chão marca a sua presença discreta, a tornar o espaço mais agradável e acolhedor. As loiças sanitárias são pequenas e com um design moderno, para se adequarem à pequena área. Mas o elemento de mais destaque é o bonito lavatório que se vê em frente, e que apreciaremos em pormenor a seguir. 

Devido ao pouco espaço e à peculiar distribuição deste espaço o lavatório não tem armário e sim duas simples prateleiras, mas o espaço de arrumação é assegurado por um armário à entrada, que se vê na imagem com a sua porta de ripas brancas.

Detalhes que conquistam

E de novo o rústico a vincar o caráter antigo do próprio apartamento! O interessante lavatório é absolutamente moderno mas tem uma inspiração retro que casa na perfeição com os espelhos antigos, de aspeto desgastado, usados para o complementar.

O quarto individual – soluções inteligentes

Por último mostramos o quarto individual onde se destaca a impecável solução de arrumação. 

Onde colocar armários se o espaço é pouco? Pois, cria-se um armário aéreo! Foi esta a solução encontrada para a arrumação deste quarto. Claro que isto só é possível em espaços onde o pé direito seja suficiente, mas quando é, pode significar o fim dos problemas de falta de organização sem perder espaço de circulação.  

No que toca à estética reparamos de imediato no candeeiro de cabeceira, a imitar os antigos candeeiros, muito vistos nas casa mais pobres que não tinham eletricidade, e onde depois de a terem se adaptaram algumas luminárias. Mas também vemos em destaque os puxadores antigos e trabalhados, em cobre, que reforçam o tom antigo, vintage e nostálgico que pontua o estilo desta casa.  

A nossa visita guiada de hoje acabou, mas se gostou deste projeto temos a certeza de que também vão gostar do artigo ’Os 30 m2 mais acolhedores de Lisboa’, por isso não pare de ler!  

E para mais do que mera inspiração visite a nossa loja on line e compre!

Este estilo simples agrada-lhe ou prefere ambientes mais luxuosos?
Habitações  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Peça a sua consulta grátis

Encontre inspiração para casa!